7

Concurso FUNAI: PEDIDO de concurso é reiterado!

Em 2020, órgão solicitou autorização de novo concurso com 826 vagas

Aguardando autorização para realização de concurso público com 826 vagas para os níveis superior e intermediário, a Fundação Nacional do Índio (FUNAI) reiterou junto ao Ministério da Economia o pedido feito ainda em 2020.

De acordo com o presidente do órgão, Marcelo Augusto Xavier, caso não haja aval positivo da solicitação realizada anteriormente, um novo pedido com previsão de 227 vagas foi encaminhado ao Ministério, a fim de recompor, ao menos, as vacâncias no quadro de pessoal, conforme disposição do art. 8º, inciso V da Lei Complementar nº 173/2020.

Ainda segundo Xavier, o pedido de concurso “visa a recomposição da força de trabalho da Fundação, especialmente das unidades descentralizadas de Coordenações Regionais, Coordenações Técnicas Locais e Frentes de Proteção Etnoambiental, para o cumprimento de suas atribuições nas áreas finalísticas”.

Em fevereiro, o coordenador-geral de Gestão de Pessoas da Funai, Paulo Henrique de Andrade, ressaltou que uma das ações prioritárias para 2021 é “atuar com foco na aprovação da autorização de concurso público para sanar o déficit de efetivo da Funai”.

Confira neste artigo as principais informações sobre o Concurso FUNAI, bem como as expectativas e tudo o que rolou no último certame. Acompanhe os tópicos abaixo e não perca nenhum detalhe:

Status atual do Concurso Funai

Pedido de concurso reiterado

De acordo com o presidente da Funai, Marcelo Augusto Xavier, o pedido de autorização para realização de concurso público com 826 vagas, encaminhado em 2020 ao Ministério da Economia, foi reiterado. Contudo, considerando a hipótese de não ser possível a autorização da integralidade das vagas requeridas, um novo pedido com previsão de 227 vagas foi encaminhado ao referido Ministério. Destas, 69 são para nível intermediário e 158 para superior.

A apontada solicitação foi realizada com o objetivo de, ao menos, recompor as vacâncias no quadro de pessoal, levando em consideração os termos do art. 8º, inciso V, da Lei Complementar nº 173/2020.

Conforme já informado anteriormente, a seleção visa o reforço na força de trabalho da Fundação, especialmente das unidades descentralizadas de Coordenações Regionais, Coordenações Técnicas Locais e Frentes de Proteção Etnoambiental.

Havendo o aval do Ministério da Economia, segundo Xavier, “a demanda será tratada com prioridade alta no âmbito da Funai para a realização do concurso público ainda neste exercício (2021), com observância aos normativos vigentes”.

Porém, se não houver autorização do governo federal, o presidente ressaltou que já foram iniciadas as tratativas necessárias para um novo pedido de concurso público em 2022.

Coordenador fala sobre concurso da Funai

Com um pedido de novo concurso em análise, o coordenador-geral de Gestão de Pessoas da Funai, Paulo Henrique de Andrade, comentou, em entrevista realizada em fevereiro, a respeito da expectativa da seleção ser realizada em 2021.

Segundo ele, uma das ações prioritárias do setor em 2021 é “atuar com foco na aprovação da autorização de concurso público para sanar o déficit de efetivo da Funai”.

Questionado sobre as principais medidas realizadas em 2020, Paulo destacou a solicitação do certame com 826 vagas, encaminhada ao Ministério da Economia.

Além disso, também lembrou da realização do 3º Concurso Interno de Remoção que contemplou 350 vagas, sendo o primeiro a abranger todos os cargos e níveis de escolaridade da Funai.

Pedido de concurso

Em resposta ao e-SIC, solicitado pela equipe do Estratégia Concursos, foi confirmado, em 2020, o pedido de autorização para realização de concurso público à Fundação Nacional de Índio.

Após ser instruído no Ministério de Justiça e Segurança Pública, o pedido foi protocolado junto ao Ministério da Economia. De acordo com o órgão, foram solicitadas 826 vagas para nível intermediário e superior.

Apesar do alto déficit, o pedido de certame foi realizado com base em Informação Técnica elaborado por um Grupo de Trabalho, composto por servidores da Coordenação-Geral de Gestão de Pessoas e da Coordenação-Geral de Gestão Estratégica.

