Dicas práticas de comportamento na véspera e no dia da prova (parte 1 de 3)
Concursos Públicos

Dicas práticas de comportamento na véspera e no dia da prova (parte 1 de 3)

Olá, concurseiro! Firme no propósito da aprovação? Espero que sim! Você já percebeu o quanto pequenos e inofensivos comportamentos na véspera e no dia da prova podem ser determinantes para seu rendimento? É claro que estar bem no conteúdo é fundamental, mas é importante estar alerta para não cair em pequenas armadilhas que podem servir de gatilho para um desequilíbrio emocional. Desta forma, consolidei algumas dicas bem práticas e objetivas para te ajudar nesse momento. Como o artigo ficaria longo demais, resolvi dividi-lo em 3 partes.

Antes de começar, aproveito este espaço para orgulhosamente anunciar que participarei da Semana Especial do Estudo em Alto Rendimento, com transmissão ao vivo pelo Canal do Estratégia Concursos no Youtube. A mesma ocorrerá na próxima semana, do dia 29/10/2018 ao dia 03/11/2018, e participarei da mesa com o tema “Como Ler, Preparar Resumos e Revisar em Alto Rendimento?” No dia 30/10, terça-feira, às 19:00. Faça a inscrição gratuitamente clicando no banner aqui pelo site, no topo da página principal. Aguardo você lá!

1) Descanse na véspera da prova:

A primeira dica começa ainda em dia anterior à prova. Não estude na véspera da prova! Mas Alberto, vou fazer o aulão do Estratégia. Sem problemas, então descanse na sexta, e até mesmo na quinta, se estiver exausto. O rendimento na prova não depende única e exclusivamente de conhecimento técnico da matéria. Depende de descanso para que todo o conhecimento acumulado ao longo dos meses (anos) de estudos possa fluir do cérebro pra ponta da caneta. Assista um filme (preferencialmente de comédia ou de conteúdo bem leve), tente dormir mais cedo e evite bebidas alcoólicas. É normal o cansaço bater ao longo da prova, e quem não se dá o devido descanso, corre o risco de pifar, a vista embaralhar, a concentração fugir muito cedo, prejudicando o desempenho na prova.

2) Programe-se para chegar com uma boa margem de antecedência:

Talvez esse seja um dos conselhos mais batidos desde o vestibular. Primeiramente, porque você não quer ser personagem daquela cena clássica daqueles candidatos esbaforidos chegando em cima da hora pra fazer o ENEM. Mas a explicação “técnica” por trás disso é justamente evitar descargas de adrenalina antes mesmo de chegar no local de prova. Por mais sereno que você seja, o coração acelera durante a prova, pois nosso organismo percebe uma situação atípica e trabalha num modo diferenciado para garantir melhor desempenho. Só que o consumo de energia pra isso é bem maior, e antecipar isso ao correr riscos de não chegar a tempo para a prova pode te levar ao limite antecipadamente.

3) Encontrou um amigo na porta? Evite falar sobre a prova

Mesmo que seja não intencional, um pequeno diálogo com um amigo na entrada da prova pode desencadear reações ruins, como insegurança e pessimismo. É comum ver rodinhas onde alguém defende a utilização de certa metodologia ou material. Ou então surge o candidato- professor: aquele que quer ensinar tudo pros outros em 5 minutos. Mesmo que estas ações não sejam mal-intencionadas, entendo que seja melhor evitá-las, visto que pouco ou nada agregam para um forte candidato.Fale sobre futebol, novela, séries, marque o local do chopp pós-prova (ninguém é de ferro rs), mas nada sobre concurso, por favor!

4) Não entre cedo demais na sala
O desgaste físico e emocional aumenta a partir do momento em que você se senta na cadeira. Vamos supor que a sua prova comece às 9 da manhã; Não há motivo nenhum para que você entre e se sente às 8. Essa uma hora de espera vai levar uma eternidade pra passar. Enquanto isso, seu cérebro já começa a processar mil informações desnecessárias e a energia negativa da sala já vai começar a te influenciar. Você pode não sentir esses fatores nas primeiras horas, mas certamente ele pode pesar no final da prova, podendo, por exemplo, fazer com que você marque uma questão errada no cartão-resposta.

Por hoje é isso, pessoal. Ainda temos outras dicas por vir! A parte 2 será publicada até sábado que vem. Fique de olho!

Tem alguma dica ou dúvida comportamental para a prova? Escreva nos comentários

Alberto Kovarik
Coach Estratégia Concursos
Instagram: @profalbertokovarik

Posts Relacionados

Alberto Kovarik

Alberto Kovarik

 Auditor Fiscal da Receita Estadual do Estado do Rio de Janeiro (ICMS-RJ), tendo sido aprovado no concurso de 2011 Desde Janeiro de 2015 trabalhando com a preparação de alunos para os principais concursos do país (alunos aprovados no ISS Cuiabá, ISS Niterói, ICMS PI, ICMS MA, ICMS SC etc.). Primeiro contato com coaching na condição de aluno (coachee) ainda em 2011.  Graduação em Matemática pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Aprovado nos concursos: Professor de Matemática da Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro (3 vezes entre os 3 primeiros colocados); Analista de Planejamento e Orçamento (APO) da Secretaria de Planejamento do Estado do Rio de Janeiro (2010); Auditor Fiscal Tributário do Município de São Paulo (2012).

Veja os comentários:

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados