0

Concurso ADEPARÁ: Comissão formada; Confira mais detalhes!

Um novo processo seletivo para a Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (ADEPARÁ) poderá ser realizado ainda em 2021! Isso porque, o diretor-geral, Jamir Junior Paraguassu Macedo, admitiu a importância de contratação de servidores temporários para suprir demandas do órgão.

Agora, foi formada a Comissão que vai planejar, coordenar e executar o novo processo seletivo ADEPARÁ. Confira mais detalhes na aba ‘Situação atual‘.

Vale acrescentar que o último edital foi publicado há três anos, em 2018, sob responsabilidade do Instituto AOCP. Na ocasião foram ofertadas de 50 vagas para os cargos de Agente Fiscal Agropecuário, Fiscal Estadual Agropecuário e Fiscal Estadual Agropecuário. As remunerações variaram entre R$ 1.489,86 e R$ 3.486,71.

Enquanto novos detalhes sobre o futuro edital não são revelados, acompanhe neste artigo as principais informações e etapas sobre o concurso ADEPARÁ.

Situação atual do concurso ADEPARÁ

O diretor-geral, Jamir Junior Paraguassu Macedo, admitiu a importância de contratação de servidores temporários para suprir demandas do órgão.

Por isso, o edital de um novo processo seletivo deve ser publicado em breve. A Comissão de acompanhamento já está formada. Confira abaixo os membros escolhidos:

  • I – Mauro Augusto Fadul Neves, matrícula 5861870/3, Fiscal Estadual Agropecuário;
  • II – Maria José Santos Melo da Silva, matrícula 57176268/2, Assistente Administrativo;
  • III – Danyelle Cristina Ferreira Negrão Farias, matrícula 5917660/2, Gerente;
  • IV – Adriane Morais de Farias da Luz, matrícula 55588170/1, Fiscal Estadual Agropecuário;
  • V – Sumaya Emília Martins Paulino, matrícula 54196692/1, Fiscal Estadual Agropecuário.

Cargos e vagas do concurso ADEPARÁ

Ainda que o quantitativo de vagas não tenha sido anunciado, o futuro edital poderá contemplar as mesmas vagas ofertadas no último edital, para Agente Fiscal e Fiscal Estadual, em diversas especialidades. Confira detalhes sobre esses cargos:

Atribuições dos cargos

Fiscal Estadual Agropecuário – Agronomia: supervisionar, fiscalizar, planejar, coordenar, executar, controlar e avaliar ações sanitárias para promoção, prevenção e manutenção da sanidade vegetal nas pragas de importância para a agricultura; fiscalização e inspeção no comércio de vegetais, de produtos e de subprodutos de origem vegetal destinados ao comércio estadual, com aplicação de medidas para prevenção e manutenção da sanidade vegetal e da saúde humana; identificação e classificação de vegetais e seus produtos.

Fiscal Estadual Agropecuário – Medicina Veterinária: supervisionar, fiscalizar, planejar, coordenar, executar, controlar e avaliar ações sanitárias para promoção, preservação e manutenção da saúde animal nas principais doenças transmissíveis; fiscalização da comercialização de produtos de uso veterinário e insumos pecuários; inspeção e fiscalização industrial e sanitária de produtos de origem animal e seus derivados destinados ao comércio intraestadual, com aplicação de medidas para prevenção e manutenção da saúde animal e humana.

Agente Fiscal Agropecuário: auxiliar a execução especializada das ações de defesa sanitária animal e vegetal; auxiliar na classificação de produtos, subprodutos e resíduos de valor econômico; auxiliar na identificação e na classificação da madeira; atuar em postos de fiscalização zoofitosanitária e/ou unidades de fiscalização móvel e estabelecimentos que recebem, manipulam, beneficiam, industrializam, armazenam e comercializam produtos e derivados de origem animal e vegetal.

Principais requisitos do cargo

Fiscal Estadual Agropecuário – Agronomia: diploma do curso de graduação de nível superior em Agronomia expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação – MEC + Habilitação profissional: registro no órgão de classe.

Fiscal Estadual Agropecuário – Medicina Veterinária: diploma do curso de graduação de nível superior em Medicina Veterinária expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação – MEC + registro no órgão de classe.

Agente Fiscal Agropecuário: certificado de conclusão de curso do ensino médio, com curso profissionalizante de Técnico Agrícola ou de Técnico em Agropecuária expedido por instituição de ensino devidamente reconhecida por órgão competente.

Último concurso Adepará

O último edital do concurso da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará foi publicado em 2018, sob organização do Instituto AOCP. Na época, foram ofertadas 50 vagas para os cargos de Agente Fiscal Agropecuário e Fiscal Estadual Agropecuário, sendo:

  • 03 vagas (ampla concorrência): Fiscal Estadual Agropecuário – Agronomia;
  • 10 vagas (ampla concorrência): Fiscal Estadual Agropecuário – Medicina Veterinária; e
  • 37 vagas (ampla concorrência e PcD): Agente Fiscal Agropecuário.

Na ocasião, a remuneração ofertada foi de R$ 1.489,86 para o cargo de Agente Fiscal Agropecuário e R$ 3.486,71 para os cargos de Fiscal Estadual Agropecuários. O resultado final e a homologação aconteceram em dezembro de 2018.

Etapas do último concurso Adepará

O último concurso Adepará foi composto pelas fases de provas conforme a seguir:

  • Prova objetiva para todos os cargos, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Prova discursiva para todos os cargos, de caráter eliminatório e classificatório; e
  • Avaliação de títulos apenas para os cargos de nível superior, de caráter meramente classificatório.

Prova Objetiva

A Prova Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, foi composta por 50 questões de múltipla escolha, sendo 20 de conhecimentos básicos e 30 de conhecimentos específicos, cinco alternativas em cada questão, sendo 1 (uma) única resposta correta.

  • 06 questões – Língua Portuguesa;
  • 06 questões – Ética e Qualidade no Serviço Público;
  • 05 questões – Legislação Geral;
  • 03 questões – Noções de Informática.

Para ser considerado habilitado, o candidato devia obter 50% ou mais do total de pontos previstos na prova objetiva, além de não zerar na disciplinas de Língua Portuguesa.

Prova Discursiva

A Prova Discursiva teve como objetivo avaliar os conhecimentos específicos pertinentes a cada cargo, constantes do conteúdo programático e, ainda, a capacidade de expressão na modalidade escrita e o uso das normas do registro formal culto da Língua Portuguesa.

O candidato devia obter 60% da pontuação máxima para esta etapa, ou seja, 6,00 pontos ou mais do total de pontos.

Avaliação de Títulos

A Prova de Títulos foi avaliada numa escala de 0 a 3,00 pontos. A etapa de Títulos teve valor máximo de 3,00 pontos, ainda que a soma dos valores dos títulos e dos documentos apresentados fosse superior a este valor.

Avaliação de Títulos do concurso Adepará 2018

Quer estudar para o concurso Adepará?

Assinatura Concursos

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Sistema de Questões

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Concursos Abertos

mais de 15 mil vagas

Concursos 2021

mais de 50 mil vagas

Ficha do concurso Adepará

Informações do próximo concurso Adepará

  • Previsão: 2021
  • Vagas: a definir
  • Cargo: a definir
  • Escolaridade: níveis médio e superior
  • Banca: a definir
  • Último edital: Edital Adepará 2018

Posts Relacionados

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *