Quantas horas semanais estudar para aprovação em concursos?
Apostilas

Quantas horas semanais estudar para aprovação em concursos?

Como o tempo de um estudante de concursos deve ser organizado para se encontrar quantas horas semanais estudar para aprovação em concursos?

Olá, alunos, tudo bem? Muitas pessoas tem dificuldades em setar metas de estudo para si mesmos: Será que o estudo deve ser por páginas, número de questões resolvidas, numero de horas, horas líquidas, etc.?

Vamos esclarecer esse assunto trazendo diversos tópicos e tentando ajudar os estudantes a tomar as medidas necessárias para verificar seu desempenho no dia a dia.

Eficiência x Eficácia

Primeiramente, quando analisa-se a pergunta “Quantas horas semanais estudar para aprovação em concursos?” devemos saber que estudar muitas horas não significa estudar muito bem. O estudante deve ter muito bem diferenciado o bom uso do tempo e a quantidade de tempo despendida. Tratamos de Eficiência e Eficácia nos estudos.

Eficiência e Eficácia nos estudos.

Se tempo é seu recurso e você tem 24h no dia, caso você tenha estudado 8 horas, você fez ótimo uso do seu tempo (não procrastinou, seguiu seus horários, etc). Você foi eficiente com o uso de seu recurso: Tempo

Eficácia, por outro lado, é o aproveitamento do conteúdo estudado. A melhor maneira de verificar a eficácia de seu estudo é observar suas porcentagens de acerto em bateria de questões e, principalmente, a evolução dessa pontuação.

Isso é importante para o aluno iniciante, que deve ter muito claro em sua mente que estudar super cansado pode ser um mau uso de seu tempo em questões de eficácia.

Agora partimos para o cerne do nosso texto

Quantas horas semanais estudar para aprovação em concursos baseadas no estilo de estudo?

Vamos dividir nossa análise em alguns tópicos para que o aluno posso direcionar sua leitura baseado em qual ponto de seu estudo ele se encontra:

  • 1) Alunos iniciantes e os que pausaram seus estudos
  • 2) Alunos intermediários e avançados
  • 3) Pós edital

Cada um desses estudos tem suas especificidades, mas vamos ver que existem muitas similaridades quanto ao uso do tempo em cada um deles.

O primeiro mito que queremos destruir é o de que existe um número mínimo de horas por dia ou semana a ser estudado. Com certeza existem estatísticas que demonstram que existe um melhor aproveitamento quando se estuda acima de 20 horas por semana, porem cada estudante é único e pode ser que ele tenha necessidades diferentes dos outros.

Cerca de 50% dos aprovados no concurso do ICMS SC, um dos mais concorridos dos últimos anos, trabalhavam. Isso significa que dificilmente eles possuíam mais de 30 horas por semana num pós-edital e também significa que quem estudar com qualidade pode desenvolver uma ótima base de seu material

1) Alunos iniciantes e os que pausaram seus estudos

Os estudantes que estão iniciando agora sua jornada em concursos, assim como aqueles que tiveram uma pausa de algumas semanas ou meses em seus estudos e querem saber quantas horas semanais estudar para aprovação em concursos devem utilizar o seguinte modelo: Eles devem fazer uma rampa de aceleração até sua carga horária desejada.

É muito importante fazer isso, pois nos primeiros dias somos muito voláteis. Num dia temos ótimos aproveitamentos e em outro não conseguimos sequer sair da cama.

Exemplo

Um estudante que busca fazer 6 horas por dia, caso ele nunca tenha estudado, é recomendado que ele comece estudando apenas 2 ou 3 horas por dia por quase um mês. Tendo atingido uma rotina saudável, ele começa a aumentar sua carga em uma hora por semana até atingir as 6 horas desejadas.

Caso esse concursando perceba que uma hora por semana a mais é muito, ele pode esticar mais essa curva. Não é recomendado ter-se ansiedade nesse início. É melhor estudar-se com calma e qualidade do que com pressa. Aliás, ansiedade e estudo não andam muito bem juntos.

2) Quantas horas semanais estudar para aprovação de alunos intermediários e avançados

Os alunos avançados e intermediários possuem já sua rotina bem definida, mas muitas vezes ainda tem dúvida de e querem saber quantas horas semanais estudar para aprovação em concursos. Nesse caso, eles podem se desafiar um pouco mais.

O principal item a se ter cuidado quando se é intermediário é não atingir altas horas em detrimento da qualidade do estudo. Vale a pena verificar se o que está sendo lido está sendo absorvido com qualidade. Nesse caso, uma leitura mais devagar pode ser a solução para melhor internalização da matéria.

Desafiando sua rotina

Costumamos dizer que uma carga horária de 30 a 40 horas é bastante saudável para um aluno intermediário ou avançado. Ela não é baixa a ponto de que a aprovação demore bastante para vir, e ao mesmo tempo não é alta o suficiente para cansar o estudante.