Confira a distribuição das vagas solicitadas para novo concurso FUNAI:

CargoQuantidadeEscolaridade
Agente em Indigenismo502Nível intermediário
Administrador23Nível superior
Antropólogo19Nível superior
Arquiteto2Nível superior
Arquivista5Nível superior
Assistente Social40Nível superior
Bibliotecário6Nível superior
Contador16Nível superior
Economista3Nível superior
Engenheiro17Nível superior
Engenheiro Agrônomo27Nível superior
Engenheiro Florestal5Nível superior
Estatístico4Nível superior
Geógrafo3Nível superior
Indigenista Especializado112Nível superior
Médico Veterinário2Nível superior
Pesquisador11Nível superior
Psicólogo4Nível superior
Sociólogo12Nível superior
Técnico em Assuntos Educacionais2Nível superior
Técnico em Comunicação Social10Nível superior
Zootecnista1Nível superior

Último concurso Funai

Com 32.256 candidatos inscritos, o último concurso Funai aconteceu em 2016, com a oferta de 220 vagas para cargos em nível superior. As oportunidades foram para os cargos de Contador, Engenheiro Agrônomo, Engenheiro Agrimensor, Engenheiro Civil, Indigenista Especializado.

Na ocasião, a ESAF – Escola de Administração Fazendária, foi a banca organizadora do certame. Conforme o edital, os vencimentos variaram de R$ 5.345,02 a R$ 6.330,31.

Etapas do último concurso Funai

A avaliação dos candidatos foi feita a partir de provas objetivas, constituídas de 85 questões de Conhecimentos Gerais e Específicos, de caráter eliminatório e classificatório, que cobraram dos candidatos conhecimentos nas áreas de:

  • Conhecimentos Gerais (comuns a todos os cargos)
  • Língua Portuguesa
  • Raciocínio Lógico e Quantitativo
  • Direito Constitucional
  • Direito Administrativo
  • Legislação Indigenista
  • Informática Básica
  • Administração Pública
  • Conhecimentos Específicos à área de atuação do cargo

Além disso, os candidatos respondiam à questões discursivas, etapa de caráter eliminatório e classificatório. A prova foi aplicada em dia posterior ao da prova objetiva. Nesta etapa, o candidato foi avaliado por meio de uma questão de Estudo de Caso, em um mínimo de 45 e um máximo de 60 linhas.

Conheça a Fundação Nacional do Índio

Vinculada ao Ministério da Justiça, a Funai é uma instituição que tem como missão proteger e promover os direitos dos povos indígenas do Brasil. Suas atribuições incluem desde os estudos de identificação e delimitação, demarcação, regularização fundiária e registro das terras tradicionalmente ocupadas pelos povos indígenas, às ações de etno-desenvolvimento, conservação e recuperação do meio ambiente.

Cabe à FUNAI promover estudos de identificação e delimitação, demarcação, regularização fundiária e registro das terras tradicionalmente ocupadas pelos povos indígenas, além de monitorar e fiscalizar as terras indígenas.

Além disso, seu papel é promover políticas voltadas ao desenvolvimento sustentável das populações indígenas.

Nesse campo, a FUNAI promove ações de etno-desenvolvimento, conservação e a recuperação do meio ambiente nas terras indígenas, além de atuar no controle e mitigação de possíveis impactos ambientais decorrentes de interferências externas às terras indígenas.


Quer estudar para o concurso FUNAI?

Assinatura Concursos

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Sistema de Questões

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Concursos Abertos

mais de 15 mil vagas

Concursos 2021

mais de 50 mil vagas

Ficha técnica do concurso Funai

Informações do Concurso FUNAI

CONCURSO SOLICITADO

  • Data prevista: 2021
  • Vagas: 826
  • Cargos: Diversos
  • Banca: A definir
  • Escolaridade: Nível intermediário e superior

ÚLTIMO CONCURSO

  • Data: 2016
  • Vagas: 164
  • Cargos: Diversos
  • Banca: ESAF
  • Escolaridade: Nível superior
  • EditalEdital Funai

Posts Relacionados

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *