Artigo

Colégio Naval 2018 – Prova de Biologia Resolvida

Salve, guerreiros! Vamos à resolução das 06 questões de Biologia da Prova do Colégio Naval de 2018!

Conforme comentei na nossa aula de revisão antes da prova (se não assistiu, clique aqui), o conteúdo de Biologia da prova do Colégio Naval é dividido em 05 eixos: Citologia, Ecologia, Fisiologia Humana, Genética e Seres Vivos. Dentre eles, apenas Genética não foi cobrada na prova. Na nossa aula de revisão eu consegui prever 04 assuntos que caíram na prova: sistema circulatório, relações ecológicas, organelas celulares e vegetais. A equipe aqui do Estratégia não brinca em serviço, meus amigos!

Sem mais demora, vamos então aos comentários das questões:

 

33) Leia o texto abaixo e responda a pergunta a seguir.

Peixe se reproduz sem sexo e desafia teoria de extinção da espécie.

A teoria da evolução sugere que as espécies que se reproduzem de forma assexuada tendem a desaparecer rapidamente, uma vez que seu genoma acumula mutações mortais ao longo do tempo. Mas um estudo sobre um peixe lançou dúvidas sobre a velocidade desse declínio. Apesar de milhares de anos de reprodução assexuada, o genoma da molinésia-amazona (amazon molly, em inglês), que vive no México e no sul dos Estados Unidos, é notavelmente estável e a espécie sobreviveu. Os detalhes do trabalho foram publicados na revista Nature Ecology and Evolution.

Disponível em <http://www.bbc.com/portuguese/internacional-43062040>

 

Sobre a reprodução dos seres vivos, é INCORRETO afirmar que:

(A) a combinação de material paterno com materno, que ocorre na reprodução sexuada, introduz maior variabilidade genética nas populações.

(B) em seres que se reproduzem assexuadamente, os descendentes são geneticamente iguais, uma vez que o processo se baseia na mitose. Esses indivíduos só terão patrimônio genético diferente se sofrerem mutação.

(C) os procariontes são exemplos de organismos pluricelulares que se reproduzem sexuadamente.

(D) a reprodução é uma característica de todos os seres vivos. Ela é fundamental para a manutenção da espécie.

(E) o processo de clonagem tem como resultado a reconstituição de 2n de material genético da própria espécie no zigoto formado.

 

Comentário: Repare que a questão pede a alternativa INCORRETA. Assim, descartamos a letra A pois a reprodução sexuada é grande responsável pela geração de variabilidade genética nas populações. A letra B está correta pois a reprodução assexuada gera indivíduos geneticamente iguais. A letra C está incorreta pois procariontes não são seres pluricelulares e sim unicelulares. A letra D está correta pois a reprodução é uma característica comum a todos os seres vivos e, sem ela, as espécies desapareceriam. A letra E está correta pois durante o processo de clonagem, o núcleo de uma célula diploide é introduzido em um óvulo e isso gera um zigoto 2n.

Alternativa correta: letra C.

 


34) Analise a figura abaixo, que representa o desenho esquemático de um coração humano.

Na figura acima, os vasos sanguíneos que transportam apenas sangue arterial são os representados pelos números:

(A) 2, 3 e 4.

(B) 1 e 2.

(C) 1, 2 e 3.

(D) 2 e 3.

(E) 3 e 4.

Comentário: Resumindo a circulação humana temos: o ventrículo esquerdo (VE) manda sangue arterial (rico em O2) para a artéria aorta (3). De lá o sangue vai para todo o corpo levando O2 e nutrientes para as células. Ao retornar, o sangue venoso (pobre em O2) chega ao coração pelas veias cavas (1) que desembocam no átrio direito e passa para o ventrículo direito. Dali o sangue venoso é bombeado para as artérias pulmonares (3) que levam o sangue até os pulmões onde ocorre a hematose (passagem de O2 para o sangue e saída de CO2 para os alvéolos pulmonares). O sangue volta a ser arterial e retorna ao coração pelas veias pulmonares (4) que desembocam no átrio esquerdo e reiniciando o ciclo no ventrículo esquerdo. Assim, o lado esquerdo do coração só transporta sangue arterial e o lado direito só transporta sangue venoso. Dessa forma, os números que representam vasos que transportam apenas sangue arterial são o 3 e o 4.

Alternativa correta: letra E.

 


35) Leia o texto abaixo e responda a pergunta a seguir.

Sífilis volta a ser epidemia no Brasil, e doença ganha dia nacional de combate.

Uma doença que estava apenas no imaginário popular voltou a fazer parte do cotidiano dos brasileiros. Em apenas cinco anos, o número de casos de sífilis aumentou 5.000%, segundo dados do Ministério da Saúde (de 1.249 em 2010, para 65.878 em 2015). Por conta deste crescimento, o terceiro sábado de outubro foi decretado como o “Dia D” de combate à doença. Segundo especialistas, este número de casos está elevado porque as pessoas perderam o medo de contrair doenças sexualmente transmissíveis por conta do avanço dos tratamentos. A doença também pode ser passada da mãe para o bebê.

– A AIDS deixou de ser uma “sentença de morte” com o desenvolvimento de novas drogas antirretrovirais e hoje a população que vive com HIV tem uma qualidade de vida melhor, isso talvez tenha levado a um relaxamento com a prevenção de DST’s. Há uma tendência mundial de redução do uso de preservativo nas relações sexuais, principalmente entre os jovens – explica Aline Junqueira, infectologista do Hospital Adventista Silvestre.

Disponível em: <https://extra.globo.com/noticias/saude-e-ciencia/sifilis-volta-ser-epidemia-no-brasil-doenca-ganha-dia-nacional-de-combate-21949038.html>

 

A respeito das doenças sexualmente transmissíveis (DST’s), marque a opção correta.

(A) A AIDS sempre causa lesões nos órgãos genitais masculino e feminino e é uma doença transmissível, apenas pelo ato sexual.

(B) O dispositivo intrauterino (DIU), quando bem posicionado, possui eficiência de 98% para evitar a transmissão de DSTs.

(C) A sífilis e a AIDS são causadas por um protozoário e um vírus, respectivamente.

(D) As pílulas anticoncepcionais são compostas por hormônios femininos sintéticos, que “enganam” o organismo e impedem que a ovulação ocorra. Portanto, esse método atua somente como contraceptivo, não prevenindo contra as DSTs.

(E) Em uma grávida que tenha DST, o filho não corre perigo de contrair a doença, pois não há contato entre o sangue da mãe e o do filho.

 

Comentário: A letra A está errada pois nem sempre a AIDS causa lesões nos genitais e não é transmitida apenas pelo ato sexual. A letra B está errada pois o DIU é apenas um método contraceptivo e não impede a transmissão de DSTs. A letra C está errada pois a sífilis é causada por uma bactéria (Treponema pallidum). A letra D está correta, visto que a função das pílulas anticoncepcionais é apenas a de atuar como contraceptivos. A letra E está errada, pois é possível que a mãe transmita DSTs para o filho, principalmente durante o parto, quando pode haver contato entre o sangue da mãe e a circulação do bebê.

 Alternativa correta: letra D.

 


36) Sobre o processo de fotossíntese e respiração das plantas, é correto afirmar que:

(A) durante a fotossíntese a planta utiliza a energia luminosa para gerar energia a ser utilizada na fabricação do seu próprio alimento.

(B) a respiração e a fotossíntese ocorrem somente durante o dia.

(C) ao final do processo de fotossíntese, a glicose é convertida em ácido lático por meio da fermentação.

(D) a mitocôndria é a organela responsável pela conversão da energia luminosa em energia química.

(E) a respiração está ligada à captação de gás carbônico pelas folhas.

 

Comentário: A letra A está correta pois o objetivo da fotossíntese é exatamente produzir alimento a partir da energia provida pelo Sol. A letra B está errada pois a respiração ocorre tanto de dia quanto de noite. A letra C está errada pois as células vegetais não realizam fermentação. A letra D está errada pois a organela responsável pela conversão da energia luminosa em energia química é o cloroplasto. A mitocôndria é responsável pela respiração celular. A letra E está errada pois a fotossíntese é que está ligada à captação de gás carbônico pelas folhas.

Alternativa correta: letra A.

 


37) Leia o texto abaixo.

Quando se fala em branqueamento dos corais, as notícias remetem à Grande Barreira, que fica lá do outro lado do mundo, na Austrália. E no fim, não se dá muita importância para isso. “Afinal, o que eu tenho a ver com algo tão distante de mim?”, alguns pensam. Mas desde o ano passado, o monitoramento de corais no litoral brasileiro vem revelando uma situação preocupante aos pesquisadores.

Corais são cnidários, assim como as águas vivas, porém têm um estilo de vida diferente. Eles vivem presos em rochas capturando o alimento com seus tentáculos. Não se movimentam. Apesar da imobilidade, os corais são a base para toda uma vida marinha. Normalmente o mar é um ambiente vasto, mas sem locais para que os organismos se protejam. Os corais crescem como colônias e formam grandes barreiras, cheias de reentrâncias que fornecem ambiente perfeito para inúmeras espécies de seres vivos.

Porém, as cores dos corais não são suas próprias cores. O que os tornam tão bonitos é a simbiose com um tipo especial de alga do gênero Symbiodinium (zooxantelas). Os corais têm cavidades em seu exoesqueleto de carbonato de cálcio (que é todo branco). As algas se alojam nestes pequenos poros, o que facilita para elas a atividade de retirar a luz solar que penetra nas águas do mar. A energia excedente produzida através da fotossíntese destas algas é transferida para o coral.

O motivo para o branqueamento dos corais está diretamente ligado à temperatura das águas. Quando ficam em regiões mais quentes, estas algas começam a produzir substâncias químicas tóxicas ao coral. Para se defender, o cnidário tem a estratégia de expulsar as algas. O processo de expulsão é traumático e aquela energia excedente que as algas davam para o coral some de uma hora para outra.

Disponível em: <https://www.biologiatotal.com.br/blog/o+branqueamento+dos+corais-341.html>

Com base nas informações do texto, assinale a opção que representa a relação ecológica existente entre os corais e as algas.

(A) Colônia

(B) Mutualismo

(C) Competição

(D) Comensalismo

(E) Inquilinismo

 

Comentário: O próprio texto já diz que a relação entre corais e algas é benéfica para ambas as partes, podendo ser chamada também de simbiose. Outro nome para uma relação desse tipo é mutualismo. Já a colônia (alternativa A) é a relação que ocorre entre os próprios corais. Na competição, todos os envolvidos são prejudicados. No comensalismo e no inquilinismo, um envolvido se beneficia, mas para o outro a relação é neutra.

Alternativa correta: letra B.

 


38) Observe a figura abaixo.

Correlacione os números representados na figura acima com as respectivas organelas citoplasmáticas e assinale a opção correta.

(A) 1- Retículo Endoplasmático Rugoso, 2- Cloroplasto, 3- Complexo Golgiense, 4- Membrana Plasmática e 5- Mitocôndria.

(B) 1- Complexo Golgiense, 2- Cloroplasto, 3- Retículo Endoplasmático Liso, 4- Carioteca e 5- Centríolo.

(C) 1- Retículo Endoplasmático Rugoso, 2- Mitocôndria, 3- Complexo Golgiense, 4- Parede Celular e 5- Cloroplasto.

(D) 1- Complexo Golgiense, 2- Mitocôndria, 3- Retículo Endoplasmático Rugoso, 4- Membrana Plasmática e 5- Centríolo.

(E) 1- Polissomos, 2- Centríolo, 3- Membrana nuclear, 4- Parede celular e 5- Mitocôndria.

 

Comentário: Essa era uma questão de simples identificação de organelas na figura, não exigindo muito raciocínio. No entanto, era possível usar um macete para chegar à resposta correta. Podemos ver, pelo formato, que se trata de uma célula animal, por não apresentar parede celular. Com isso, qualquer alternativa contendo cloroplasto e/ou parede celular já poderia ser eliminada (A, B, C e E). Assim, resta apenas a letra D.

Alternativa correta: letra D.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja os comentários
  • Nenhum comentário enviado.