14

Ponto de equilíbrio contábil, financeiro e econômico

Olá, colegas

Vamos dar uma olhada nos Pontos de Equilíbrio? É um assunto tranquilo, que cai em diversas concursos, como ICMS SP e o Exame de suficiência para contadores.

Vamos lá:

Ponto de Equilíbrio Contábil é o ponto em que o lucro da empresa é zero, ou seja, é o ponto no qual a receita total é igual aos custos e despesas totais. Também chamado de Break-even Point ou Ponto de Ruptura ou Ponto Crítico.

Ponto de Equilíbrio Contábil= (Custos fixos + despesas fixas) / margem de contribuição unitária

 Ponto de equilíbrio contábil= (Custos fixos + despesas fixas) / margem de contribuição unitária

 Margem de Contribuição Unitária = Preço de venda unitário menos os custos variáveis unitários e as despesas variáveis unitárias

Exemplo: Considere as seguintes informações:

 Capacidade produtiva:           1.400 unidades / mês

Produção atual:            1.000 unidades / mês

Preço de venda:                    $ 60,00 por unidade

Custo variável:                      $ 12,00 por unidade

Custo Fixo Total:                   $ 13.000,00

Despesas variáveis:              $ 10,00 por unidade

Despesas fixas totais:           $ 9.000,00

Margem de contribuição unitária: Preço de venda (-) custos variáveis e despesas variáveis

Margem de contribuição unitária = $ 60,00 – 12,00 – 10,00

Margem de contribuição unitária = $ 38,00

Custos fixos+ Despesas fixas = $13.000 + $9.000 = $22.000

Ponto de equilíbrio: $22.000 / $ 38 = 578,9 unidades.

 Ponto de equilíbrio financeiro: Não leva em conta a Depreciação, Amortização e Exaustão (que diminuem o lucro, mas não representam saída de caixa).

 Ponto de Equilíbrio Financeiro = (Custos fixos e despesas fixos – depreciação, amortização e exaustão) / margem de contribuição unitária.

 Ponto de equilíbrio econômico: Considera o Custo de Oportunidade no cálculo do ponto de equilíbrio.

Ponto de equilíbrio econômico: (custos fixos e despesa fixos + custo de oportunidade)/margem de contribuição

Em algumas questões, é pedido a margem de lucro ou o valor de lucro, para calcular o ponto de equilíbrio econômico.

Para fixar esses conceitos, vamos examinar uma questão do ICMS RJ 2011 – FGV:

 (FGV/Auditor Fiscal/ICMS RJ/2011)

 – Gasto Fixo Total:                                  $ 1.000

– Custo Variável Unitário:                        $ 5

– Preço de Venda Unitário:                      $ 10

– Gasto com Depreciação:                       $ 200

– Custo de Oportunidade:                        $ 200

 Os  Pontos de Equilíbrio Contábil, Financeiro e Econômico,  considerando os dados acima, serão, respectivamente,

 a) 160, 240 e 200 unidades.

b) 240, 200 e 160 unidades. 

c) 200, 160 e 240 unidades. 

d) $ 200, $ 160 e $ 240. 

e) $ 240, $ 200 e $ 160.

 Comentários

Ponto de equilíbrio contábil: custo fixo total/margem de contribuição unitária.

Ponto de equilíbrio contábil: 1.000/(10 – 5) = 200,00 unidades.

Ponto de equilíbrio econômico: (custo fixo total + custo de oportunidade)/margem de contribuição unitária.

Ponto de equilíbrio econômico: (1.000 + 200)/(10 – 5) = 240 unidades.

Ponto de equilíbrio financeiro: (custo fixo total – depreciação)/margem de contribuição unitária.

Ponto de equilíbrio financeiro: (1.000 – 200)/(10 – 5) = 160 unidades.

Gabarito: C.

(Cuidado  com a alternativa D. O ponto de equilíbrio foi calculado em unidades, e não em valores ($))

 ————xxx————-

Colegas, confira no site do Estratégia concursos os nossos cursos:

 https://www.estrategiaconcursos.com.br/cursosPorProfessor/luciano-rosa-2000/

Um abraço

Luciano Rosa

 

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *