Concurso TRE MS: com cargos vagos, quatro vagas são autorizadas pelo TSE
Coordenação

Concurso TRE MS: com cargos vagos, quatro vagas são autorizadas pelo TSE

Em dezembro de 2018, após suspensão do provimento de vagas, a portaria publicada pelo Tribunal Superior Eleitoral autorizou quatro vagas para o Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso do Sul. Atualmente, o órgão possui 12 cargos vagos e o último concurso TRE MS foi realizado em 2012.

Confira neste artigo todas as informações sobre a expectativa de um novo concurso público para o Tribunal Regional Eleitoral MS. Acompanhe os tópicos abaixo:

Status atual do concurso TRE MS

O Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso do Sul realizou seu último concurso público em 2012 e sua validade, já prorrogada, encerrou em setembro de 2017. Mesmo sem previsão, há uma expectativa para que um novo edital seja publicado em 2020, devido a vacância no órgão.

Vale lembrar que em 2017, o Tribunal Superior Eleitoral, por meio de uma portaria, suspendeu os provimentos de vagas e impediu novas nomeações de servidores para cargos efetivos na Justiça Eleitoral. Cumprindo, assim, à Emenda Constitucional nº 95, de dezembro de 2016, que institui o regime fiscal no país.

Porém, em 13 de julho de 2018, com as exceções criadas pela portaria nº 574, os Tribunais voltaram a nomear. Esta exceção se aplica a sempre que um servidor de TRE pedir exoneração, for demitido ou tomar posse em cargo inacumulável. Com sua vaga liberada, ela pode ser ocupada por outra pessoa.

Até o momento, de acordo com os dados divulgados pela portaria TSE 1091/2018, foram autorizadas 4 vagas para provisão do quadro de servidores do Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso do Sul, sendo 1 para Analista Judiciário e 3 para Técnico Judiciário.

Concurso TRE MS: Cargos vagos

Conforme relatório quantitativo de cargos e funções, disponível no Portal da Transparência, o órgão apresenta um total de 12 cargos vagos.

Com referência no mês de abril, desse total, 2 vagas são para o cargo de Analista Judiciário e 10 para Técnico Judiciário.

Requisitos dos cargos do concurso TRE MS

Todas as áreas do cargo de Analista Judiciário exige formação de nível superior, com diploma de acordo com a área específica. É necessário comprovar com certificação reconhecida pelo MEC.

Para se candidatar aos cargos de Técnico Judiciário, é necessário o ensino médio completo. Quando há o interesse em alguma especialidade, o candidato deve possuir o curso técnico equivalente.

Concurso TRE MS: Remuneração e Benefícios

Segunda a Lei 11.416/2006, a remuneração dos cargos de provimento efetivo das Carreiras dos Quadros de Pessoal do Poder Judiciário é composta pelo Vencimento Básico somado à Gratificação Judiciária (GAJ).

Além disso, os servidores recebem valores por titulação, que pode variar dependendo do título apresentado pelo servidor e os benefícios de Auxílio Alimentação (R$ 910,08), Assistência Pré-escolar (R$ 719,62) e Assistência Médica/Odontológica (R$ 215,00).

No portal da Transparência, no site do TRE MS, é possível verificar a tabela remuneratória dos cargos. Abaixo, destacamos os valores iniciais e finais dos cargos:

  • NÍVEL SUPERIOR: Analista Judiciário
    • Inicial – R$ 12.455,30
    • Final – R$ 18.701,52
  • NÍVEL MÉDIO: Técnico Judiciário
    • Inicial – R$ 7.591,37‬
    • Final – R$ 11.398,39

Último concurso TRE MS

Realizado em 2012, o último concurso TRE MS contou com 12.631 inscrições para disputa de 15 vagas e formação de cadastro de reserva para cargos de Analista e Técnico. A organização do certame ficou por conta da Cespe/Cebraspe. A distribuição das vagas e cargos ofertados foram:

  • Analista Judiciário – Área Judiciária: 1+CR
  • Analista Judiciário – Área Análise de Sistemas: 1+CR
  • Analista Judiciário – Área Administrativa: 2+CR
  • Técnico Judiciário – Área de Contabilidade: 1+CR
  • Técnico Judiciário – Área Administrativa: 9+CR
  • Técnico Judiciário – Área Programação de Sistemas: 1+CR

Para os cargos de Analista, a taxa de inscrição cobrada foi fixada no valor de R$ 75,00 e para Técnico de R$ 55,00.

Atribuições dos cargos do concurso TRE MS

Analista Judiciário – Judiciária: executa atividades de nível superior de análise processual relacionadas com processamento de feitos, apoio a julgamentos no TRE MS.

Analista Judiciário – Análise de Sistemas: realiza atividades de nível superior relacionadas com desenvolvimento, implantação e manutenção de sistemas informatizados.

Analista Judiciário – Administrativa: executa atividades de nível superior relacionadas com as funções de administração de recursos humanos, materiais e patrimoniais, orçamentários e financeiros, controle interno, bem como as de desenvolvimento organizacional e de suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais.

Técnico Judiciário – Contabilidade: executa atividades de nível intermediário com controle contábil, orçamentário e financeiro.

Técnico Judiciário – Administrativa: executa atividades de nível intermediário relacionadas com as funções de administração de recursos humanos, materiais e patrimoniais, orçamentários e financeiros, controle interno, bem como as de desenvolvimento organizacional e suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais do TRE MS.

Técnico Judiciário – Programação de Sistemas: executa atividades de nível intermediário relacionadas com a programação de sistemas informatizados.

Etapas do concurso TRE MS

A seleção do concurso TRE MS contou com duas fases, realizadas na cidade de Campo Grande/MS. Foram elas:

  • Prova Objetiva – para todos os cargos
  • Prova Discursiva – somente para o cargo de Analista Judiciário – áreas Judiciária e Administrativa

As provas objetivas para todos os cargos (exceto para Analista das áreas Judiciária e Administrativa) tiveram duração de 3 horas e foram aplicadas no turno da manhã.

As provas objetivas e discursivas para o cargo de Analista das áreas Judiciária e Administrativa foram aplicadas no turno da tarde, com duração de 4 horas.

Provas do concurso TRE MS

A Prova Objetiva foi composta por questões de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, valendo 70 pontos. Os candidatos foram cobrados por Conhecimentos Básicos (30) e Específicos (40).

A Prova Discursiva, cobrada apenas aos candidatos das áreas Judiciária e Administrativa do cargo de Analista, consistiu na elaboração de texto, de no máximo 30 linhas, valendo 10 pontos.

Foi aprovado nas provas objetivas o candidato que obtivesse:

  • a) nota superior a 18,00 pontos na prova objetiva de Conhecimentos Básicos
  • b) nota superior a 24,00 pontos na prova objetiva de Conhecimentos Específicos
  • c) nota superior a 42,00 pontos no conjunto das provas objetivas

Disciplinas cobradas no concurso TRE MS

Conhecimentos Básicos para todos os cargos de Analista

  • Língua Portuguesa
  • Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais
  • Regimento Interno do TRE MS
  • Noções de Informática (exceto para a Área de Análise de Sistemas)
  • Noções de Direito Constitucional e Eleitoral (somente para Área de Análise de Sistemas)

Conhecimentos Básicos para todos os cargos de Técnico

  • Língua Portuguesa
  • Noções de Informática
  • Noções de Arquivologia (somente para Área Administrativa)
  • Noções de Direito Constitucional e Eleitoral (somente para Área de Contabilidade)

Conhecimentos Básicos para o cargo de Técnico da área de Programação de Sistemas

  • Língua Portuguesa
  • Raciocínio Lógico
  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Direito Eleitoral
  • Noções de Direito Administrativo
  • Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais
  • Regimento Interno do TRE MS

Conhecimentos Específicos

  • Analista Judiciário – Área Judiciária
    • Direito Administrativo
    • Direito Civil
    • Direito Processual Civil
    • Direito Penal
    • Direito Processual Penal
    • Direito Constitucional
    • Direito Eleitoral
    • Noções de Administração Pública
  • Analista Judiciário – Área Administrativa
    • Noções de Direito Constitucional e Direito Eleitoral
    • Direito Administrativo
    • Noções de Administração Geral e Pública
    • Administração Financeira e Orçamentária
    • Lei das Licitações
    • Noções de Direito Civil
    • Noções de Direito Processual Civil
    • Noções de Direito Penal
    • Noções de Direito Processual Penal
  • Analista Judiciário – Área Análise de Sistemas
    • Suporte Técnico
    • Desenvolvimento de Sistemas
    • Banco de Dados
    • Segurança da Informação
    • Raciocínio Lógico
  • Técnico Judiciário – Área Administrativa
    • Noções de Direito Constitucional
    • Noções de Direito Eleitoral
    • Noções de Direito Administrativo
    • Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais
    • Regimento Interno do TRE MS
  • Técnico Judiciário – Área de Contabilidade
    • Noções de Contabilidade
    • Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais
    • Regimento Interno do TRE MS
  • Técnico Judiciário – Área Programação de Sistemas
    • Programação de Sistemas

Concurso TRE MS: Nota de corte

CARGONOTA DE CORTE
Analista Judiciário – Judiciária 6.33
Analista Judiciário – Análise de Sistemas6.35
Analista Judiciário – Administrativa 6.65
Técnico Judiciário – Contabilidade 6.44
Técnico Judiciário – Administrativa 6.27
Técnico Judiciário – Programação de Sistemas 6.44


Concorrência do concurso TRE MS

Com 12.631 candidatos, o concurso TRE MS de 2012 disponibilizou apenas dois cargos com um número maior de vagas, sendo de Técnico Judiciário da área Administrativa, com 9 vagas e Analista Judiciário da área Administrativa, com 2 vagas.

O primeiro teve 9.616 inscritos, levando a uma média de 1.068 candidatos por vaga. Já para o segundo, foram 557 inscrições e uma média de 278 concorrentes por vaga.

Mesmo com apenas uma vaga disponível, os demais cargos também receberam um bom número de inscrições, conforma abaixo:

  • Analista Judiciário da área Judiciária – 1.560
  • Analista Judiciário da área de Análise de Sistemas – 295
  • Técnico Judiciário da área de Contabilidade – 404
  • Técnico Judiciário da área de Programação de Sistemas – 199

Convocações e nomeações do concurso TRE MS

O concurso TRE MS convocou candidatos além das vagas previstas inicialmente no edital, porém, alguns convocados não tomaram posse ou desistiram. Os cargos que ultrapassaram as previsões e tiveram o maior número de nomeações foram:

CARGOSVAGAS PREVISTASCANDIDATOS EMPOSSADOS
Analista – Judiciária111
Analista – Administartiva23
Técnico – Administartiva939
Técnico – Programação de Sistemas12


Quer estudar para Concurso TRE MS?

Gostou desta oportunidade e deseja começar se preparar agora mesmo? Então, confira os nossos cursos e comece a estudar para 
TRE MS:

CURSO TRE MS

Assinatura Anual Ilimitada*

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país. Assine agora a nossa Assinatura Anual e tenha acesso ilimitado* a todos os nossos cursos.

ASSINE AGORA – Assinatura Ilimitada

Ficha técnica concurso TRE MS

Informações do último concurso TRE MS 

Data prevista: 2020/2021
Vagas: 4 vagas autorizadas
Cargos: Analista e Técnico
Banca: a definir
Escolaridade: Nível Médio e Superior
Último Edital: Edital TRE MS 2012

Receba notícias de Concursos no seu WhatsApp e/ou Telegram!

Cadastre-se clicando no ícone abaixo

Notícias de concursos no seu WhatsApp e/ou Telegram

Posts Relacionados

Compartilhe:

Veja os comentários:
Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.

Estamos aqui para ajudar você!
x