Acontece que, temos dias bons e dias ruins, mesmo quando temos uma rotina muito bem definida. Dessa maneira, a recomendação é que o estudante faça uma autoanálise durante o seu dia.

Se ele está se arrastando demais, pode ser que valha a pena descansar. Se ele está rendendo horrores e ainda tem muito gás para continuar, ele não precisa parar o estudo só pelo motivo de ter atingido sua carga horária diária.

Inclusive, se o estudante tiver uma rotina de 6 horas diárias, mas fizer 8 horas na segunda. Em algum outro dia da semana em que ele estiver mal, ele pode compensar essas 2 horas e bater sua semana de 30 horas sem problemas. É um método ganha-ganha. 

Ter uma rotina bem definida pode ser bastante benéfico. Observe um exemplo de uma tabela com uma rotina bem definida:

Quantas horas semanais para aprovação em concursos é uma pergunta que pode ser solucionada com boa oorganização.
Exemplo de uma rotina de estudos

3) Quantas horas semanais estudar para aprovação durante o Pós edital

No pós-edital a situação é bastante mais complexa. É quase sempre recomendado aumentar um pouco a carga horária. Novamente, não existe um número fechado, mas entre 35 e 45 horas pode ser uma boa base para concursos de nível superior.

Reiteramos que esses valores não são nada fixos, muitos alunos são aprovados com cargas horárias de até 25 horas em concursos muito bons. O importante é se desafiar e ao mesmo tempo conhecer seus limites.

O aluno em pós-edital deve tentar dar seu máximo sem ultrapassar seus limites. Se começar a ter dores de cabeça pode ser que seu limite tenha sido ultrapassado. Por outro lado, se ele está sempre absurdamente bem e nunca se sente cansado, pode ser que não esteja se desafiando o suficiente. O autoconhecimento é primordial para a tomada dessas decisões.

Para exemplificar, o Estratégia tem histórico de aprovados que faziam 12 horas líquidas no pós-edital em provas de fisco e possui aprovados que faziam 4 horas diárias. Tudo é uma questão de autoconhecimento. Testar os limites é importante, exaurir-se não é recomendado.

Entendendo as diretrizes e fazendo o melhor aproveitamento delas

Pessoal, vejam que em poucos momentos nós colocamos valores exatos de quantas horas devem ser estudadas. Não fazemos isso sem razão. Um aluno médio, como dito, estuda entre 25 e 45 horas por semana dependendo do ponto em que se encontra. Acontece que existem:

  • Alunas mães de família com jornada dupla
  • Pais de família com 2 empregos
  • Alunos que estudam em tempo integral
  • Pessoas com déficits de concentração
  • Gênios
  • Estudantes com dificuldade em diversos assuntos

Ou seja, existem inúmeros tipos de pessoas. Cada uma com sua história. A grande vantagem de tudo isso é que temos aprovados com as seguintes características também:

  • Alunas mães de família com jornada dupla
  • Pais de família com 2 empregos
  • Alunos que estudam em tempo integral
  • Pessoas com déficits de concentração
  • Gênios
  • Estudantes com dificuldade em diversos assuntos

Vejam que a lista é exatamente a mesma, isso pois: “quem quer, dá um jeito”. As dicas acima são ótimas para o aluno adaptar seu estudo a elas, mas a palavra chave desse texto todo é o Autoconhecimento. Desafiar-se diariamente, mas saber onde estar o limite final e segurar pra não espanar.

Capacidade x Tempo

Não se confundam, nós temos total capacidade de atingirmos nosso limite, nos acostumarmos com ele e forçarmos um pouco mais, porem isso é algo que leva meses para ser atingido. Pense sempre numa maratona. Seu limite pode ser 5k a princípio, mas se treinar constantemente, pode chegar a 42km.

Sigam as diretrizes dadas e saibam que, em regra, quanto menos horas estudarmos por semana, mais meses (e anos) estudaremos até estarmos preparados. É uma troca. Mas saibamos também que com consistência, todos temos chances de aprovação.

Um abraço.

Para aprofundamento maior do conteúdo, assista o seguinte vídeo:

Carga horária de estudo

Assinatura Anual Ilimitada

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país. Assine agora a nossa Assinatura Anual e tenha acesso ilimitado* a todos os nossos cursos.

ASSINE AGORA – Assinatura Ilimitada

Fique por dentro de todos os concursos:

Concursos abertos

Concursos 2020

Julio Furlanetto

Julio Furlanetto

Formado em Engenharia de Controle e Automação pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. Pós-graduado em direito tributário. Auditor Fiscal do Estado do Maranhão e Aprovado para Auditor fiscal de tributos de Santa Catarina em 2018.

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados