Artigo

Como estudar Inglês para todos os certames?

Como estudar Inglês para todos os certames?

Hi class,

 

Muitos alunos tem me perguntado: Como estudar Inglês para certames diversos?, e mais que isso, como adquirir vocabulário e não esquecer, principalmente quem é principiante. Então resolvi escrever esse artigo para passar para vocês várias dicas que tem ajudado a muitos.

 

Não confunda o Inglês para concurso com o Inglês que se estuda para aprender a falar a Língua. No Inglês para concursos, você não precisa se preocupar com listening (escutar) e nem com speaking (falar e pronúncia). Você só precisa entender o texto e as questões a fim de encontrar a resposta correta. Por outro lado, o vocabulário do Inglês para concurso é mais difícil, visto que é um vocabulário técnico e formal.

 

Muitas palavras nos textos não são usadas no Inglês falado do dia a dia. O vocabulário varia dependendo da área e do certame. Por exemplo, o vocabulário que se estuda para uma prova do ENEM é em alguns aspectos diferente daquele que cae nas provas da ANPAD, pois este é bem mais avançado.

 

Mas infelizmente o que ainda acontece é que muita gente, ainda sem orientação, fica estudando lendo gramática ou fazendo cursinho de línguas. O propósito do Inglês para concurso é diferente. O que você precisa é aprender e treinar interpretação de textos.

 

O primeiro passo para interpretar bem um texto é entendê-lo. E para entender um texto que não está em sua língua materna, você precisa conhecer o vocabulário. Isso significa não apenas aprender palavras novas, mas também lembrar as que você já aprendeu. Uma grande ajuda são os cognatos verdadeiros: quando você estiver diante de um texto de Língua Inglesa, sempre observará que existem palavras similares à Língua Portuguesa e que realmente são o que parecem ser. Essas são as chamadas cognatos verdadeiros ou true friends (verdadeiros amigos). Veja no exemplo abaixo os cognatos verdadeiros em negrito.

 

Is there anyone out there who thinks that we are confused about who the enemies are?” Obama continues. “If the implication is that those of us up here… aren’t taking the fight seriously, that’d come as a surprise to those who’ve spent the last 7.5 years” fighting Isis. (The Guardian)

Existe alguém lá fora que pensa que estamos confusos sobre quem são os inimigos? ” continua Obama. “Se a implicação é que aqueles de nós aqui em cima … não estão levando a luta seriamente, isso tem sido como uma surpresa para aqueles que tem passado os últimos 7 anos e meio ” lutando contra o Isis.

 

Power is at the core of feminist theories of sexual harassment, although it has rarely been measured directly in terms of workplace authorityPopular characterizations portray male supervisors harassing female subordinates, but power-threat theories suggest that women in authority may be more frequent targets. (Sage Journals)

O poder é o âmago das teorias feministas de assédio sexual, embora raramente tenha sido medido diretamente em termos de autoridade no local de trabalho. As caracterizações populares retratam supervisores do gênero masculino que assediam seus subordinados do gênero feminino, mas as teorias de ameaça de poder sugerem que as mulheres em autoridade podem ser alvos mais freqüentes.

 

Como você pode observar, com os cognatos verdadeiros você não precisa se preocupar, pois eles são a maioria. O que mais confunde os alunos são os Falsos Cognatos: São também conhecidos como False Friends (Falsos amigos). A boa notícia é que eles são a minoria, então isso facilita para conhecê-los, e é importante que você os reconheça, pois justamente por serem a minoria, é que os falsos cognatos são explorados pelas bancas nas questões, veja abaixo alguns dos falsos amigos que não são o que parecem ser:

Pretend = fingir

 

He pretends to be a doctor.

Ele finge que é medico.

 

A palavra que significa pretender é Intend.

 

Library = Biblioteca

 

A library is not a luxury but one of the necessities of life. (Henry Beecher).

Uma biblioteca não é um luxo, mas sim uma das necessidades da vida.

 

A palavra que significa livraria é bookstore.

 

Exit = saída, sair

Actually = na verdade, na realidade, de fato

 

Actually, everyone on the bus had to exit.

Na realidade, todos no ônibus tiveram que sair/descer.

 

A palavra que significa êxito é success e para atualmente é currently.

 

Cuidado! Existem ainda alguns cognatos que são verdadeiros em alguns contextos e em outros são falsos. Veja os exemplos:

 

Officer: oficial, funcionário, fiscal, policial, presidente, diretor.

 

A customs officer had been tipped off regarding his activity.

Um fiscal alfandegário foi alertado a respeito da atividade dele.

 

I stopped and asked the two officers if there was a problem. (Dallas News)

Parei e perguntei aos dois policiais se havia um problema.

 

He was an army officer.

Ele era um oficial do exército.

 

Everyone believes that CEOs (Chief Executive Officer) can do whatever they want. (Stever Robbins)

Todos pensam que os Diretores-presidentes podem fazer tudo o que querem.

 

Veja outros exemplos no quadro abaixo:

 

CognatosSignificados
demonstrationdemonstração, manifestação
prejudiceprejuízo (em contexto jurídico), preconceito
unionunião, sindicato

 

Outra ajuda na interpretação de texto são as palavras conhecidas – sempre você observará nos textos a influência da língua inglesa na língua portuguesa, são palavras bem conhecidas e as vemos em vários lugares; por exemplo: office-boy (rapaz de recados), shopping-center (centro de compras), marketing (compra e venda)  break (uma pausa), travel (viagem), ice-cream (sorvete), lady (senhora), outdoor (cartaz de rua), work (trabalho), drink (bebida), coffee (café), upgrade (melhora), greencard (passe-livre americano). Embora não sejam cognatos,  a grande maioria de nós as conhecem. Essa é mais uma técnica que você usará na hora de interpretar:  palavras  conhecidas desde o colégio, ou por observar em propaganda, TV, músicas; você já sabe o que significam pois já está familiarizado com elas.

Com exceção dos cognatos verdadeiros, falsos e mistos e das palavras conhecidas, ficam aquelas palavras que você não conhece o significado. O que fazer para aprender e relembrar todo esse vocabulário? Essa é uma das perguntas que os alunos mais me fazem. Escreva! Separe um caderno só para Inglês e monte um glossário pessoal, repita essas palavras com suas traduções todos os dias e vá adicionando novas. Além do caderno, você também pode usar um cartaz, põe na parede e vai escrevendo e repetindo. Tenha como alvo aprender 5 palavras novas por dia e sempre repita aquelas que já aprendeu. Se o seu nível de Inglês já for intermediário ou avançado, escreva a frase toda e não apenas a palavra solta. Além do caderno e/ou cartaz, você também pode escrever em notas adesivas e espalhar pela casa nos lugares onde você possa sempre ver. O seu subconsciente vai assimilando as palavras e elas se fixarão na sua mente. Se não repetir, vai esquecer!

como estudar inglês para todos os certames

Essa dica do glossário tem ajuda a muita gente, só para citar um exemplo, veja o depoimento de uma aluna que tinha muita dificuldade com o Inglês. Ela estudou comigo aqui no Estratégia para o concurso da ANVISA, houve a prova e foi anulada, os alunos tiveram que fazer novamente. Em ambas as provas ela se saiu muito bem no Inglês, e passou no concurso. Lembro que na época, além da entrevista, ela também me enviou um email para agradecer. Fiquei muito feliz por ela. Leia abaixo:

Heber: Você tinha mais dificuldades em alguma(s) disciplina(s)? Quais? Como você fez para superar estas dificuldades?

