Notícia

Quando será o próximo Concurso da Receita Federal?

Olá, pessoal! Tudo bem?

Hoje pela manhã eu estava em uma ligação telefônica (sim, eu ainda faço ligações! rs) por motivos profissionais. Após um questionamento feito por mim, vem a resposta do interlocutor.

– Mário, isso sempre foi assim, replicou o interlocutor.

Se você já assistiu ao filme Hancock (estrelado por Will Smith), você deve se lembrar dos efeitos que a expressão “asshole” (em tradução livre – babaca) causava no personagem principal. Hancock tinha um ataque de revolta e fúria. Pois bem, a expressão “sempre foi assim” me causa um sentimento bem similar.

Diferente de Hancock, não tenho força sobre humana, tampouco superpoderes para voar. Por essas razões, ao ouvir o “sempre foi assim” ao telefone, respirei fundo e vi uma excelente oportunidade para praticar a tolerância, especialmente em tempos tão acalorados (embora o inverno aqui em SP já esteja dando as caras) de discussões virtuais.

– Que tal dessa vez a gente tentar de um jeito melhor, em vez do jeito que sempre foi? Devolvi ao interlocutor.

Após uma típica gaguejada de quem perdeu os argumentos na batalha do convencimento, o interlocutor se deu por vencido e ouviu a minha sugestão. Talvez você, leitor, tenha achado um pouco (ou muito, não sei) arrogante de minha parte falar em “jeito melhor”. Mas eu tinha convicção de que era melhor mesmo (baseado em fatos, não em sentimentos).

A retórica do “sempre foi assim” está em todo lugar. Parece-me que o ser humano se sente intimidado em contestar/desafiar um evento que, desde que se tem notícia, sempre foi assim. O medo de ficar destacado da multidão que abraça o consenso (ou a maioria) paralisa grande parte das pessoas. Talvez essa realidade nunca mude, mas você deveria impedir que esse tipo de medo te impeça de colocar suas convicções em prática, acredite ;-)

Quando o assunto é concurso Receita Federal, a maldita retórica não se abstém de provocar seus danos. Desde 2014 não temos concurso para esse órgão tão cobiçado pelo público concurseiro, notadamente a turma da área fiscal.

Nos últimos anos, foram realizados certames em 2005/2006, 2009/2010 e 2014. Intervalos de 3 a 4 anos, em média. Nesse contexto, a turma do “sempre foi assim” se encoraja em bradar (ou melhor, palpitar) que 2018 será o ano de próximo concurso. Afinal, você já sabe, né, “sempre foi assim”.

A essa altura do texto, você já deve ter percebido que não gosto da turma do “sempre foi assim”. Eles acertam? É claro que sim. Mas, erram bem mais do que acertam. Hoje, após muitos erros e acertos (ufa! rs), vejo que o segredo do sucesso (além da constância no objetivo, não resisti ao trocadilho, hehe) está em acertar mais do que errar. Se você se arrisca, estará sujeito ao erro, isso é inevitável. Mas, veja que maravilha, quem se arrisca também corre o tremendo “perigo” de acertar (muitas vezes, em cheio, especialmente quando se busca fugir do “sempre foi assim”).

Temos um artigo completo caso queira saber sobre  mais sobre o concurso Receita Federal.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja os comentários
  • Bom dia Mário! Ótimo texto que rompe com a idéia de permanência das coisas. Infelizmente nosso país passa por um momento terrível e a área de concursos também foi atingida.
    Hamilton em 20/08/18 às 10:41
  • Bom dia, Mario. Agradeço pelas informações e pela motivação. Grande abraço. Ótimo texto. Ótimo vídeo.
    Sérgio Porto da Luz em 24/05/18 às 06:35
  • Valeu Professor Mário!!! Em busca da perfeição .... kkkk ;) ... até passar !
    KARIN SB em 23/05/18 às 15:42
  • Sempre foi assim? rsrsrs Político corrupto sendo preso, rico que comete crime sendo preso? Não. Não era assim. Por isso, estou aproveitando para estudar sem a pressão de ter o concurso esse ano. É muito conteúdo. Com certeza haverá concurso, porque arrecadar é necessário, é fundamental. Logo, chega de papo e vamos estudar. rsrsrs
    Adriana em 23/05/18 às 15:32
  • Excelente texto professor, e concordo com o senhor. Hoje o "o sempre foi assim" está associado ao " politicamente correto", lamentável. Obrigada! Diuly Ferreira
    Diuly Ferreira Biberg em 23/05/18 às 10:00
  • Bom dia Mário! Gostei bastante dos seus comentários, que na verdade são exatamente os que tenho em mente! Parabéns!
    MARCIO DANTAS em 23/05/18 às 09:38
  • Bom Dia, Professor!! Gostei da mensagem, temos de buscar sempre a perfeição mesmo parecendo/sendo inatingível.. Vamos correr que ainda podemos chegar competitivos no próximo concurso.
    Martileudo Sousa em 23/05/18 às 09:34
  • Interessantíssima e mais do que importante sua narratica, Mário. Estou em vias de me lançar nessa jornada diante a Receita Federal, emobora saiba que se trata de uma longa e dolorosa caminhada, ainda mais se é professor e se está em meio a um processo de doutorado. Bora andar ... abraços
    flavio em 22/05/18 às 20:39
  • adorei o vídeo!!!!!!! vou adorar mais ainda se você acertar a previsão! :D
    Larissa em 22/05/18 às 19:00
  • Alguma promoção no pacote completo de Auditor da Receita Federal? Estou bastante interessado.
    Luis Paulo Mendes em 22/05/18 às 18:24
  • Alguma promoção no pacote completo de ARFB? Estou muito interessado!
    Luis Paulo Mendes em 22/05/18 às 18:18
  • Boa tarde, Professor Mário ! Muito obrigada pelo seu posicionamento. Estou terminado o Ciclo Básico e espero com fé que o próximo Concurso para AFRFB seja mesmo somente no ano de 2019 !! Desejo força total a todos os concurseiros de plantão, mas também desejo a você, sempre, muito SUCESSO ! Um abraço a todos !
    Raquel Bubulla em 22/05/18 às 17:33
  • Muito bom !
    Alvaro Junior em 22/05/18 às 15:04
  • favor,quando será o próximo concurso do fisco!!! Em Goiânia! FISCO ESTADUAL Grta!
    GISELE GIGLIO em 22/05/18 às 12:04
  • Mais um texto essencial, reflexões importantes que sempre auxiliam.
    Roger em 22/05/18 às 11:35