Notícia

Concurso TJ RS: divulgado resultado preliminar das provas objetivas

Edital para o Concurso TJ RS publicado com 28 vagas de nível superior

As provas objetivas do concurso TJ RS (Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul) foi aplicadas no dia 12 de junho e o resultado preliminar já foi divulgado.

12.488 candidatos se inscreveram para o certame, sendo o maior quantitativo de inscritos para o cargo de Oficial de Justiça Estadual, com 11.336 candidatos. Confira mais na aba ‘Situação atual’.

São ofertadas 28 vagas para os cargos com nível superior de formação, divididas em 24 vagas para Oficial de Justiça Estadual e 4 vagas para Analista do Poder Judiciário – Serviço Social, no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, com salários iniciais de R$ 6.361,94 e R$ 7.352,93, respectivamente.

  • Concurso TJ RS (Oficial de Justiça Estadual e Analista do Poder Judiciário – Serviço Social)
  • Status: resultado preliminar objetiva
  • Banca: IBADE
  • Vagas: 28
  • Salário inicial: R$ 6.361,94 e R$ 7.352,93
  • Edital: Edital TJRS 2022

Importante destacar que foi publicado, em 6 de abril de 2022, o novo Plano de Carreiras, Cargos Funções e Remunerações do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul.

O texto estabelece novas normas e procedimentos para efetivar e desenvolver servidores do quadro efetivo do tribunal.

Se você tem interesse em alguma de todas essas oportunidades, conheça nosso curso exclusivo e totalmente voltado ao órgão e suas carreiras, sabendo que as aprovações dos alunos Estratégia em concursos tribunais atingem índices próximos de 70%. Confira!

Concurso TJ RS: situação atual

Resultado preliminar

No dia 28 de junho de 2022 foi divulgado no Diário da Justiça Eletrônico o resultado preliminar da prova objetiva. Confira:

Veja aqui o resultado preliminar das provas objetivas do concurso TJ RS

Demanda de inscritos

Foi publicado no dia 16 de maio de 2022 a demanda de inscritos por vaga no concurso do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ RS).

Os candidatos interessados realizaram as inscrições para o certame até 04 de março de 2022, pelo site da banca organizadora, o IBADE.

Ao todo 12.488 candidatos se inscreveram para o certame, sendo o maior quantitativo de inscritos para o cargo de Oficial de Justiça Estadual, com 11.336 candidatos. Confira abaixo a relação de demanda por vaga para a seleção do Tribunal!

Quantitativo de inscritos concurso TJ RS
Quantitativo de inscritos concurso TJ RS

Concurso citado no PLDO para 2023

Foram publicadas, no Diário Legislativo do Estado do Rio Grande do Sul do dia 18 de maio de 2022, as metas e prioridades da administração pública para o exercício 2023.

De acordo com o documento, está prevista a realização de concurso público para o preenchimento dos cargos vagos na Justiça de 1º e 2º Graus do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, assim como dos cargos de Magistrados e servidores a serem criados nas duas instâncias. Saiba mais aqui.

Concurso TJ RS: cargos e vagas

Cargo Vagas
Oficial de Justiça (Classe PJ-H) 24
Assistente Social Judiciário 4
Concurso TJ RS: Tabela de cargos e vagas

Concurso TJ RS: remuneração

Cargo Remuneração
Oficial de Justiça (Classe PJ-H) R$ 6.361,94
Concurso TJ RS: Tabela de remuneração
  • Auxílio-condução: R$ 1885,02 (40%)
  • Risco de vida: R$ 1.649,39 (35%)
  • Indenização por plantão (R$ 240,00 – R$ 480,00)
Cargo Remuneração
Assistente Social Judiciário R$ 7.352,93
Tabela de remuneração
  • Gratificação:   R$2.764,83 (40%)

Concurso TJ RS: etapas de provas

Os candidatos foram avaliados por meio de prova objetiva no dia 12 de junho de 2022. A estrutura da Prova Objetiva, que contou com 80 questões de múltipla escolha, foi dividida em quatro partes:

  • Português
  • Conhecimentos Específicos
  • Tópicos de Legislação
  • Microinformática

O número mínimo de acertos é de 48 pontos, o peso e número de questões irá variar conforme o cargo pretendido, conforme especificado abaixo:

Provas para oficial de justiça

partes da prova objetiva de nível superior para o concurso TJ RS

Para o cargo de Oficial de Justiça Estadual, a Prova Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, teve o valor de 80,0 pontos e foi constituída de 80 questões objetivas, assim distribuídas:

Parte 1: 30 questões de Língua Portuguesa, valendo 30,0 pontos.
Parte 2: 42 questões de Conhecimentos Específicos/Tópicos de Legislação, valendo 42,0 pontos.
Parte 3: 08 questões de Microinformática, valendo 8,0 pontos.

Provas para Assistente Social Judiciário

informações do concurso TJ RS sobre a prova objetiva para assistente social

Para o cargo de Analista do Poder Judiciário – Área de Apoio Especializado em Serviço Social, a Prova Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, teve o valor de 80,0 pontos e foi constituída de 80 questões objetivas, assim distribuídas:

Parte 1: 30 questões de Língua Portuguesa, valendo 30,0 pontos.
Parte 2: 30 questões de Conhecimentos Específicos, valendo 30,0 pontos. 

Parte 3: 15 questões de Tópicos de Legislação, valendo 15,0 pontos. 

Parte 4: 05 questões de Microinformática, valendo 5,0 pontos.

Concurso TJ RS: requisitos e atribuições

Oficial de Justiça Estadual

ATRIBUIÇÕES: cumprir mandados judiciais, que podem envolver atividade de risco, tais como citações, intimações, notificações, penhoras, avaliações, arrestos, sequestros, bloqueios, buscas e apreensões, reintegrações, conduções, prisões, afastamentos e outros, desde que previstos nas leis processuais e leis especiais aplicáveis; lavrar certidões e autos das diligências efetuadas; apoiar as rotinas do Tribunal do Júri e das sessões de julgamento do Tribunal de Justiça quando designado; realizar outras atividades desempenhadas pela unidade de lotação; e executar demais atribuições equivalentes explicitadas em regulamento, de mesma natureza e grau de complexidade.

ESCOLARIDADE: nível superior, graduação em Direito, modalidade bacharelado.

Analista do Poder Judiciário – Área de Apoio Especializado em Serviço Social

ATRIBUIÇÕES: prestar assessoria técnica à jurisdição nas áreas da infância e juventude, família, cível e criminal; elaborar laudos, relatórios e pareceres técnicos em processos administrativos e judiciais subsidiando ou assessorando a autoridade judiciária no conhecimento dos aspectos socioeconômicos, culturais, interpessoais, familiares, institucionais e comunitários; realizar, quando necessário, ações de aconselhamento, orientação, encaminhamento, prevenção e outros nas áreas da infância e juventude, família, mulher, idoso e outras, no que se refere às questões sociojurídicas; contribuir e/ou participar do trabalho em articulação com a rede de atendimento à infância, juventude e família, para o melhor encaminhamento; acompanhar, em casos excepcionais, visitas de pais aos filhos, quando de litígio grave, para subsidiar decisão judicial; planejar, executar e monitorar pesquisas, programas e projetos de interesse institucional relacionados à atividade profissional; realizar a escuta protegida de crianças e adolescentes em audiências judiciais; elaborar relatório estatístico mensal sobre as atividades desenvolvidas; desenvolver supervisão de estágio de alunos do curso regular de Serviço Social; contribuir com programas de treinamento de juízes e servidores, especialmente na capacitação de Assistentes Sociais; planejar e coordenar as atividades técnicas e administrativas específicas do setor social institucional como: reabilitação profissional; ingresso de servidores; readaptação de servidores portadores de deficiência; atendimento socioassistencial voltado aos servidores; avaliação de concessão de benefícios sociais e funcionais; integrar equipe multiprofissional; realizar outras atividades correlatas à sua especialidade e de interesse institucional relacionadas às atividades desempenhadas pela unidade de lotação.

ESCOLARIDADE: nível superior, graduação em Serviço Social, modalidade bacharelado.
REQUISITOS: registro legal para o exercício profissional no Conselho Regional de Serviço Social (CRESS).

Último Concurso TJ RS 2014 – Oficial de Justiça (PJ-H) e Assistente Social

O último concurso do TJ RS para os cargos de Oficial de Justiça (PJ-H) e Assistente Social Judiciário ofertou 133 vagas e foi organizado pela FAURGS.

Somente para o cargo de Oficial de Justiça (PJ-H), foi autorizada a nomeação de 228 candidatos, de maneira que a convocação, consideradas as desistências, alcançou a 249ª colocação. Já para Assistente Social Judiciário foram nomeados mais 66 candidatos, alcançando-se até a 78ª colocação.

Vagas

  • Oficial de Justiça PJ-H (116 vagas) – Nível Médio
  • Assistente Social Judiciário PJ-J (17 vagas) – Nível Superior

Concurso TJ RS: Edital publicado para Engenharia Civil e Técnico em Informática (M)

O edital do concurso TJ RS para Engenharia Civil e Técnico em Informática (M) foi publicado. O Instituto Brasileiro de Gestão e Pesquisa – IGBP é a banca organizadora da seleção.

O concurso TJ RS será composto por provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório para todos os cargos. A aplicação está marcada para 5 de dezembro, no turno da manhã, na cidade de Porto Alegre.

Cargos, Vagas e Remunerações

Cargo Vagas Remunerações
Técnico em Informática 1R$ 4.712,55
Analista Judiciário – Engenharia Civil 1 R$ 7.352,93
Tabela de cargos e vagas

Requisitos e Atribuições

Técnico em Informática

Requisitos: Diploma ou certificado, devidamente registrado, de nível médio ou equivalente. Possuir curso de aperfeiçoamento na área (mínimo de 80 horas) e experiência mínima comprovada de 01 ano em serviços conexos com as funções do cargo.

Atribuições: testar e documentar aplicativos a serem instalados em equipamentos de informática; apresentar soluções na utilização de softwares; auxiliar os usuários na elaboração de soluções com a utilização de aplicativos comerciais; prestar assistência aos usuários para resolução de problemas; instalar e configurar softwares; efetuar levantamento e apresentar soluções para a instalação de redes; elaborar orçamentos, cronogramas e análise de viabilidade técnica e econômica para a instalação de redes de computadores; efetuar análise de tráfego na rede, usuários conectados, acesso externo; implantar servidores de redes; implantar redes em estações de trabalho; racionalizar e projetar redes de computadores; definir e documentar novas redes e alterações de redes; acompanhar a instalação de cabeamento lógico de redes; assistir as áreas afins quanto à utilização de redes de computadores; administrar prazos, recursos e planos de teste na instalação de redes; definir normas e padrões de utilização, segurança e funcionamento das redes; verificar os softwares de rede adquiridos; auxiliar e/ou elaborar informações técnicas relativas a redes de computadores.

Analista Judiciário – Engenharia Civil

Requisitos: Diploma ou certificado, devidamente registrado, do curso de Graduação em Engenharia Civil, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) E registro legal para o exercício profissional no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

Atribuições: elaborar o planejamento e os projetos, em geral, de regiões, zonas, obras, estruturas, transportes e explorações de recursos naturais, relacionados às obras e às reformas desenvolvidas pelo Poder Judiciário Estadual; elaborar estudos, projetos e pareceres técnicos da sua área de atuação; realizar análises, avaliações, vistorias, enfim, a fiscalização de obras e serviços técnicos prestados para o Poder Judiciário; supervisionar a direção e a execução de obras e serviços técnicos; responsabilizar-se por equipes auxiliares necessárias à execução das atividades próprias do cargo; realizar outras atividades correlatas à sua especialidade e relacionadas às atividades desempenhadas pela unidade de lotação.

Etapas do concurso TJ RS

O certame TJ RS será composto apenas de uma Prova Objetiva para todos os cargos com duração de 5 horas.

Prova objetiva (todos os cargos)

Técnico em Informática

Disciplinas cobradas Nº de Questões Acerto mínimo
Língua Portuguesa 16 08
Língua Inglesa 12 06
Conhecimentos Específicos 40 20
Tópicos de Legislação 12
Sem acerto mínimo
TOTAL8048
Concurso TJ RS: Tabela de disciplinas e questões

Analista Judiciário – Engenharia Civil

Disciplinas cobradas Nº de Questões Acerto mínimo
Língua Portuguesa 20 10
Microinformática 10 Sem acerto mínimo
Conhecimentos Específicos 40 20
Tópicos de Legislação 10
Sem acerto mínimo
TOTAL8040
Concurso TJ RS: Tabela de disciplinas e questões

Para todos os cargos, as partes de Língua Portuguesa e Conhecimentos Específicos terão caráter eliminatório e classificatório e a de Tópicos de Legislação terá caráter exclusivamente classificatório. Para o cargo de Analista Judiciário – Engenharia Civil, a parte de Microinformática terá caráter exclusivamente classificatório e para o cargo de Técnico em Informática, a parte de Língua Inglesa terá caráter eliminatório e classificatório.

Para ambos os cargos de Analista Judiciário – Engenharia Civil e de Técnico em Informática, o Concurso Público terá o valor máximo de 80,0 pontos, já que cada questão terá peso 1,0. A nota final dos candidatos corresponderá ao somatório dos pontos obtidos em cada parte da Prova Objetiva.

Para o cargo de Analista Judiciário – Engenharia Civil, serão considerados aprovados os candidatos que obtiverem um mínimo de 40 acertos no somatório geral, dos quais haja um mínimo de 10 acertos em Língua Portuguesa e de 20 acertos em Conhecimentos Específicos.

Para o cargo de Técnico em Informática, serão considerados aprovados os candidatos que obtiverem um mínimo de 48 acertos no somatório geral, dos quais haja um mínimo de 08 acertos em Língua Portuguesa, de 20 acertos em Conhecimentos Específicos e de 06 acertos em Língua Inglesa.

Último Concurso TJ RS 2014 – Engenharia Civil e Técnico de Informática (M)

O último certame que ofertou vagas para Analista Judiciário – Engenharia Civil e Técnico de Informática (Classe M) dentre outros diversos cargos, ocorreu em 2014, e trouxe as seguintes vagas e remunerações:

Cargos Vagas Remuneração
Analista Judiciário – Área de Apoio Especializado: Engenharia Civil 02 R$ 6.570,13
Técnico em Informática Classe “M” 05 R$ 4.210,85
Tabela de cargos, vagas e remunerações

A banca organizadora foi a Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – FAURGS e as taxas de inscrição foram de R$ 145,00 para cargos de nível superior e R$ 64,00 para cargos de nível técnico/médio.

Concurso TJ RS: Edital para Oficial de Justiça Classe (O) – HOMOLOGADO

Foi homologado o resultado final do concurso TJ RS para Oficial de Justiça Classe (O). Vale lembrar que o exame foi realizado no período da manhã. Foram ofertadas quatro tipos de provas objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Ao todo os candidatos resolveram 80 questões alternativas, cada uma com cinco opções de resposta onde apenas uma é a correta.

O concurso ofertou três vagas e cadastro de reserva para o cargo de Oficial de Justiça (Classe O) do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul. A remuneração inicial é de R$ 9.305,55, exigindo-se apenas nível médio para o cargo. A Prova Objetiva do certame foi realizada no dia 16 de fevereiro de 2020.

