Notícia

Concurso TJ SP para assistente social e psicólogo é RETIFICADO

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo retificou o sistema de avaliação da prova objetiva para os blocos I e II. Confira abaixo:

Assistente e Psicólogo

O edital para os cargos de Assistente Social e Psicólogo oferta 197 vagas. A organização da seleção é feita pela Fundação Vunesp.

As inscrições podem ser feitas entre os dias 12/11 e 16/12/2021. A taxa de inscrição foi fixada em R$ 93,00 para ambos os cargos.

A prova objetiva está prevista para o dia 20 de fevereiro de 2022. Os concurseiros serão testados também através de prova discursiva e de títulos.

Edital Escrevente Técnico Judiciário

  • TJ SP – Escrevente Técnico Judiciário
  • Status: divulgados os gabaritos da prova objetiva
  • Banca: Vunesp
  • Vagas: 845
  • Salário inicial: R$ 4.981,71
  • EditalTJ SP Escrevente 2021

Também já foram divulgados os gabaritos da prova objetiva do concurso TJ SP para Escrevente Técnico Judiciário. Com quatro versões, os exames foram realizados no dia 31/10/2021. Para conferir os gabaritos basta clicar aqui!

Agora os aprovados no exame serão convocados para a prova prática. No tópico “etapas de provas” colocamos todos os detalhes da prova.

Vale lembrar que o Tribunal registrou 224.814 inscrições. São ofertadas 845 vagas para o cargo de Escrevente, cargo de nível médio, para 10 regiões. Do total de vagas, 400 são para a capital e 445 para o interior.

A remuneração básica da carreira é de R$ 4.981,71, para uma carga horária de 40 horas semanais. A este valor se somam alguns benefícios que fazem com que o salário total inicial passe dos R$ 6 mil.

Quer estudar com quem mais aprova em concursos públicos no Brasil, com um valor que cabe no seu bolso? Confira a nossa Black Friday! Clique no banner para participar:

black friday concurso tj sp

Entre no grupo do Telegram e não perca nada sobre essa oportunidade:

JORNADA DO ESCREVENTE TJ SP

A performance dos alunos do Estratégia Concursos vitoriosos em certames de tribunais varia de 40% a 70% do total da lista de aprovados. No concurso para Escrevente do Tribunal de Justiça de São Paulo de 2015, dos 471 aprovados, 77 foram do Estratégia.

Se este índice te interessou, confira nosso curso exclusivo e totalmente voltado ao concurso TJ SP:

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país.

Concurso TJ SP: edital publicado para Assistente Social e Psicólogo

Para saber mais detalhes sobre o novo certame já com edital publicado e inscrições perto de serem abertas, acesse o evento exclusivo e gratuito realizado pelo professor André Rocha.

Neste artigo, você encontra um Guia Completo para os editais do Concurso TJ-SP, com informações diversas para não perder nada sobre as provas, os dados do cargo e muito mais.

Concurso TJ SP: situação atual

Principais datas

Inscrição: 12/11 a 16/12/2021
Taxa: R$ 93,00
Prova: 20/02/2022

Concurso TJ SP: carreira

Cargos e Vagas

CAPITAL

  • Assistente Social Judiciário – 9 vagas
  • Psicólogo Judiciário – 20 vagas

Demais comarcas das 10 Regiões Administrativas Judiciárias (RAJs)

  • Psicólogo Judiciário  – 56 vagas
  • Assistente Social Judiciário – 112 vagas

Salários e Benefícios

O salário inicial de ambos os cargos é de R$ 7.470,40, mais auxílios para alimentação, saúde e transporte, correspondentes à jornada de trabalho de 30 horas semanais.

Concurso TJ SP: etapas

Prova Objetiva

A prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, visa avaliar o grau de conhecimento teórico do candidato, necessário ao desempenho do cargo.

Será composta de 70 (setenta) questões de múltipla escolha, com 5 (cinco) alternativas cada uma.

As questões da prova objetiva serão distribuídas em blocos como segue:

BLOCO I : língua portuguesa – 12 questões
BLOCO II: conhecimentos específicos – 40 questões
BLOCO III: conhecimentos gerais
18 questões

Veja as disciplinas da página 31 a 36. Edital Assistente Social / Edital Psicólogo

Prova Discursiva

A prova discursiva (estudo de caso), de caráter eliminatório, visa avaliar o grau de conhecimento e a capacidade do candidato de expor com clareza, concisão, precisão, coerência e objetividade assuntos relacionados ao bom desempenho do cargo.

Na correção do estudo de caso serão analisados o conhecimento e a capacidade teóricoprática do candidato em desenvolver a proposta de forma precisa, com clareza, coerência e objetividade.

Serão avaliados, ainda, a organização do texto, a análise e síntese dos fatos examinandos, a correção gramatical, o raciocínio, a fundamentação e a sua consistência e a capacidade de interpretação e exposição demonstrada.

Será atribuído à prova discursiva (estudo de caso), o valor de 40 (quarenta) pontos, onde a pontuação mínima necessária para aprovação será de 15 (quinze) pontos, sendo excluído do certame o candidato que não obtiver a pontuação mínima.

Prova de Títulos

Quadro de atribuição de pontos para avaliação de títulos do concurso TJ SP
Quadro de atribuição de pontos para avaliação de títulos do concurso TJ SP - parte 2

Concurso TJ SP Escrevente: situação atual

Resultados

Tipos de provas e gabaritos TJ SP

Abaixo você confere os gabaritos da prova:

gabarito da prova concurso tj sp
gabarito da prova concurso tj sp

Retificação

  • Onde se lê: Toda legislação e jurisprudência devem ser consideradas com as alterações e atualizações vigentes até a data da publicação deste Edital de Abertura de inscrições. Legislação e julgados com entrada em vigor após a publicação deste Edital de Abertura de inscrições poderão ser utilizados, quando supervenientes ou complementares a algum tópico já previsto ou indispensável à avaliação da(s) prova(s). Todos os tema englobam também a legislação que lhes é pertinente, ainda que não expressas no(s) conteúdo(s) programático(s).”
  • Leia-se: “Toda legislação deve ser considerada com as alterações e atualizações vigentes até a data da publicação deste Edital de Abertura de inscrições. Legislação com entrada em vigor após a publicação deste Edital de Abertura de inscrições poderá ser utilizada, quando superveniente ou complementar a algum tópico já previsto ou indispensável à avaliação da prova. Todos os temas englobam também a legislação que lhes é pertinente, ainda que não expressas no(s) conteúdo(s) programático(s)”.

Concurso TJ SP Escrevente: carreira

Cargos e Vagas

São ofertadas 845 vagas, sendo 400 para a capital e 445 para as comarcas do interior de São Paulo. Confira AQUI a distribuição completa das vagas por comarca e destinação.

Requisitos

É exigido que o Escrevente Técnico Judiciário tenha, como requisito básico, o certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação.

A carga horária do Escrevente Técnico Judiciário é de 40 horas semanais.

Atribuições

São atribuições do cargo de Escrevente Técnico Judiciário:

  • Executar atividades relacionadas à organização dos serviços que envolvam as funções de suporte técnico e administrativo às unidades do Tribunal de Justiça
  • Dar andamento em processos judiciais e administrativos, atender ao público interno e externo, elaborar e conferir documentos
  • Controlar a guarda do material de expediente, atualizar-se quanto à legislação pertinente à área de atuação e normas internas.

Remuneração e benefícios

Quadro de Remuneração

Escrevente Técnico Judiciário de 1º Grau

  • Inicial: R$ 4.981,71
  • Final: R$ 5.624,12

Escrevente Técnico Judiciário de 2º Grau

  • Inicial: R$ 6.273,98
  • Final: R$ 6.916,39

Benefícios

Os servidores do TJ SP gozam de uma série de benefícios, que tornam os cargos ainda mais atrativos:

  • Adicional de qualificação (5% para nível superior; 7,5% para pós-graduação-lato sensu; 10% para mestrado; 12,5% para doutorado)
  • Auxílio creche: R$ 423,00 por filho (no máximo dois filhos)
  • Auxílio alimentação: 22 dias: R$ 1.012,00
  • Auxílio transporte: 22 dias: R$ 176,00
  • Auxílio saúde: R$ 336,00
  • Quinquênio: 5% a cada 5 anos
  • 6.ª parte: 20% ao completar 20 anos

Cargos vagos

Segundo dados disponíveis no Portal da Transparência, com referência em abril de 2021 a quantidade de cargos pode ser percebida na listagem abaixo:

  • Previstos: 35.186
  • Ocupados Estáveis: 29.112
  • Ocupados Não-Estáveis: 0
  • Vagos: 6.074

Concurso TJ SP: Etapas

O concurso TJ SP é composto por duas etapas:

  • 1ª etapa: Prova objetiva (eliminatória e classificatória)
  • 2ª etapa: Prova prática de digitação (eliminatória)

Prova objetiva

Duração: A duração das provas objetivas é de 5 horas.

Características: As provas objetivas contam com 100 questões de múltipla escolha, sendo divididas em 3 blocos:

  • Blocos I e II – de caráter classificatório e eliminatório
  • Bloco III – de caráter classificatório.
BLOCO I: Língua Portuguesa
24 QuestõesAnálise, compreensão e interpretação de diversos tipos de textos verbais, não verbais, literários e não literários. Informações literais e inferências possíveis. Ponto de vista do autor. Estruturação do texto: relações entre ideias; recursos de coesão. Significação contextual de palavras e expressões.
Sinônimos e antônimos. Sentido próprio e figurado das palavras. Classes de palavras: emprego e sentido que imprimem às relações que estabelecem: substantivo, adjetivo, artigo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição e conjunção. Concordância verbal e nominal.
Regência verbal e nominal. Colocação pronominal. Crase. Pontuação.
BLOCO II: Conhecimentos em Direito
40 QuestõesDIREITO PENAL: Código Penal – artigos 293 a 305; 307; 308; 311-A; 312 a 317; 319 a 333; 336 e 337; 339 a 347; 357 e 359. DIREITO PROCESSUAL PENAL: Código de Processo Penal – artigos 251 a 258; 261 a 267; 274; 351 a 372; 394 a 497; 531 a 538; 541 a 548; 574 a 667 e Lei nº 9.099 de 26.09.1995 (artigos 60 a 83; 88 e 89). DIREITO PROCESSUAL CIVIL: Código de Processo Civil -artigos 144 a 155; 188 a 275; 294 a 311 e do 318 a 538; 994 a 1026; Lei nº 9.099 de 26.09.1995 (artigos 3º ao 19) e Lei nº 12.153 de 22.12.2009. DIREITO CONSTITUCIONAL: Constituição Federal – Título II – Capítulos I, II e III; e Título III – Capítulo VII com Seções I e II; e também o artigo 92.
DIREITO ADMINISTRATIVO: Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado de São Paulo (Lei n.º 10.261/68) – artigos 239 a 323; e Lei Federal nº 8.429/92 (Lei de Improbidade Administrativa).
NORMAS DA CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA (disponíveis no portal do Tribunal de Justiça site: www.tjsp.jus.br, na área Institucional / Corregedoria / Normas Judiciais): Tomo I – Capítulo II: Seção I – subseções I e II; Tomo I – Capítulo III: Seções I, II, V, VI, VII; Tomo I – Capítulo III: Seção VIII subseções I, II e III; Tomo I – Capitulo III: Seções IX a XV, XVII a XIX; Tomo I – Capítulo XI: Seções I, IV e V; Tomo I – Capitulo XI: Seção VI – subseções I, III, V e XIII.
BLOCO III: Conhecimentos Gerais
DisciplinasQuestões
Atualidades06
Matemática06
Informática14
Raciocínio Lógico10

Prova prática

A prova prática, de caráter eliminatório, busca verificar os conhecimentos e habilidades dos candidatos, utilizando o editor de texto em microcomputador do tipo PC, em ambiente gráfico Microsoft Windows.

Os candidatos que tiverem nota igual ou superior a 5 pontos foram considerados aptos.

Ela foi dividida em 2 atividades:

  • Formatação de um texto pré-estabelecido: pontuação máxima de 2 pontos;
  • Digitação de um texto: pontuação máxima de 8 pontos.

Apenas serão convocados para a Prova Prática os candidatos habilitados e com melhor classificação na prova objetiva realizada para a Comarca da Capital e para todas as Circunscrições Judiciárias que compõem as 10 Regiões Administrativas Judiciárias. Confira AQUI!