Ana: Minhas dificuldades sempre foram Inglês e Matemática Financeira. Sempre que estas matérias caiam em um concurso que eu queria fazer, já desanimava! Mas neste concurso da Anvisa eu prometi para mim que ia dar um jeito de abrir a mente para assimilar estas matérias e assim eu fiz. Adquiri um curso aqui do Estratégia específico de Inglês e a metodologia utilizada pela professora me ajudou muito, pois toda aula tinha muitos textos de assuntos na área da saúde e a respectiva tradução, então resolvi fazer um glossário com mais de 600 palavras a mão para eu poder fixar o máximo de vocabulário e não fazer feio na prova! Tanto na primeira prova do concurso da Anvisa, que foi anulada, como na segunda, eu fui muito bem em Inglês. Essa ideia do glossário garantiu minha aprovação, estava me sentindo uma britânica (rsrs).

Se quiser ler toda a entrevista, clique aqui.

 

Além disso, quando for possível, dependendo do significado da palavra, tente desenhá-la, a visualização é muito importante para a memorização. Ou então simplesmente ponha uma seta para cima indicando significado positivo (joyful=alegre) ou para baixo indicando negativo (sadness=tristeza). Use sua criatividade. Se pôr em prática todas essas dicas, da próxima vez que ver aquelas palavras (que você escreveu) em um texto, você lembrará delas!! Essa dica ajuda mesmo, experimente.

E quando aparecer no texto uma palavra que você nunca viu? Observe o contexto e use sua intuição! Isso mesmo, muitas vezes você deduzirá a tradução de um segmento apenas pelo contexto e/ou  pela sua intuição, aliado ao seu conhecimento acumulado de mundo, de outras provas ou leituras. A intuição nesse momento será uma grande aliada, portanto não desanime quando no meio de uma frase tiver uma palavra que você não conhece, pois isso sempre acontecerá, afinal até mesmo na nossa língua materna não conhecemos todas as palavras do dicionário, não é mesmo? Siga em frente e use e abuse da sua intuição.

O conhecimento do formato das orações – saber que as orações em Inglês são geralmente formadas desse modo: sujeito + verbo + complemento, ficará mais fácil  identificar no texto cada componente da oração, principalmente os elementos essenciais que são o sujeito e o verbo. Com a prática aprenderá a reconhecê-los.

E o passo mais importante, que reune todas as técnicas e dicas que vimos aqui: Fazer exercícios! Praticar e praticar resolvendo questões de provas passadas. Seguem abaixo as técnicas a serem aplicadas durante os exercícios.

Skimming – uma leitura rápida do texto apenas para ter uma noção geral. Método onde o leitor move rapidamente os olhos sobre o texto com o objetivo de perceber o pensamento dominante do autor e ter uma visão completa do assunto.

Scanning – ação de voltar os olhos ao texto lendo rapidamente como faz um “scanner”, mas já sabendo o que está procurando, como por exemplo um nome, uma data, um fato. Em geral um segmento de palavras parecido com o enunciado da questão. Quando encontrar o que está procurando leia a sentença toda e a grife.

Essas técnicas são específicas de leitura rápida, mas embora usem o mesmo processo, os objetivos do scanning e skimming são diferentes. Você as achará úteis principalmente na hora da prova, pois estará numa corrida contra o tempo, e é justamente por isso que recomendo a técnica a seguir quando for começar a fazer a prova.

Ler primeiro as questões – embora nossa tendência seja ler logo o texto mas ao ler logo a opção, fica bem mais fácil de encontrar a resposta, pois ganha-se tempo; Quando voltar para o texto  procure as palavras que foram citadas no enunciado.

Leia a primeira sentença de cada parágrafo – A idéia principal na maioria dos parágrafos aparece na primeira sentença.

Palavras chave – são também chamadas de clue/link words ou pistas, são palavras tais como but (mas),because (porque), best (o melhor), worst (o pior), the most (o mais), if/whether (se), nomes de pessoas, lugares, datas, palavras em negrito ou itálico, sublinhadas, entre aspas, etc. Concentre-se nelas quando estiver analisando o texto em busca de respostas. Agora você já está munido das ferramentas, é só usá-las. Para acessar as aulas demonstrativas gratuitas dos cursos de Inglês que ministro, clique no link abaixo.

Cursos de Inglês para Concursos – Ena Smith

 

Abraços e bons estudos,

Prof. Ena Smith

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja os comentários
  • Artigo muito interessante professora, vou prestar a prova da APMBB, oficial da polícia de SP, mas agora houve à mudança da banca para a FGV, estou um pouco perdida em por onde começar. Comprei um Dictionary da Password, a senhora sabe me dizer se ele realmente vai ajudar? Parabéns pelo conteúdo.
    Camila em 22/05/20 às 17:54
  • Ultimamente tenho pensado em procurar por concursos que possuam inglês na prova, sou ruim em gramática de português, direito, mas eu sou bom em inglês e meu conhecimento técnico em eletrotécnica. Procuro um concurso que eu já tenha um conhecimento em algumas matérias. Lendo esse texto eu não curto muito a ideia de que não precisa de preocupar com listening e speaking. Quando você aprende a escutar, você "desbloqueia" um novo método de treino da língua, e pode ganhar muito vocabulário. E com youtube fica melhor ainda, pois a medida que você entende inglês, você consegue entender por exemplo talk shows americanos, e esse tempo todo gasto com recreação não conta como estudo, mas mesmo assim você aprende vocabulário. E no youtube se pode ver matérias e conteúdo mais sérios e formais. Se um jovem que gasta 4 horas do dia com recreação(jogos e vídeos no youtube), começar a gastar esse tempo, jogando jogos em inglês e vendo vídeos em inglês no youtube ele pode aprender mais do que uma pessoa que estuda inglês, pois quem estuda muitas vezes esquece tudo que aprendeu. E quem pratica não esquece. Eu mesmo, estudei português para passar num concurso militar, passei, esqueci tudo, reprovei no teste de saúde e agora tenho que estudar tudo de novo porque esqueci. Eu tinha desanimado muito nos estudos ano passado mas mesmo assim melhorei muito no inglês ouvindo. Inglês é a única matéria que se consegue aprender sem disciplina. Claro que as provas muitas vezes cobram gramática e vocabulário específico, mas isso já é um estudo complementar e não principal.
    Daniel Silva em 11/11/19 às 19:20
  • Olá Thaís, você tem 5 meses para estudar. Com certeza pode conseguir, mas planeje seus estudos de modo que estude Inglês todos os dias. Como você viu no exemplo da aluna do artigo, ela também tinha muitas dificuldades assim como você, se esforçou e conseguiu! Sucesso e obrigada pelo comentário! Abraço, Profa. Ena Smith
    Ena Smith em 06/12/17 às 10:08
  • Bom dia, professora! Adorei seu artigo. Pretendo fazer o concurso da CEMIG e nele terão 10 questões de inglês intermediário. A banca é a Fumarc. A prova será em abril. Meu nível em inglês é o básico (para não falar -1!). Nunca estudei língua inglesa para concursos. Acha que ainda é possível realizar uma boa preparação ou devo começar a estudar o idioma com foco em concursos futuros... Agradeço a sinceridade e ajuda! Parabéns pelo trabalho!
    Thaís em 06/12/17 às 05:29
  • Obrigada pelo carinho Mariana. Seu feedback é importante. Grande abraço!
    Ena Smith em 15/06/16 às 11:34
  • Excelente artigo professora, esclareceu bastante e tornou mais simples interpretar as frases! Parabéns e obrigada!
    Mariana em 15/06/16 às 11:03
  • Agradeço o amável comentário, Annynha. Tudo de bom para vc também. Abraço!
    Ena Smith em 15/06/16 às 10:07
  • Obrigada professora! Muita luz e sucesso pra vc :)
    Annynha em 15/06/16 às 09:10