Cargos, Vagas e Remunerações

CargosEscolaridadeVagas Remunerações
Oficial de Justiça, Classe ONível Médio3 vagas + CRR$ 9.305,55
Tabela de cargos, vagas e remunerações

Requisitos básicos e atribuições do cargo

Requisitos:

Apresentar comprovação de Nível Médio completo ou equivalente, reconhecido pelo Ministério da Educação.

Atribuições:

Os candidatos aprovados terão como tarefas primordiais preparar salas, livros e materiais para o funcionamento das sessões de julgamento, prestando informações aos presentes à sessão; efetuar a circulação de documentos para as sessões; fazer pregões; e cumprir mandados, dentre outras funções complementares.

Benefícios e carga horária

Oficial de Justiça – Classe O

O vencimento básico inicial, é de R$ 5.639,73, mais gratificação de R$ 845,96, auxílio-condução de R$ 845,96 e risco de vida de R$ 1.973,90. Totalizando R$ 9.305,55. A carga horária é de 40 horas semanais.

Segundo as Leis Estaduais do Rio Grande do Sul, é previsto que os servidores públicos recebam os seguintes benefícios: abono familiar; licença para tratamento de saúde;licença-gestante, à adotante e licença-paternidade; licença por acidente em serviço; aposentadoria; auxílio-funeral; complementação de pensão e auxílio transporte.

E ainda podemos informar sobre os benefícios em valores, que o Estratégia Concursos coletou, constando da seguinte forma:

  • Auxílio Refeição: R$ 92,18, R$ 4,16 por dia trabalhado;
  • Auxílio Alimentação: R$ 498,00;
  • Avanço salarial: acréscimo de 3% a partir do triênio de exercício;
  • Adicional por tempo de serviço: 15% ou 25% depois de 15 e 25 anos;
  • Abono Familiar: acréscimo de mais 10% em ativos ou inativos.

Comissão examinadora do concurso

Foi divulgado no Diário de Justiça Eletrônico a composição da comissão examinadora do prova objetiva do concurso TJ RS que visa ofertar vagas para o cargo de Oficial de Justiça classe (O).

De acordo com o documento, foram designados oito membros divididos em três disciplinas. Confira abaixo:

LÍNGUA PORTUGUESA

  • AGOSTINHO DIAS CARNEIRO

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS/TÓPICOS DE LEGISLAÇÃO

  • CÍNTIA MUNIZ DE SOUZA KONDER
  • EMERSON GARCIA
  • FLAVIO OLIVEIRA LUCAS
  • NILTON FLORES
  • SERGIO BUMASCHNY
  • TIAGO GONÇALVES VERAS GOMES

MICROINFORMÁTICA

  • PEDRO MANOEL DA SILVEIRA

Etapas do concurso TJ RS Oficial de Justiça (O)

O concurso TJ-RS Oficial de Justiça (O) terá uma única etapa, composta por uma prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório. Ao todo serão 80 questões alternativas, cada uma com cinco opções de resposta onde apenas uma é a correta.

Confira abaixo a distribuição das questões:

Língua Portuguesa – 30 questões
Conhecimentos Específicos/Tópicos de Legislação – 40 questões
Microinformática – 10 questões

Os conhecimentos específicos/Tópicos de Legislação são compostos pelas seguintes disciplinas:

  • Direito Constitucional
  • Direito Civil e Processual
  • Direito Penal e Processual Penal
  • Legislação Especial
  • Legislação Administrativa

Os conteúdos cobrados em microinformática são as seguintes:

  • Ambiente operacional WINDOWS
  • Processadores de textos WORD e Writer
  • Planilhas eletrônicas EXCEL e Calc
  • Softwares de apresentação POWERPOINT e Impress
  • Redes de Computadores e Internet
  • Conceitos de proteção e segurança

Os candidatos realizarão as provas no dia 16 de fevereiro, com tempo máximo de 4 horas. A definição dos locais de provas será divulgada no dia 3 de fevereiro, no site da banca FGV.

Plano de Carreiras, Cargos, Funções e Remunerações

Foi publicado, em 6 de abril de 2022, o novo Plano de Carreiras, Cargos Funções e Remunerações do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul.

O documento estabelece novas normas e procedimentos para efetivação e desenvolvimento de servidores do quadro efetivo do tribunal.

Edital Estratégico TJ RS

Baixe aqui o Edital Estratégico TJ RS

IMPORTANTE: Ao clicar no link acima, vai ser aberta uma janela do Google Drive que tentará carregar a visualização da planilha no seu navegador. Não há necessidade de esperar essa visualização (talvez até nem carregue, já que os arquivos são pesados).

Faça o download clicando na seta para baixo no canto superior direito da janela do Google Drive que vai ser aberta ao clicar nos links acima.

Todos os arquivos foram testados em diferentes computadores e celulares e estão ok. Talvez alguma incompatibilidade (ou mensagem de erro, como “arquivo inválido”) ocorra em virtude do seu próprio computador ou do tamanho dos arquivos que possuem mais conteúdo.

Concurso TJ RS: provas anteriores


Quer estudar para o Concurso TJ RS?

Assinatura Concursos

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Quer saber tudo sobre concursos previstos?
Confira nossos artigos!

ficha técnica para o concurso TJ RS

Ficha técnica do Edital do Concurso TJ RS

Informações do Concurso TJ RS Oficial de Justiça (PJ-H) e Assistente Social
Inscrições: 31 de janeiro a 4 de março
Vagas: 28 imediatas
Banca: IBADE
Escolaridade: Nível Superior
Edital: Edital 2022

Informações do Concurso TJ RS Engenharia Civil e Técnico de Informática (M)
Data: 05/12/2021
Vagas: 2 + CR
Banca: IBGP
Escolaridade: Nível Médio e Superior
Edital: Edital 2021

Informações do Concurso TJ RS Oficial de Justiça – Classe O – HOMOLOGADO
Data da prova: 16 de fevereiro de 2020
Vagas: 3 imediatas + cadastro de reserva
Banca: Fundação Getúlio Vargas (FGV)
Escolaridade: Nível Médio
Edital: Edital 2019 (a partir da página 35)

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja os comentários
  • A decisão do CNJ altera alguma coisa?
    Ana Carolina Maron em 26/04/20 às 09:39
  • Gostaria de saber se tem vaga para Uruguaiana rs ou a cidade mais próxima?
    Helena em 22/04/20 às 01:42
  • A motivação é estudar pq FGV não é a mesma moleza que outras bancas.
    Marcelo em 05/08/19 às 12:55
  • Apenas complementando as informações referentes ao concurso com o intuito de ajudar e motivar quem quer se preparar. Sou Oficial PJ-H no interior do RS. São dois cargos de oficial de justiça que existem no TJRS: 1) Classe O: atuação no próprio tribunal, na sede, apenas em Porto Alegre. 2) PJ-H: oficial de justiça subordinado ao juiz de direito das comarcas, primeiro grau de jurisdição. Pode atuar em qualquer uma das 162 comarcas existentes. Lembrando, o concurso normalmente é realizado de maneira una para todo o RS, podendo o candidato ser nomeado para qualquer comarca a depender das vagas ofertadas na chamada. Remuneração: Vencimento Básico: varia conforme a entrância da comarca (inicial, intermediária e final - definida conforme processos, eleitores, etc.) Risco de Vida: 35% do Vencimento Básico Auxílio-Condução: atualmente pago em 40% sobre o VB independente da entrância da comarca que atue. É destinado a custear as despesas de condução nos processos crime, juizados especiais, fazenda pública estadual e naquelas ações que não pagam custas processuais. Isso ocorre porque o oficial atua cumprindo mandados de qualquer vara (criminal, civil, juizados, infância e juventude). Não existe divisão. Auxílio-Refeição: 23,88 p/dia (525,36 p/ 22 dias) Gratificação de plantão: 324,39 valor para cumprimento de 7 dias de plantão. Valor varia conforme a entrância. Esse valor é para entrância intermediária. Além das verbas indicadas acima existe o pagamento das despesas de condução que não pagas diretamente pelas partes nos processos que incidem custas processuais e as partes não dispõem do benefício da gratuidade de justiça.
    Lucas Barrios em 28/07/19 às 04:16
  • FGV, a pior banca do Brasil disparada. Se resume em formular questões subjetivas com o intuito de mais especificamente induzir o candidato ao erro de forma extrema do que medir o conhecimento do candidato. Outras bancas elaboram questões de ordem objetiva e prática, condizentes com o cargo. Essa FGV é uma banca maluca! Se preparem concurseiros pq o bixo vai pegar! kkk Quem estuda vai entender o que eu digo.
    Marcelo em 26/07/19 às 11:35
  • Segundo os professores do Estratégia a banca será possivelmente o CESPE, achei maluquice, na minha opinião, e do resto da internet, o mais provável é a FAURGS.
    Raul Rodrigues em 16/07/19 às 16:52
  • Com a alteração da composição da comissão organizadora significa que edital vai demorar um pouco mais para ser lançado?
    luany em 23/05/19 às 11:28
  • Essa decisão tem a ver com a decisão do governo há poucos dias tomada, que cancelou novos concursos para este ano de 2019!!!
    Fabiana em 27/02/19 às 10:45
  • Parabéns por também compartilhar notícias infelizmente negativas a respeito de alguns certames muito esperados. Estamos interessados em informação verdadeira para nos prepararmos da melhor forma possível, não marketing barato pra vender cursinho como alguns outros fazem por aí.
    Gregório em 23/02/19 às 20:44
  • ESTE PRIMEIRO concurso é apenas para Porto alegre classe O e chamam no máximo uns 15. Haverá outro mas não sei quando que é para todo o estado e chamam uns 200
    Mistermdosconcursos em 18/01/19 às 09:20
  • aguardo mais informaçoes
    silvana cunha em 08/03/18 às 11:49
  • Há pessoas que viajam... só podem ser loucas de pedirem para que o site as envie o material ao invés de buscá-lo na internet. Povo maluco!
    Antunes em 09/07/17 às 11:12
  • Concurso suspeito: só cadastro reserva; taxas de inscrições acima do padrão cobrado; e o o Estado do Rio Grande do Sul tão falido quanto o Rio de Janeiro.
    Anna Pedrosa em 04/07/17 às 12:52
  • Olá, sei que aqui não é o local mais adequado, mas gostaria que o Estratégia se pronunciasse sobre o projeto de lei que pretende facilitar a demissão do servidor público estável, esse assunto é muito importante para todos concurseiros..
    Marcos em 30/06/17 às 15:06
  • Será que as vagas serão para todo o estado? Todo mundo fala que seriam apenas para Porto Alegre.
    Gilson em 26/06/17 às 08:35
  • Olá, gostaria de receber todas as informações do concurso TJ/RS, inclusive a prova anterior. Obrigado!
    Daniela em 22/06/17 às 12:53
  • Gostei muito das informações. Gostaria de receber a prova do TJ RS resolvida, conforme informado no vídeo. Obrigada.
    Karine em 20/06/17 às 14:13
  • qual a previsão para as inscrições ?
    Aline Dreyer em 13/06/17 às 00:06
  • A remuneração do técnico judiciário é só essa mesma?
    marcos em 23/05/17 às 19:52
  • Boa tarde Sei que é difícil estimar a data de abertura de edital, mas considerando o rito normal e a experiência de vocês, poderíamos pensar no edital para em torno de setembro ou outubro? No aguardo, Obrigado,
    ANDERSON FRAGA DOS SANTOS em 23/05/17 às 13:11
  • Bom dia, já é possível saber quais serão os cargos de Analista disponibilizados? Obrigado
    Reginaldo em 23/05/17 às 12:12