Plano de Contingenciamento

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo – TJ SP publicou a Portaria n.º 9.904/2020, na qual prorrogou os Planos de Contingenciamento de Despesas n.º 1 e n.º 2 para o dia 31 de outubro de 2020.

Os planos tinham vigência até 31 de julho do ano passado, porém, devido às “projeções de severa crise econômica no país, por força da epidemia de Covid-19”, o tribunal optou pela prorrogação.

Segundo o TJ SP, até aquele momento os planos de contingenciamento não haviam “sido suficientes para afastar o risco de encerramento do exercício em novo déficit orçamentário, assim como de extrapolação do limite de despesas de pessoal e sociais preconizado pela Lei de Responsabilidade Fiscal“.

O plano previu a suspensão de nomeações, de concursos em curso, revisão de contratos, suspensão de novos contratos de estágio, redução do quadro de terceirizados, contingenciamento de compras de materiais, suspensão de viagens e pagamentos de diárias.

Estas medidas foram tomadas por causa do preocupação que o órgão tinha de não conseguir arrecadar recursos financeiros durante o período de quarentena decretada pelo governador do Estado, fazendo com que o TJ SP não consiga arcar com as despesas.

Atualmente o TJ SP é o maior Tribunal de Justiça do País, com 2.709 magistrados e 68.852 servidores, de acordo com dados do Conselho Nacional de Justiça, o CNJ.

E, graças ao Plano de Contingenciamento do ano passado, o orçamento do órgão saiu do vermelho, o que viabiliza a realização de um novo concurso no Tribunal.

Concurso TJ SP: home office/teletrabalho

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo divulgou que os servidores terão a possibilidade de adotarem o trabalho remoto de forma facultativa mesmo após o período de pandemia.

A modalidade de trabalho foi oficialmente regulamentada por meio da Resolução nº 850/21.

Entre os servidores, o número máximo dos dedicados ao teletrabalho não poderá passar de 70% em unidades vinculadas à presidência, vice-presidência, à Corregedoria Geral da Justiça e às presidências de seção.

Caso o número de servidores interessados no trabalho remoto supere a regra, deve haver revezamento com intervalo mínimo de 90 dias.

O teletrabalho dependerá ainda de apresentação de requerimento com a autorização prévia do desembargador, juiz ou gestor da unidade.

O servidor pode ser desligado do teletrabalho a qualquer momento, por pedido pessoal, ou pelo fim da modalidade no local de atuação, se deixar de atingir ou cumprir metas.

Ainda de acordo com o texto, a produtividade do servidor que trabalha a distância deve superar a registrada na atividade presencial.

Concurso TJ SP: última edição

Foi prorrogada a suspensão do prazo de validade do concurso TJ SP interior, que teve seu edital publicado em 19 de dezembro de 2017 e foi homologado em 06 de março de 2019.

A validade inicial do certame expiraria em março deste ano.

Porém, devido à pandemia de coronavírus e as recomendações da Lei Complementar n.º 173/2020, a validade da seleção foi suspensa de 28/05 a 31/12/2020, de maneira que seu prazo seria vencido somente em outubro de 2021.

Com a nova suspensão agora, que se baseou na Recomendação n.º 96/2021 do CNJ, a validade só deverá expirar em junho de 2022 e, após a vigência deste prazo, ainda será possível ao órgão prorrogar sua validade por mais dois anos.

Importante frisar, contudo que a suspensão do prazo não impede nomeações e posse de candidatos aprovados no certame cuja disponibilidade orçamentária e necessidade do órgão permitam.

O último concurso TJ/SP para Escrevente teve a Vunesp como banca responsável pela organização. Contou com as seguintes características:

Capital e Campinas

As provas aconteceram em 2017 e o certame registrou 233.437 inscritos, que concorreram às 590 vagas ofertadas.

Ao todo, até novembro de 2019, 1.181 foram nomeados somente na Capital, sede da 1.ª Região Administrativa, ou seja, o dobro do número total de vagas oferecidas para as duas regiões como um todo.

Dados de março de 2019 apontaram ainda que no restante da 1.ª Região Administrativa haviam sido nomeados 203 aprovados e na 4.ª Região Administrativa, que tem Campinas como sede, foram 162 aprovados.

À época, ainda aguardavam nomeação 322 aprovados para o restante da 1.ª Região e 664 aprovados na 4.ª Região.

Interior

As provas aconteceram em 2018 e o concurso TJ SP contou com 168.434 candidatos inscritos, concorrendo às 235 vagas oferecidas. Até agora 225 nomeações aconteceram, mas as expectativas estão elevadas, tendo em vista a demora maior de homologação do certame, já que o certame ficará válido até o segundo semestre de 2021.

Do total de 1.771 classificados, 1.657 ainda aguardam nomeação. Confira aqui a estatística de inscritos.

Concursos TJ SP: principais datas da última edição

Capital e Campinas

Ano20142017
Edital24/09/201431/03/2017
Homologação21/05/201512/12/2017
Prorrogado até21/05/2017Validade encerrada
TJSP: quadro de datas do concurso da Capital/Campinas

Interior

Ano20152017/2018
Edital26/01/201519/12/2017
Homologação09/12/201506/03/2019
Prorrogado até09/12/201706/03/2021 (suspenso)
Calamidade pública28/05/2020 a 31/12/2020
Projeção de nova validade após a primeira suspensãoOutubro/2021 (suspenso)
Nova suspensão por Calamidade pública14/04/2021 a 31/12/2021
Projeção da nova validade (ainda não oficializada)Junho/2022

Concurso TJ SP: notas de corte da última edição

Capital e Campinas

Nota MenorSão PauloCampinasNota Maior
Lista Geral7,6 (Guarulhos)8,38,38,6 (Rio Claro)
Candidatos Negros 6,1 (Osasco)7,26,97,5 (Rio Claro e Pirassununga)
Candidatos com Deficiência5,0 (Osasco)6,67,07,8 (Pirassununga)
Concurso TJSP: notas de corte Escrevente (Capital/Campinas)

Interior

Nota MenorNota Maior
Lista Geral8,1 (Dracena) 8,8 (São José dos Campos)
Candidatos Negros 6,2 (Dracena)7,9 (Itu e São José dos Campos)
Candidatos com Deficiência5,2 (Barretos)8,1 (Araçatuba)
Concurso TJSP: notas de corte Escrevente (Interior)

Nomeações

Capital/Campinas
DataNomeados
13/12/2017220
16/03/201829
02/04/201850
12/04/20181
16/05/201850
06/06/2018101
16/07/2018153
11/01/2019120
01/03/2019123
12/04/201977
27/05/201954
19/06/201933
04/11/2019170
TJSP: nomeações (Capital/Campinas).

O edital das comarcas do interior fica válido até o segundo semestre de 2021.

Em virtude da suspensão da validade do certame no último ano, o prazo do certame voltou a correr em 1º de janeiro deste ano. Acesse a íntegra do documento.

NOMEADOS TJ SP – INTERIOR

InteriorNomeados
1º sem./20193
2º sem./2019111
1º sem./2021111
TJSP: nomeações (Interior).

Concurso TJ SP Escrevente: provas e gabaritos

Guia de Estudos para o TJ SP

Os Guias são artigos postados no site do Estratégia Concursos com links para Cadernos de Questões, por disciplina, customizados de acordo com o conteúdo programático de cada edital.

ACESSE: Guia de Estudos para o TJ SP

Vade Mecum TJ SP Escrevente – Pós edital

Vade Mecum Estratégico é uma compilação das principais normas do concurso TJ SP Escrevente. Queremos que ele seja um material de consulta, a ser utilizado em toda a sua preparação.

Pretendemos que ele seja o seu companheiro sempre que você estiver assistindo nossas vídeoaulas ou lendo os nossos livros digitais (PDFs). E o melhor de tudo, é gratuito! Aproveite já e faça o download:

TJ SP Escrevente – Pós Edital

Entre no grupo do Telegram e não perca nada sobre essa oportunidade:

JORNADA DO ESCREVENTE TJ SP

Quer saber tudo sobre concursos previstos?
Confira nossos artigos!

Quer estudar para o concurso TJ SP?

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país.

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país.

Assinatura Concursos

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Informações do Concurso TJ SP Assistente Social e Psicólogo 2021

Data: 20/02/2022
Vagas: 197
Remuneração inicial: R$ 7.470,40
Banca: Vunesp
Escolaridade: Nível superior
►Editais: Edital Assistente Social / Edital Psicólogo

Informações do Concurso TJ SP Escrevente 2021

Data: 31/10/2021
Vagas: 845 (capital e interior)
Remuneração inicial: R$ 4.981,71
Banca: Vunesp
Escolaridade: nível médio
►Edital
: TJ SP Escrevente 2021
Curso Escrevente TJ SP

Informações sobre o último concurso TJ SP Escrevente

Capital e Campinas

Data realizada: 2017
Vagas: 590
Lotações: São Paulo, Campinas, Grande São Paulo, Grande Capinas
Remuneração inicial: R$ 4.473,16
Banca: Vunesp
Escolaridade: nível médio
►Edital: 
Edital TJ SP Capital e Campinas

Interior

Data realizada: 20
►Vagas:
235
►Lotações: 
Interior
►Remuneração inicial: 
R$ 4.981,71
►Banca: 
Vunesp
►Escolaridade: n
ível médio
►Edital:
 Edital TJ SP Interior

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja os comentários
  • Acho plenamente inconstitucional e injusta a prorrogação, já que é permitida a prorrogação uma única vez na CF! No concurso em que fui aprovada no ano de 2012 mesmo faltando apenas 2 pessoas para serem nomeadas na lista o TJ não prorrogou a validade para apenas mais 1 aninho. Agora, vamos lá! Prorrogue quanto for necessário! Não me conformo.
    Priscila em 15/07/20 às 15:16
  • Aquele que pediu manifestação do Estratégia Concursos para dizer opinião sobre a 'constitucionalidade ou não de uma decisão administrativa do TJ-SP, quero dizer o seguinte: Parem de querer enxergar 'chifre em cabeça de cavalo' ou 'pelo em ovo' !! Deixem as pessoas serem felizes galera !! Não queiram ocupar o tempo de quem trabalha exaustivamente...Putz !
    Maranhão em 15/07/20 às 14:57
  • Por favor,parem de me enviar suas propagandas.
    luiz paulo bandeira da silveira em 15/07/20 às 14:47
  • Prezados, Tem Vade Mécum par disponibilizar?
    Alex em 25/05/20 às 10:30
  • Realmente, analisando à luz da CF, a prorrogação não seria legal. No entanto, fico feliz que tenha acontecido. Isso denota uma determinação do TJ em preencher os cargos vagos. Melhor do que outros concursos que simplesmente esquecem dos aprovados. Aliás, no Brasil, ninguém segue a CF mesmo. Se seguisse, teríamos reajuste de acordo com a inflação todos os anos e o salário mínimo seria quatro vezes maior. Então, pelo menos agora estão infringindo para beneficiar uma parcela de pessoas que se dedicou e graças a Deus conseguiu a aprovação. Estou aguardando nomeação no TJ interior e sei como é difícil todo o processo, do início ao fim, então nunca vou torcer contra quem está enfrentando essa luta. Deus queira que o TJ mantenha a tradição de chamar os aprovados, porque, caso contrário, vai se tornar só mais um desses concursinhos que oferecem oceanos e rios e no fim não dão nem um laguinho.
    Adrian em 14/02/20 às 15:25
  • Esse concurso e so p capital ou interior d sp tbm?
    Rosa em 09/01/20 às 18:21
  • Essa decisão do TJSP é patentemente INCONSTITUCIONAL.
    Ivo em 18/08/19 às 10:49
  • Estratégia, por favor, se manifeste sobre a constitucionalidade da prorrogação! Não existe prorrogação da prorrogação e ninguém vai questionar?
    Andrea em 15/08/19 às 20:44
  • É inconstitucional essa prorrogação, foram ofertadas 590 vagas se os remanescentes ficaram para trás infelizmente devem prestar novamente, quantos concursos as pessoas são aprovadas fora das vagas e perdem o concurso pela validade?
    Paloma em 15/08/19 às 17:47
  • Se o concurso tinha validade de 1 ano e prorrogável por mais 1 ano, por que está sendo prorrogado novamente? Não entendi...
