Como fui aprovado no ICMS SC em 10 meses – Minha trajetória
George Guedes

Como fui aprovado no ICMS SC em 10 meses – Minha trajetória

Fala, pessoal. Tudo bem? Meu nome é George Guedes, tenho 23 anos e sou formado em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Fui aprovado para o cargo de Auditor Fiscal da Receita Estadual de Santa Catarina (ICMS SC), na área de Auditoria e Fiscalização, com 10 meses de preparação. Nesse artigo eu vou compartilhar com vocês um pouco de como foi minha trajetória

Um pouco de mim

Desde pequeno meus pais me incentivavam a estudar e a tratar os estudos como prioridade. Estudei da 5ª série ao 3º ano do ensino médio no Colégio Militar do Recife e sempre fui muito dedicado nos estudos. Meu boletim costumava vir com boas notas! As pessoas me diziam que eu iria ser bom no que eu quisesse porque eu era inteligente e tinha facilidade de aprender. Por muito tempo eu acreditei nisso e realmente achava que eu tinha algo de especial que as outras pessoas não tinham, que me colocava em posição de vantagem.

Conclui o ensino médio em 2012 e em 2013 iniciei o curso de Ciência da Computação. Foi aí que a magia se quebrou. Eu não me identifiquei de cara com o curso e passei a não ter um desempenho tão bom quanto eu imaginava que teria. Fui pra final em algumas cadeiras e acabei atrasando o curso por um semestre. A ficha acabou caindo pra mim: eu não tinha nada de especial. Eu era esforçado e tinha disciplina durante a época de escola: enquanto alguns estavam jogando videogame, eu estava estudando e mantendo os assuntos em dia para as provas. Era isso o que me diferenciava dos demais. Na universidade, eu não me sentia motivado. Deixava pra estudar de véspera e meu desempenho deixava a desejar. Simples assim.

A fase concurseira

Terminei a graduação em dezembro de 2017 e a única certeza que eu tinha é a de que não queria trabalhar na área. Fui pesquisar sobre o mundo dos concursos públicos e foi aí que descobri o Estratégia. Vi que existiam outros cursos no mercado, mas a corujinha se destacava pelos índices de aprovação. Conversei com meus pais e eles me apoiaram na escolha de me dedicar exclusivamente aos estudos para concurso.

Pesquisei bastante e descobri área fiscal. Era muito comum ver pela internet que, na média, as pessoas demoravam cerca de 2 a 3 anos para conseguirem a aprovação. Alguns passavam com menos tempo, mas eram exceções. Só que eu queria ser uma dessas exceções e estava disposto a me dedicar e fazer de tudo para encurtar ao máximo a minha vida de concurseiro.

No dia 15 de janeiro de 2018 comecei o programa de coaching aqui no Estratégia com foco no concurso de Auditor Fiscal da Receita Federal e iniciei os estudos: foi meu primeiro contato com as matérias. O coach Charles Souza me acompanhou durante esse período. O coaching foi essencial pra mim porque me deu o direcionamento que eu precisava sobre o que e como estudar, me ajudando a evitar alguns erros comuns que os alunos acabam cometendo no início da preparação. Estudei exclusivamente pelo curso regular AFRFB daqui do site. Seguia religiosamente o ciclo de estudos e as revisões de 24h, 7 dias e 30 dias. Estudava cerca de 6 a 7 horas líquidas por dia, descansando aos domingos.

É engraçado que tudo no começo é muito sofrido. Sabe quando a pessoa começa a malhar na academia e fica tão dolorido que não consegue nem esticar o braço? Nos estudos é a mesma coisa. No começo parece que o tempo não passava, estudar 1h de uma matéria parecia uma eternidade. A sensação de que aquilo nunca iria entrar na minha cabeça, de que não iria conseguir decorar tudo para a prova. Era tudo muito novo e eu não estava acostumado a estudar as matérias de direito, contabilidade… nunca tinha estudado nada parecido na vida.

Com o tempo fui pegando o ritmo e me acostumando. Estudar já estava entrando no modo automático, eu nem me questionava muito sobre cansaço, preguiça… simplesmente abria a planilha de estudos e fazia o que tinha de ser feito. E assim fui progredindo e finalizando disciplinas. Quando terminava uma matéria, ficava estudando em modo de revisão pelo passo estratégico e via questões.

No final de julho de 2018 o concurso do ICMS SC foi autorizado e eu conversei com o meu coach para focar nessa prova. Eu ainda não tinha terminado de estudar contabilidade e tinha mais algumas matérias que sequer tinha começado. Meu ciclo de estudos foi reajustado: foram adicionadas algumas disciplinas do pré-edital e removidas as matérias específicas da Receita Federal. Continuei firme.

Aproximadamente 1 mês e meio depois, em meados de setembro, o edital saiu e aí percebi que a corrida estava chegando na reta final. Passei a acordar religiosamente às 5h30 da manhã, aumentei meus estudos em 2h líquidas por dia e passei a estudar pelo menos um turno no domingo. Intensifiquei mais ainda meus estudos pelo passo estratégico: comecei a usar as estatísticas de cobrança da banca ao meu favor, dando prioridade na revisão e resolução de exercícios dos assuntos mais cobrados.

A  prova aconteceu nos dias 17 e 18 de novembro, exatos 10 meses e 2 dias de quando iniciei minha preparação. Estudei no avião, no hotel e no intervalo entre as provas. Sei que algumas pessoas preferem não estudar quando está próximo da prova, mas pra mim foi o que funcionou! Esses estudos de véspera me ajudaram a relembrar vários detalhes que foram alvo de cobrança nas questões.

Para resumir essa seção, segue uma linha do tempo com os principais marcos da minha preparação:

A aprovação

Quando saí da prova, eu não tinha noção se ia dar pra passar ou não. O gabarito preliminar saiu enquanto eu estava no voo de volta para Recife e assim que o avião aterrissou, sentei na praça de alimentação do aeroporto e fui corrigir minhas respostas. Vi que tinha acertado 85%. Coloquei meu gabarito num desses sites de ranking e eu estava dentro das vagas! Fiquei muito feliz, mas continuei tenso até o dia em que o resultado foi divulgado. Finalmente o dia chegou e, para minha alegria, eu estava em 29º das 60 vagas!

Foi aí que passou um curta metragem na minha cabeça. Um timelapse de todo aquele estudo religioso, acordando cedo todos os dias no pós-edital, as pausas rápidas para o almoço com pouco tempo de descanso, o estudo estratégico… todas essas coisas que ninguém que estava de fora via. Tudo aquilo tinha sido para um propósito, e o propósito era esse! Ver meu nome na lista dos aprovados!

Uma última coisa…

Pessoal, é verdade que existem algumas coisas mais prováveis que outras. É comum escutarmos, por exemplo, que é improvável que você passe com pouco tempo de estudo ou que é difícil conciliar os estudos com o trabalho. Isso é dito porque é o que acontece com a maioria das pessoas. Mas isso não quer dizer que você não pode conseguir! Você não precisa ser extraordinário para ser uma exceção, basta ter disciplina e foco! Não deixe que o que é dito como improvável se transforme numa verdadeira barreira que te impeça de conseguir seu sonho. Quer ser um ponto fora da curva? Faça por onde. Sonhe e lute! A vitória vai chegar.

Abraço!

George Guedes


Posts Relacionados

Compartilhe:

George Guedes

George Guedes

Graduado em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Aprovado para o cargo de Auditor Fiscal da Receita Estadual de Santa Catarina (ICMS-SC 2018, área Auditoria e Fiscalização, 29º colocado).

Veja os comentários:
Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.