Concurso Polícia Civil PE: secretarias prorrogam certame e alteram comissões
Coordenação

Concurso Polícia Civil PE: secretarias prorrogam certame e alteram comissões

Em 27 de dezembro de 2019 as secretarias de administração e defesa social de Pernambuco prorrogaram por mais dois anos a validade do último concurso da Polícia Civil PE, realizado em 2016 e homologado em 2018.

Agora, em 2020, as comissões coordenadores destes certames foram alteradas devido às movimentações de pessoal, ou seja, aposentadorias, exonerações, entre outros.

Ainda em julho de 2019, o governador do Estado, Paulo Câmara, assinou a convocação de 511 candidatos da segunda turma de aprovados no concurso Policia Civil PE, que iniciaram o curso de formação em agosto do mesmo ano.

O governador de Pernambuco informou sobre o grande déficit na área de segurança pública do estado e sua pretensão de realizar anualmente um concurso da PC PE, visando repor os cargos deixados por servidores aposentados.

Neste artigo você encontra informações sobre a convocação e tudo o que rolou no último certame. Confira os tópicos:

Status atual do concurso Polícia Civil PE

As secretarias de administração e defesa social anunciaram, no mês de dezembro de 2019, a prorrogação da validade dos concursos que ofertaram vagas para os cargos de Delegado de Polícia Civil, Perito Papiloscopista, Auxiliar de Perito e Médico Papiloscopista da Polícia Civil de Pernambuco.

Com a medida, os últimos concursos da instituição, que tiveram seus editais publicados no dia 04 de abril de 2016 e foram homologados em 26 de janeiro de 2018, serão prorrogados em mais dois anos.

Agora, em 2020, as comissões organizadoras dos certames foram atualizadas e modificadas por motivos de movimentações de pessoal, conforme você vê abaixo:

Em 2018, o quadro de policias também recebeu reforço, com a convocação de mais de 1,2 mil candidatos. Sendo 822 para a Polícia Civil e 392 da Polícia Científica.

O quantitativo de cargos vagos do quadro efetivo da segurança pública, por questão de sigilo, não é divulgado.

Governador afirma necessidade de concurso anual

Em agosto de 2017, o governador do estado de Pernambuco, Paulo Câmara, informou que existia um grande déficit na área de segurança pública do estado e que pretendia, a partir de 2018, realizar anualmente o concurso Polícia Civil PE para repor os cargos deixados por servidores aposentados.

“Nosso intuito é que todo ano tenha concurso, com número menor de vagas, evidentemente, mas para repor as pessoas que vão se aposentando. Para que a gente não tenha ‘claros’, como está ocorrendo agora, que terminou sendo ruim diante do aumento da violência no estado”, disse o governador em solenidade de abertura do curso de formação profissional da Polícia Civil e Polícia Científica, de 1.283 alunos convocados, em outubro de 2017.

Por isso, um novo certame pode ser autorizado em 2020 para os cargos que não tiveram sua data de validade prorrogada. Tudo depende de orçamento para que seja realizado mais um Concurso PC PE.

Requisitos dos cargos do concurso Polícia Civil PE

Delegado:

  • Diploma de curso de nível superior de bacharelado em Direito;
  • Carteira Nacional de Habilitação, no mínimo, categoria B;
  • Três anos de prática jurídica ou atividade policial, comprovada no ato da posse, por intermédio de documentos e certidões.

Escrivão:

  • Diploma de curso de nível superior em qualquer área de formação;
  • Carteira Nacional de Habilitação, no mínimo, categoria B.

Agente:

  • Diploma de curso de nível superior em qualquer área de formação;
  • Carteira Nacional de Habilitação,no mínimo, categoria B.

O último concurso Polícia Civil PE

Organizado pelo Cespe, em 2016, o último concurso Polícia Civil PE trouxe a oferta de 650 vagas, distribuídas entre os cargos de Delegado, Agente e Escrivão:

  • Agente de Polícia: 500 vagas, sendo 15 reservadas para candidatos com deficiência
  • Delegado de Polícia: 100 vagas, sendo 3 reservadas para candidatos com deficiência
  • Escrivão de Polícia: 50 vagas, sendo 2 reservadas para candidatos com deficiência

A taxa de inscrição ficou fixada no valor de R$ 200,00 para o cargo de Delegado e R$ 160,00 para Agente e Escrivão.

Concurso Polícia Civil PE: Atribuições dos cargos

AGENTE DE POLÍCIA

  • Praticar os atos de Polícia Judiciária definidos na esfera de sua competência técnica e funcional pelo Código de Processo Penal e por outras normas que regem essa atividade, inclusive técnicas e éticas, mediante determinação da Autoridade Policial;
  • Cumprir mandados judiciais e custodiar presos;
  • Dirigir veículos policiais automotores em atividades pertinentes aos serviços policiais;
  • Operar equipamentos computacionais e de comunicação, bem como armamentos policiais;
  • Manter o sigilo necessário à elucidação dos fatos e às investigações, dentre outras determinadas pelas autoridades competentes.

DELEGADO DE POLÍCIA

Dirigir, supervisionar, coordenar, planejar, orientar, executar e controlar a administração policial civil estadual, bem como as investigações e operações policiais, além de instaurar e presidir procedimentos policiais e demais normas jurídicas pertinentes.

ESCRIVÃO DE POLÍCIA

  • Materializar os atos de Polícia Judiciária definidos na esfera de sua competência funcional pelo Código de Processo Penal e por outras normas que regem essa atividade, inclusive técnicas e éticas;
  • Assessorar, executar e controlar os trabalhos relacionados à formalização dos atos de Polícia Judiciária por determinação e orientação da Autoridade Policial a que estiver subordinado nos inquéritos policiais, sindicâncias e processos administrativos disciplinares;
  • Expedir certidões de ofício e mediante requerimento deferido pela Autoridade Policial;
  • Executar tarefas administrativas pertinentes às atividades cartorárias;
  • Responder pela guarda de bens, valores e instrumentos de crime entregues à sua custódia em razão de sua função, dando-lhes a destinação legal;
  • Proceder e manter registro atualizado das estatísticas inerentes aos trabalhos policiais do seu cargo;
  • Receber e recolher à repartição competente as importâncias ou valores relativos à fiança. Zelar pelo cumprimento dos prazos legais;
  • Proceder a outros atos de natureza tipicamente cartorária.

Remuneração oferecida no concurso Polícia Civil PE

Todos os cargos ofertados possuem jornada de trabalho de 8 horas diárias ou 40 horas semanais, ressalvadas as jornadas especiais, em regime de plantão, observando a proporcionalidade limite de 1/3 (uma hora de trabalho, para três de descanso).

A remuneração foi de R$ 9.069,81 para o cargo de Delegado de Polícia e de R$ 3.276,42 para os cargos de Escrivão e Agente de Polícia.

Etapas do Concurso Polícia Civil PE

O último concurso Polícia Civil PE contou com duas etapas, compostas pelas seguintes fases:

1ª etapa

  • Prova Objetiva
  • Prova Discursiva
  • Prova prática de Digitação (ao cargo de Escrivão de Polícia)
  • Prova de capacidade Física
  • Avaliação Psicológica
  • Exame Médico
  • Investigação Criminal
  • Avaliação de Títulos

2ª etapa

  • Curso de Formação

O Curso de Formação foi realizado por meio do Campus de Ensino Recife (CERE), da Academia Integrada de Defesa Social (ACIDES). As provas objetivas e discursiva foram realizadas nas cidades de Recife/PE e sua região Metropolitana, Caruaru/PE, Serra Talhada/PE e Petrolina/PE.

As demais fases da primeira etapa, a segunda etapa e a perícia médica dos candidatos que se declararam com deficiência, foram realizadas na cidade de Recife/PE e sua região Metropolitana.

Provas do concurso Polícia Civil PE

Prova Objetiva e Discursiva

A prova objetiva foi julgada pelo quesito de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório. Confira abaixo a tabela:

AGENTE DE POLÍCIAESCRIVÃO DE POLÍCIADELEGADO DE POLÍCIA
Conhecimentos Gerais – 20Conhecimentos Gerais – 20 Conhecimentos Específicos – 100
Conhecimentos Específicos – 40Conhecimentos Específicos – 40

Prova Discursiva

Para os cargos de Agente e Escrivão, a prova discursiva valeu 20 pontos e consistiu de redação de texto dissertativo, de até 30 linhas, acerca de tema da atualidade. As provas objetivas e discursiva tiveram duração de 5 horas e foram aplicadas no turno da manhã.

Para o cargo de Delegado a composição ocorreu em duas partes, a primeira sendo de duas questões dissertativas, de até 10 linhas, valendo 10 pontos cada. A segunda foi uma peça de natureza cautelar, de até 60 linhas, no valor de 30 pontos. O conhecimento cobrado foi “Direito Penal e Direito Processual Penal”.

A prova objetiva para o cargo de Delegado teve duração de 5 horas e foi aplicada no turno da manhã. Já a prova discursiva teve duração de 4 horas e ocorreu no turno da tarde.

Prova de Capacidade Física

A prova de capacidade física, de caráter eliminatório, foi composta das seguintes avaliações:

  • flexão de braço na barra fixa (masculino) e estático de barra (feminino)
  • impulsão horizontal (masculino e feminino)
  • natação (masculino e feminino)
  • corrida de 12 minutos (masculino e feminino)

Disciplinas cobradas no concurso Polícia Civil PE

Conhecimentos Gerais para o cargo de Escrivão e Agente: 

  • Português
  • Noções de Informática
  • Atualidades (somente para a prova discursiva)

Conhecimentos Específicos para o cargo de Escrivão e Agente: 

  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Direito Administrativo
  • Noções de Direito Penal
  • Noções de Direito Processual Penal

Conhecimentos Específicos para o cargo de Delegado: 

  • Medicina Legal
  • Criminologia
  • Legislação Estadual
  • Direito Penal
  • Direito Processual Penal
  • Legislação Penal e Processual Penal Extravagante
  • Direito Constitucional
  • Direito Administrativo
  • Direito Civil e Empresarial
  • Direito Tributário
  • Direito Ambiental
  • Direito Eleitoral

Concorrência do concurso Polícia Civil PE

Ofertando 650 vagas para três diferentes cargos, o último concurso Polícia Civil PE recebeu, ao todo, 53.716 inscrições. De acordo com dados disponibilizados pela banca organizadora da época, segue abaixo uma tabela com um melhor detalhamento da demanda de cada cargo:

CARGOINSCRITOSVAGASDEMANDA
Agente37.783 50075
Delegado13.667 100137
Escrivão2.266 5045
TOTAL53.716 65082

Convocações do concurso Polícia Civil PE

Em setembro de 2017, a Secretaria de Defesa Social do Governo do Estado de Pernambuco – Polícia Civil, comunicou o aumento quantitativo de candidatos a serem convocados para realizarem o Curso de Formação da Polícia Civil (Agente, Delegado e Escrivão), ficando da seguinte forma:

CARGOACRÉSCIMO DE CONVOCADOS
Agente de Polícia 120
Delegado de Polícia 40
Escrivão de Polícia 40


Quer estudar para o Concurso Polícia Civil PE?

Gostou desta oportunidade e deseja começar se preparar agora mesmo? Então, confira os nossos cursos e comece a estudar:

CURSO PC PE

Assinatura Anual Ilimitada*

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país. Assine agora a nossa Assinatura Anual e tenha acesso ilimitado* a todos os nossos cursos.

ASSINE AGORA – Assinatura Ilimitada

Fique por dentro de todos os concursos:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2020

CONCURSOS RS

Ficha técnica do concurso Polícia Civil PE.

Informações sobre o Concurso Polícia Civil PE 

Data: 2016
Cargos: Agente, Escrivão e Delegado
Escolaridade: Nível superior
Remuneração: de R$ 3.276,42 a R$ 9.069,81
Banca: Cespe/Cebraspe

Edital: Edital PC PE 2016

Ascom Estratégia
[email protected]


Compartilhe:

Veja os comentários:
Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.