    Elô em 15/08/19 às 17:21
  • O TJSP pode prorrogar o concurso além do tempo previsto no edital? Além disso, já foram 788° convocados só na comarca capital até o momento (o que torna a informação do Estratégia na matéria incorreta).
    Cristiane em 15/08/19 às 17:12
  • A remuneração é um pouco maior q isso, Escrevente começa com 4.981,71
    Tarek em 15/08/19 às 16:51
  • Prezada Natália, Não só já havia assistido ao vídeo, como o mesmo foi deletado pelo seu criador. Insisto, não há na notícia veiculada no site do TJ-SP, datada de hoje, que o órgão está prorrogando para 2020 a validade do concurso. Sinceramente, entendo que o Estratégia está noticiando errado.
    Ricardo em 15/08/19 às 14:25
  • Péssima notícia para estava ansioso para este certame, mas para quem ficou na lista, é uma excelente notícia. Ao meu ver uma baita inconstitucionalidade, será que isso se mantém?
    Jonathan em 15/08/19 às 14:13
  • Confira o vídeo disponibilizado na matéria, feito pelo professor Ricardo Vale, onde ele explica tudo o que você precisa saber sobre esta prorrogação!
    Natália Scarano em 15/08/19 às 13:22
  • Olá, Eric. Até dezembro de 2020 deve sair um novo concurso para Capital, dependerá apenas do TJ adequar as contas do tribunal.
    Natália Scarano em 15/08/19 às 13:19
  • Notícia ruim não, né ? Ai vc está se esquecendo dos aprovados que estão esperançosos com a nomeação. Notícia ruim pra quem quer prestar, mas boa pra quem está a quase 2 anos esperando a nomeação.
    Fernando em 15/08/19 às 13:15
  • Bom dia! Então agora a previsão para PUBLICAÇÃO do próximo edital do TJ-SP (CAPITAL) ficou para outubro de 2020?
    Eric em 15/08/19 às 12:07
  • Não entendi a prorrogação do concurso. Há um item no edital que diz que o concurso é de 1 ano, prorrogável por igual período. Segue o item: "9. O Concurso terá validade de 1 (um) ano, a contar da data da homologação, prorrogável por igual período, a critério do Tribunal de Justiça, podendo ou não abranger os cargos vagos e os que vierem a ser criados no decorrer do prazo de validade do concurso, dependendo do interesse do serviço e da disponibilidade orçamentária." Logo, por que estão prorrogando o que já foi prorrogado?
    Ricardo em 15/08/19 às 11:03
  • Prezados, em todos os sites que estão repercutindo essa prorrogação, não há análise sobre a constitucionalidade da medida. O concurso foi homologado em 2017, valido até 2018, e prorrogado ate 2019. Essa nova prorrogação até 2020, aparentemente é inconstitucional, pois afronta o artigo 37, inciso III, que prevê a possibilidade de 1 (uma) prorrogação, e o certame do TJ já foi prorrogado. Gostaria de uma manifestação do excelente corpo docente do Estratégia sobre esse aspecto. Grato
    Thiago Leite em 15/08/19 às 09:38
  • TJ Interior deve sair em 2020 ou vcs acreditam que vão prorrogar o concurso anterior até 2021?
    Juliana em 07/08/19 às 14:36
  • Olá, Stéph! Esta previsão é para anúncio de concurso/publicação de edital. Att, Equipe Estratégia Concursos
    Bruna de Andrade França em 01/08/19 às 15:58
  • Oi, galera! A previsão de outubro/2019 é para o edital ou para a prova mesmo?
    Stéph em 31/07/19 às 11:51
  • Olá boa noite! Eu nunca trabalhei concluir meu ensino médio fiz dois cursos de de manicure e outro de sombrancelha e eu queria fazer um concurso pra mim se forma em uma escrivã.
    Graziely Ferreira Bernardo em 18/07/19 às 17:40
  • Tenho interesse nos cursos para Tribunais, não sou da área de direito tenho formação superior Imagino que possa iniciar os estudos, por gentileza gostaria que me informassem, o que existe no momento, pelo que vi no site, são muitas opções
    DEBORAH CRISTINA FERRIGNO VOTO em 01/07/19 às 17:39