Notícia

Concurso FUNAI: órgão prepara novo pedido; Saiba mais!

Em 2021, foram solicitadas 1.043 vagas

A FUNAI já elabora um novo pedido de concurso para o ano de 2023. A informação foi confirmada ao Estratégia via e-SIC.

Apesar disso, ainda não há uma previsão de quantas vagas e quais cargos serão solicitados. Vale lembrar que o prazo para que o pedido seja protocolado é até 31 de maio.

Concurso FUNAI: órgão prepara novo pedido de concurso

Em 2021, a Funai enviou ao Ministério da Economia solicitação de concurso para 1.043 vagas de níveis médio e superior.

  • Fundação Nacional do Índio – FUNAI
  • Status: novo pedido em elaboração
  • Banca: a definir
  • Vagas: a definir
  • Salário: R$ 4.891,07 a R$ 8.182,96
  • Último editalEdital Funai

Confira neste artigo as principais informações sobre o Concurso FUNAI, bem como as expectativas e tudo o que rolou no último certame. Acompanhe os tópicos abaixo e não perca nenhum detalhe:

Concurso Funai: situação atual

Solicitação de concurso 2021

Em resposta via e-SIC (Serviço de Informação ao Cidadão), a Funai informou que em 2021, solicitou ao Ministério da Economia a autorização de concurso para provimento de 1.043 vagas de nível médio e superior:

  • Nível superior:
  • Administrador;
  • Antropólogo;
  • Arquiteto;
  • Arquivista;
  • Assistente social;
  • Bibliotecário;
  • Contador;
  • Economista;
  • Enfermeiro;
  • Engenheiro;
  • Engenheiro Agrônomo;
  • Engenheiro Florestal;
  • Estatístico;
  • Geógrafo;
  • Indigenista Especializado;
  • Médico;
  • Médico Veterinário;
  • Odontólogo;
  • Pesquisador;
  • Psicólogo;
  • Sociólogo;
  • Técnico em Assuntos Educacionais;
  • Técnico em Comunicação Social e
  • Zootecnista.
  • Nível intermediário (médio/técnico):
  • Técnico em Contabilidade, e
  • Agente em Indigenismo.

O órgão afirmou, também, que a solicitação realizada em 2020 não teve aval, positivo ou negativo, do Ministério da Economia.

Sobre a Fundação Nacional do Índio

Vinculada ao Ministério da Justiça, a Funai é uma instituição que tem como missão proteger e promover os direitos dos povos indígenas do Brasil.

Suas atribuições incluem desde os estudos de identificação e delimitação, demarcação, regularização fundiária e registro das terras tradicionalmente ocupadas pelos povos indígenas, às ações de etno-desenvolvimento, conservação e recuperação do meio ambiente.

Cabe à FUNAI promover estudos de identificação e delimitação, demarcação, regularização fundiária e registro das terras tradicionalmente ocupadas pelos povos indígenas, além de monitorar e fiscalizar as terras indígenas.

Além disso, seu papel é promover políticas voltadas ao desenvolvimento sustentável das populações indígenas.

Nesse campo, a FUNAI promove ações de etno-desenvolvimento, conservação e a recuperação do meio ambiente nas terras indígenas, além de atuar no controle e mitigação de possíveis impactos ambientais decorrentes de interferências externas às terras indígenas.

Concurso Funai: carreira

Remuneração

  • Médico e Médico Veterinário – 40h
    • Inicial: R$ 8.182,96 (80 pts)
    • Final: R$ 13.292,27 (100 pts)
  • Médico e Médico Veterinário – 20h
    • Inicial: R$ 5.516,47 (80 pts)
    • Final: R$ 8.960,54 (100 pts)
  • Indigenista Especializado e cargos de nível superior
    • Inicial: R$ 5.962,87 (80 pts)
    • Final: R$ 9.518,54 (100 pts)
  • Agente em Indigenismo e cargos de nível intermediário
    • Inicial: R$ 4.891,07 (80 pts)
    • Final: R$ 6.354,60 (100 pts)

Requisitos

Engenheiro Agrônomo: Superior, em nível de graduação, concluído em Engenharia Agronômica, com registro no respectivo Conselho de classe.

Engenheiro (Área 1 – Agrimensura): Superior, em nível de graduação, concluído em Engenharia de Agrimensura, com registro no respectivo Conselho de classe.

Engenheiro (Área 2 – Civil): Superior, em nível de graduação, concluído em Engenharia Civil, com registro no respectivo Conselho de classe.

Indigenista Especializado: Superior, em nível de graduação, concluído em qualquer área.

Atribuições

Engenheiro Agrônomo: executar, supervisionar, planejar e coordenar atividades no campo de engenharia agronômica; prestar assistência técnico-gerencial em sua área de atuação; emitir laudos e pareceres; propor normas; fornecer dados estatísticos de suas especialidades; elaborar orçamentos e estudos sobre viabilidades econômicas e técnicas e o exercício de outras atividades reconhecidas como do profissional de Engenharia Agronômica.

Engenheiro (Área 1 – Agrimensor): executar, supervisionar, planejar e coordenar atividades no campo de engenharia de agrimensura; realizar levantamentos topográficos, batimétricos, geodésicos e fotogramétricos bem como a locação de sistemas de saneamento, irrigação e drenagem, traçado de cidades, estradas e seus serviços afins e correlatos; proceder vistorias, perícias, avaliações, arbitramentos, laudos e pareceres técnicos relativos a terrenos rurais e urbanos; elaborar projetos e executar serviços de loteamento, desmembramento e remembramento do solo urbano e o exercício de outras atividades reconhecidas como do profissional de Engenharia de Agrimensura.

Engenheiro (Área 2 – Civil): executar, supervisionar, planejar e coordenar atividades no campo de engenharia civil; elaborar projetos e especificações; supervisionar, planejar e coordenar a execução de obras, construção, reformas ou ampliação de prédios necessários às atividades do serviço; desenvolver estudos para a racionalização de processos de construção; prestar assistência técnico-gerencial em sua área de atuação; emitir laudos e pareceres; propor normas; fornecer dados estatísticos de sua especialidade elaborar orçamentos e estudos sobre viabilidades econômicas e técnicas e o exercício de outras atividades reconhecidas como do profissional de Engenharia.

Indigenista Especializado: atividades especializadas de promoção e defesa dos direitos assegurados pela legislação brasileira às populações indígenas, sua proteção e melhoria da qualidade de vida; realização de estudos voltados à demarcação, regularização fundiária e proteção de suas terras; regulação e gestão do acesso e do uso sustentável das terras indígenas; formulação, articulação, coordenação e implementação de políticas dirigidas aos índios e suas comunidades; planejamento, organização, execução e avaliação de atividades inerentes à proteção territorial e ambiental das terras indígenas; acompanhamento e fiscalização das ações desenvolvidas em terras indígenas ou que afetem direta ou indiretamente os índios e suas comunidades; estudos e pesquisas sobre a história dos povos indígenas e do indigenismo; bem como atividades administrativas e logísticas, de nível superior, inerentes às competências institucionais do órgão indigenista e da unidade de lotação.

Concurso Funai: última seleção

Com 32.256 candidatos inscritos, o último concurso Funai aconteceu em 2016, com a oferta de 220 vagas para cargos em nível superior.

Na ocasião, a ESAF – Escola de Administração Fazendária, foi a banca organizadora do certame.

Cargos do último concurso FUNAI

Etapas do último concurso Funai

  • Provas Objetivas, de Conhecimentos Gerais e Específicos, de caráter seletivo, eliminatório e classificatório, valendo, no máximo, 170 pontos ponderados;
  • Prova Discursiva, de caráter seletivo, eliminatório e classificatório, valendo, no máximo, 100 pontos.

Prova Objetiva

A avaliação dos candidatos do concurso FUNAI foi feita a partir de provas objetivas, constituídas de 85 questões de Conhecimentos Gerais e Específicos, de caráter eliminatório e classificatório, que cobraram dos candidatos conhecimentos nas áreas de:

  • Conhecimentos Gerais (comuns a todos os cargos)
  • Língua Portuguesa
  • Raciocínio Lógico e Quantitativo
  • Direito Constitucional
  • Direito Administrativo
  • Legislação Indigenista
  • Informática Básica
  • Administração Pública
  • Conhecimentos Específicos à área de atuação do cargo

Prova discursiva

Além disso, os candidatos responderam à questões discursivas, etapa de caráter eliminatório e classificatório. A prova foi aplicada em dia posterior ao da prova objetiva. Nesta etapa, o candidato foi avaliado por meio de uma questão de Estudo de Caso, em um mínimo de 45 e um máximo de 60 linhas.


Quer estudar para o concurso FUNAI?

Concursos Públicos

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Quer saber tudo sobre concursos previstos?
Confira nossos artigos!

Ficha técnica do concurso Funai

Informações do último concurso Funai

  • Data: 2016
  • Vagas: 164
  • Cargos: Diversos
  • Banca: ESAF
  • Escolaridade: Nível superior
  • EditalEdital Funai

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja os comentários
  • Existem dois pedidos realizados ao MPOG e este que aparece na imagem da matéria é para realização de um novo certame! Para a autorização de nomeação dos aprovados no último certame, existe um outro número de protocolo: 03000001973201719 Bons estudos!
    Natália Scarano em 08/08/17 às 11:30
  • estratégia, Tenho quase certeza que esse processo no mpog se refere à autorização orçamentária da Nomeação dos aprovados no concurso do ano passado, e não à abertura de novo concurso. Se informem melhor.
    anônimo em 08/08/17 às 11:15
  • olá, o curso está 100% focado no edital ou vou precisar buscar em outros materiais uma complementação?
    Luan em 02/05/16 às 17:28
  • Quem é formado em pedagogia pode fazer esse concurso?
    Rayane Lima em 29/04/16 às 20:46
  • Só para constar, Manaus e Tabatinga Realmente ficam no Amazonas(AM), porém Belém é no Pará (PA).
    Lucibelle Fernandes em 29/04/16 às 10:01
  • Olá Emela! Já estão disponíveis. Confira : https://www.estrategiaconcursos.com.br/cursosPorConcurso/funai/ Att, Coordenação
    Coordenação em 25/04/16 às 05:45
  • Quando vai ter o curso para comprar?
    Emela em 24/04/16 às 23:17