Notícia

Concurso TRT PE : Pleno autoriza a realização de novo certame

Em sessão do Pleno do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região ocorrida no dia 11 de dezembro de 2023, foi autorizado a realização de um novo concurso TRT PE. Confira!

Vale lembrar que o certame de 2018 foi retomado e prorrogado o prazo de validade – julho de 2024 -, cujo prazo de validade havia sido suspenso obedecendo recomendação do Conselho Nacional de Justiça, em razão do estado de calamidade causado pela pandemia de coronavírus (Covid-19).

O último concurso do Tribunal Regional do Trabalho do Pernambuco (6ª região) foi realizado em 2018 com oferta de somente uma vaga imediata mais cadastro de reserva.

Confira detalhes ao longo do artigo!

  • Concurso TRT PE
  • Status: autorizado
  • Banca: a definir
  • Vagas: a definir
  • Salário inicial: R$ 8.529,67 a R$ 13.994,78 [a partir de fevereiro de 2024]
  • Último concurso TRT PE

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país.

Se você quer saber mais detalhes sobre o certame, ao longo deste artigo vai conferir essas e outras informações:

Concurso TRT PE: Situação atual

Certame autorizado

No dia 11 de dezembro de 2023 o Pleno do TRT PE autorizou a realização de uma nova seleção para servidores! Veja!

Validade

Foi retomada a contagem do prazo de validade do último concurso TRT PE desde 15 de dezembro de 2020, a qual foi prorrogada por mais dois anos a partir de julho de 2021. Para acessar a publicação na íntegra, clique aqui.

O último concurso TRT PE foi realizado em 2018, com oferta de 1 vaga mais cadastro reserva para cargos de nível médio e superior. Homologado ainda em 2018, o certame fica válido até 17 de outubro de 2020, podendo ser prorrogado por mais dois anos, caso seja necessário.

Apesar do baixo número de vagas, o Tribunal tem um histórico de nomear mais candidatos que o previsto em edital. No penúltimo concurso, de 2012, foram previstas no edital 63 vagas mais cadastro de reserva, mas até o final da validade do certame foram nomeados mais de 700 candidatos.

Cargos vagos

De acordo com a última atualização do quantitativo de cargos vagos e ocupados no órgão, haviam 30 cargos vagos, sendo 11 de Analista e 19 de Técnico.

Alteração de escolaridade

Após a divulgação do edital foi promulgado o Projeto de Lei 3662/21, que altera a escolaridade do cargo de Técnico Judiciário e estabelece o nível superior como requisito aos concursos Tribunais.

Segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Judiciário Federal e Ministério Público da União (Fenajufe) a alteração da escolaridade valoriza a carreira de Técnico Judiciário, visto que as atividades desempenhadas pelos técnicos são complexas e sua importância necessitava de reconhecimento.

Sendo assim, para assumir o cargo de Técnico Judiciário, os candidatos agora devem possuir como requisito nível superior de escolaridade.

Concurso TRT PE: Carreira

Salários e Benefícios

De acordo com a edição do dia 10 de janeiro de 2023 do Diário Oficial da União, fica alterada a Lei nº 11.416, de 15 de dezembro de 2006, para reajustar a remuneração das carreiras dos servidores dos quadros de pessoal do Poder Judiciário da União.

Conforme a publicação, “os valores constantes dos Anexos II, III e VIII da Lei nº 11.416, de 15 de dezembro de 2006, e as demais parcelas remuneratórias devidas às carreiras dos servidores dos quadros de pessoal do Poder Judiciário da União serão reajustados em parcelas sucessivas e cumulativas, da seguinte forma:

I – 6% , a partir de 1º de fevereiro de 2023;

II – 6% , a partir de 1º de fevereiro de 2024;

III – 6,13% , a partir de 1º de fevereiro de 2025.

Vale lembrar que os salários dos servidores dos Tribunais são compostos pelo vencimento básico + GAJ (Gratificação de Atividade Judiciária), além de outras gratificações, como o GAE (Gratificação de Atividade Externa) e GAS (Gratificação de Atividade de Segurança), quando aplicável.

Com a mudança, a estrutura remuneratória passa a apresentar os seguintes salários iniciais para as carreias de Técnico e Analista:

  • Analista Judiciário (Vencimento básico + GAJ)
    • 2023
      • Inicial: R$ 13.202,62 
      • Final: R$ 19.823,62
    • 2024
      • Inicial: R$ 13.994,78 
      • Final: R$ 21.013,03
    • 2025
      • Inicial: R$ 14.852,66
      • Final: R$ 22.301,14
  • Técnico Judiciário (Vencimento básico + GAJ)
    • 2023
      • Inicial: R$ 8.046,84
      • Final: R$ 12.082,30
    • 2024
      • Inicial: R$ 8.529,67
      • Final: R$ 12.807,24
    • 2025
      • Inicial: R$ 9.052,54
      • Final: R$ 13.592,33

Ressalta-se ainda que a partir de fevereiro de 2024, os Tribunais ainda pagarão auxílio pré-escolar no valor de R$ 1.178,82, e auxílio alimentação no valor de R$ 1.393,10.

Atribuições e Requisitos

Analista Judiciário – Área Judiciária (AJAJ)
Requisitos: Diploma devidamente registrado de curso de graduação em Direito, reconhecido pelo Ministério da Educação.

  • Analisar petições e processos, confeccionar minutas de votos, emitir informações e pareceres;
  • Proceder a estudos e pesquisas na legislação, na jurisprudência e na doutrina pertinente para fundamentar a análise de processo e emissão de parecer;
  • Fornecer suporte técnico e administrativo aos magistrados, órgãos julgadores e unidades do Tribunal;
  • Inserir, atualizar e consultar informações em base de dados;
  • Verificar prazos processuais.

Analista Judiciário – Área Judiciária – Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal (OJAF)
Requisitos: Diploma devidamente registrado de curso de graduação em Direito, reconhecido pelo Ministério da Educação.

  • Executar citações, notificações, intimações e demais ordens judiciais, certificando no mandado o ocorrido;
  • Executar penhoras, avaliações, arrematações, praças e hastas públicas, remissões, adjudicações, arrestos, sequestros, buscas e apreensões, lavrando no local o respectivo auto circunstanciado.

Analista Judiciário – Área Administrativa (AJAA)
Requisitos:
Diploma devidamente registrado, de conclusão de curso superior completo (licenciatura, bacharelado, tecnólogo), em qualquer área de formação, expedido por instituição de ensino superior, reconhecido pelo Ministério da Educação.

  • Realizar tarefas relacionadas à administração de recursos humanos, materiais, patrimoniais, orçamentários e financeiros, de desenvolvimento organizacional, licitações e contratos, contadoria e auditoria;
  • Emitir informações e pareceres;
  • Elaborar, analisar e interpretar dados e demonstrativos;
  • Elaborar, implementar, acompanhar e avaliar projetos pertinentes à área de atuação;
  • Elaborar e aplicar instrumentos de acompanhamento, avaliação, pesquisa, controle e divulgação referentes aos projetos desenvolvidos.

Técnico Judiciário – Área Administrativa (TJAA)
Requisitos: Certificado de conclusão de nível superior, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação.

  • Prestar apoio técnico e administrativo pertinente às atribuições das unidades organizacionais;
  • Executar tarefas de apoio à atividade judiciária;
  • Arquivar documentos;
  • Efetuar tarefas relacionadas à movimentação e à guarda de processos e documentos;
  • Classificar e autuar processos;
  • Realizar estudos, pesquisas e rotinas administrativas.

Último concurso TRT PE

O último concurso TRT PE foi realizado em 2018 com a oferta de uma vaga imediata mais cadastro de reserva para os cargos de Analista Judiciário e Técnico Judiciário. A organização do certame ficou por conta da Fundação Carlos Chagas, a FCC.

Distribuição das vagas

Analista Judiciário

  • CR – Área Judiciária
  • CR – Área Judiciária – Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal
  • CR – Área Administrativa
  • CR – Área Apoio Especializado – Especialidade Medicina (Clínica Médica)
  • CR – Área Apoio Especializado – Especialidade Tecnologia da Informação

Técnico Judiciário

  • 01 + CR – Área Administrativa
  • CR – Área Administrativa – Especialidade Segurança

Concurso TRT PE: Etapas de provas

A seleção foi composta por dua etapas, sendo elas uma Prova Objetiva de conhecimentos básicos e específicos e uma Redação, ambas de caráter eliminatório e classificatório. O cargo de Técnico Judiciário – Especialidade Segurança contou ainda com uma Prova Prática de Capacidade Física, essa, de caráter somente eliminatório.

Prova Objetiva

A prova objetiva teve 4 horas de duração (contando também o tempo de aplicação da redação) e contou com 70 questões de múltipla escolha, sendo 30 de conhecimentos básicos com peso de 1 ponto e 40 de conhecimentos específicos com peso de 3 pontos.

Conhecimentos básicos para todos os cargos:

  • Língua Portuguesa
  • Matemática e Raciocínio Lógico-Matemático
  • Noções de Informática
  • Noções sobre Direitos das Pessoas com Deficiência
  • Legislação e Ética no Serviço Público

Prova Prática de Capacidade Física

Realizada em Recife/PE, a Prova Prática de Capacidade Física consistiu dos quatro testes, abaixo relacionados, cujos parâmetros de avaliação variam de acordo com o sexo:

  1. Teste abdominal (masculino e feminino) – Tempo: em 1 minuto
  2. Teste de flexo-extensão de braços (masculino)
  3. Teste de flexo-extensão de braços (feminino) – Tempo: 1 minuto
  4. Teste de sentar e alcançar, com banco
  5. Teste de corrida de 12 minutos (masculino e feminino)

Quantitativo de inscritos

Foram registrados no total, 54.184 candidatos inscritos, sendo que o cargo com maior procura foi o de Técnico Judiciário – Área Administrativa, com 28.461 inscritos, o que equivale a mais da metade do total de inscrições.

  • 11.405 inscritos – An. Jud. – Área Judiciária
  • 2.275 inscritos – An. Jud. – Área Jud. – Especialidade OJAF
  • 7.665 inscritos – An. Jud. – Área Administrativa
  • 412 inscritos – An. Jud. – Especialidade Medicina (Clínica Médica)
  • 1.184 inscritos – An. Jud. – Especialidade T.I.
  • 28.461 inscritos Téc. Jud. – Área Administrativo
  • 2.782 inscritos – Téc. Jud. – Especialidade Segurança

Nomeações do último concurso TRT PE

  • Concurso 2018: Até 31 de dezembro de 2018 (levantamento mais recente), já foram nomeados 32 candidatos do último concursos TRT PE. Desses, dois apresentaram desistência e três se ausentaram na perícia ou a deficiência não se enquadrou na previsão legal.
  • Concurso 2012: Neste concurso foram nomeados 706 candidatos. Desses, 99 perderam o prazo para posse, 148 apresentaram desistência e um foi nomeado no TRF5.
  • Concurso 2006: Listagem não disponível no portal do TRT 6.

Bate-papo com aprovados no concurso TRT PE

Pensando na aceleração da sua aprovação, o Estratégia Concursos preparou uma transmissão com dicas de candidatos aprovados do TRT-PE.

Quer saber tudo sobre concursos previstos?
Confira nossos artigos!

Quer estudar para o TRT PE?

Gostou desta oportunidade e deseja começar se preparar agora mesmo? Então, confira os nossos cursos e comece a estudar para TRT PE:

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país.

Assinatura Concursos

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Informações do último concurso TRT PE
►Data: 2018
►Vagas:  01 + CR
►Banca: FCC
►Escolaridade: Nível médio e superior
►Edital: Edital TRT PE 2018

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja os comentários
  • Bom dia !!!
    Edilma Carla em 05/02/18 às 08:31
  • Olá, Márcio Se referindo ao cargo de Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Segurança fornecido no ano de 2012, o edital nos fornece a informação que para este cargo houve prova discursiva. O que é uma medida provavel de se repetir no próximo concurso. Att. Equipe Estratégia Concursos
    Diana Souza em 01/02/18 às 14:24
  • Equipe Estratégia, boa tarde! Será aplicada prova discursiva para o cargo de Técnico de Segurança e Transporte?
    Márcio em 01/02/18 às 13:02
  • Olá Thiago, o edital é aguardado para este mês de fevereiro, então fique de olho, ok? Bons estudos!
    Natália Scarano em 01/02/18 às 12:39
  • Em que mês está previsto para acontecer o concurso? Alguma ideia? Agradeço.
    Thiago em 01/02/18 às 10:39
  • Olá, Isaias Provavelmente serão exigidos as disciplinas para o cargo de técnico administrativo: Língua Portuguesa; Matemática e Raciocínio Lógico-Matemático;Noções de Gestão Pública; Noções de Direito Constitucional; Noções de Direito Administrativo; Noções de Direito Civil; Noções de Direito Processual Civil; Direito do Trabalho; Direito Processual do Trabalho. Att. Equipe Estratégia Concursos
    Diana Souza em 29/01/18 às 13:37
  • QUAIS AS MATÉRIAS QUE PODEM CAIR PRA TÉCNICO ÁREA ADM.DO TRT6 DE 2018?
    Isaias D. da Silva em 29/01/18 às 10:40
  • OlÁ boa tarde, vcs sabem se comunicação social vai estar nesse concurso?
    felipe regis em 22/01/18 às 15:09
  • Parabéns pela estrutura de esclarecimentos ao público. Acho de grande relevância mencionar o quantitativo de nomeados no último concurso do TRT6ª_2012 nas sua s respectivas funções. Um abraço Sérgio Bandeira 07jan2018
    Sergio Bandeira em 07/01/18 às 18:54
  • quero passa no trt pe
    juliermison em 15/12/17 às 13:40