Quais matérias devem ser priorizadas no concurso de Delegado de Polícia Civil?
Claudia Cristiane Gonçalves de Lima Gonzaga

Quais matérias devem ser priorizadas no concurso de Delegado de Polícia Civil?


A fim de que o estudo seja direcionado e as horas sejam melhor aproveitadas, se faz necessário analisar quais matérias devem ser priorizadas.
Em primeiro lugar, se deve observar o que dispõe o edital. Caso ainda não tenha sido publicado, as disposições concernentes ao certame anterior podem dar uma ideia do que será cobrado no próximo edital.
Se estiverem estabelecidos “pesos” por matéria, aquelas com maior valor devem ser priorizadas, na mesma proporcionalidade.
Via de regra, direito penal, processual penal e constitucional são as matérias mais exigidas no concurso de delegado de polícia civil. Inclusive, os assuntos são abordados nas demais fases do concurso de forma mais aprofundada, principalmente, nas eventuais questões discursivas, em que exige-se a fusão dos conhecimentos das três áreas.
Ressalte-se que não é incomum que Direito Administrativo seja tratada de forma prioritária no edital. Isto porque, muitos não pensam, mas o delegado pode ser o gestor da unidade policial, ou seja, além de superior hierárquico da equipe de agentes e escrivães, também pode ser responsável pela gestão dos demais setores da instituição. Por outro lado, os crimes contra a administração pública estão tendo bastante relevância face a repercussão decorrente da Operação Lava Jato. Para investigar os mencionados crimes, se faz necessário o conhecimento de questões técnicas como licitações, contratos, contratação de pessoal, hierarquia e disciplina.
Se quer saber mais como organizar seu tempo de estudo, procure um de nossos coaches.

Claudia Gonzaga – Delegada de Polícia

Coach de concursos policiais.

Posts Relacionados

Compartilhe:

Claudia Cristiane Gonçalves de Lima Gonzaga

Claudia Cristiane Gonçalves de Lima Gonzaga

Delegada de Polícia Civil em Santa Catarina, desde 2016, concurso de 2014. Aprovada no concurso de Delegado de Alagoas 2012. Técnica judiciária do TJPE de 2010 a 2016. Técnica Fazendária, município de Olinda, de 2008 a 2010. Aprovada no concurso de agente e escrivão de polícia da PCPE de 2006. Formada em Direito pela UFPE, em 2011. Especialista em Ciências Criminais. https://m.youtube.com/watch?v=JlnHoe9u_JY

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.

Estamos aqui para ajudar você!
x