Entrevista - Aprovada concurso Câmara BH Téc Segurança do Trabalho

Entrevista:

ENTREVISTA: Kelly Damasco – Aprovada em primeiro lugar no concurso da Câmara de Belo Horizonte no cargo de Técnico em Segurança do Trabalho

“Sejam disciplinados, acreditem e tenham fé em Deus. Quem planta fé, colhe milagres! Não é fácil, mas vale a pena! A vitória tem um sabor indescritível. Seu esforço será recompensado! Sua aprovação não depende de sorte, depende do seu empenho”

Confira nossa entrevista com Kelly Damasco, aprovada em primeiro lugar no concurso da Câmara de Belo Horizonte no cargo de Técnico em Segurança do Trabalho:

Estratégia Concursos: Conte-nos um pouco sobre você, para que nossos leitores possam te conhecer melhor. Você é formada em que área? Qual sua idade? De onde você é?

Kelly Damasco: Meu nome é Kelly Cristina Damasco da Silva, tenho 36 anos, moro em Belo Horizonte /MG. Sou formada em fonoaudiologia há 14 anos, porém não atuo na área. Minha área de atuação há 9 anos é técnico em segurança do trabalho.

Estratégia: Durante sua caminhada como concurseira, você trabalhava e estudava (como conciliava trabalho e estudos?), ou se dedicava inteiramente aos estudos?

Kelly: Durante os estudos eu trabalhava e estudava. Eu havia montado uma biscoiteria há 2 anos após ser demitida do meu último emprego. Tinha esse ponto positivo ao meu favor, pois trabalhando por conta própria conseguia conciliar melhor meus horários. Como a biscoiteria era pequena, não tinha muito movimento e eu aproveitava para estudar lá mesmo. Quando chegava cliente eu parava para fazer o atendimento e logo retornava aos estudos.

Estratégia: Quantos e em quais concursos já foi aprovada? Qual o último?

Kelly: Já fui aprovada em 6 concursos, todos entre os 10 primeiros colocados. Porém, a melhor colocação foi no concurso da Câmara Municipal de BH onde consegui o tão sonhado 1º lugar, entre 1907 concorrentes. Minha última aprovação foi no concurso da Copasa, em 5 lugar.

Estratégia: Qual foi sua sensação ao ver seu nome na lista dos aprovados/classificados?

Kelly: Nossa! É uma sensação maravilhosa! Chorei o dia inteiro, olhava a listagem diversas vezes pra ter certeza rsrsrs… Liguei para meu esposo e meus familiares. Todos ficaram emocionados e felizes com a notícia.

Estratégia: Como era sua vida social durante a preparação para concursos? Você saía com amigos, família, etc? Ou adotou uma postura radical, abdicando do convívio social para passar no concurso o mais rápido possível?

Kelly: Minha vida social não foi alterada. No entanto, não sou uma pessoa que sai todos os finais de semana ou que tenha muitos compromissos. Apenas compromissos nas vésperas das provas eu abria mão para me deitar um pouco mais cedo e descansar.

Estratégia: Você é casada? Tem filhos? Namora? Mora com seus pais? Sua família entendeu e apoiou sua caminhada como concurseira? Se sim, de que forma?

Kelly: Sou casada, estou grávida da minha primeira filha (atualmente no 8 mês de gestação). Moro com meu esposo. Toda a família me apoiou e incentivou na jornada de estudos. Meu esposo foi quem mais me incentivou, comprando o curso online do Estratégia concursos para que eu pudesse me preparar de uma maneira melhor.

Estratégia: Ao longo de sua jornada, você tentou outros concursos, para treinar e se manter com uma alta motivação ou decidiu manter o foco apenas naquele concurso que era o seu sonho?

Kelly: Entre novembro de 2017 e maio de 2018 foram 5 concursos em MG com vagas para técnico em segurança do trabalho. Realizei todos eles e fui aprovada em todos. No entanto, meu objetivo era conseguir a aprovação na Câmara Municipal por ser o único com regime de contratação estatutário e com jornada de trabalho de 6h diárias.

Estratégia: Você acha que vale a pena fazer outros concursos, com foco diferente daquele concurso que é realmente seu objetivo maior? 

Kelly: No meu caso todos os concursos que fiz foram para o mesmo cargo (técnico em segurança do trabalho) e, nesse caso, acredito que vale a pena fazer todos que estiverem disponíveis. Porém quando falamos de concursos com cargos diferentes não acho que seja ideal, pois é necessário manter uma direção nos estudos e um objetivo em mente.

Estratégia: Você estudou por quanto tempo, contando toda a sua preparação? 

Kelly: Estudei por 6 meses, uma média de 6h diárias de segunda a sexta feira.

Estratégia: Que materiais você usou em sua preparação para o concurso? Aulas presenciais, telepresenciais, livros, cursos em PDF, videoaulas? Quais foram as principais vantagens e desvantagens de cada um?

Kelly: Eu assistia as vídeo aulas do curso online do Estratégia Concursos, realizava os exercícios das apostilas em PDF do Estratégia concursos , realizava provas de concursos anteriores da mesma banca organizadora dos concursos, assistia aulas no YouTube para complementar e estudava o conteúdo específico de segurança do trabalho através dos meus livros.

A vantagens das aulas do Estratégia Concursos é o fato de abranger todos os itens do edital, trazendo o conteúdo completo. A linguagem usada pelos professores é objetiva, clara e fácil de entender.

Estratégia: Como conheceu o Estratégia Concursos?

Kelly: Meu esposo comprou o curso online para eu estudar.

Estratégia: Uma das principais dificuldades de todo o concursando é a quantidade de assuntos que deve ser memorizada. Como você fez para estudar todo o conteúdo do concurso? Falando de modo mais específico: você estudava várias matérias ao mesmo tempo? Quantas? Costumava fazer resumos? Focava mais em exercícios, ou na leitura e re-leitura da teoria? Como montou seu plano de estudos?

Kelly: Fiz um cronograma e estudei cada matéria em um momento. Primeiramente estudei todo o conteúdo de português e realizei os exercícios das apostilas após cada aula para fixar os conteúdos. Depois realizava as provas anteriores da banca e retornava nos conteúdos que eu achava necessário revisar. Deixava pra estudar os conteúdos específicos de segurança do trabalho por último, por ser algo mais “fácil”.

Estratégia: Você tinha mais dificuldades em alguma(s) disciplina(s)? Quais? Como você fez para superar estas dificuldades?

Kelly: Quando eu tinha dificuldades em alguma disciplina específica eu assistia novamente as vídeo aulas e buscava aulas no YouTube para complementar. Realizava mais exercícios também para assimilar o conteúdo.

Estratégia: A reta final é sempre um período estressante. Como você levou seus estudos neste período? Você se concentrava nas matérias de maior peso ou distribuía seus estudos de maneira mais homogênea? Focava mais na re-leitura, em resumos, em exercícios, etc ?

Kelly: Realizava exercícios de revisão e fazia provas anteriores da mesma banca organizadora.

Estratégia: Na semana da prova, nós sempre observamos vários candidatos assumindo uma verdadeira maratona de estudos (estudando intensamente dia e noite). Por outro lado, também vemos concurseiros que preferem desacelerar um pouco, para chegar no dia da prova com a mente mais descansada. O que você aconselha?

Kelly: Normalmente as provas ocorrem nos domingos. Eu estudava normalmente até na sexta feira e descansava durante o sábado. Pra chegar na hora da prova com a mente tranquila.

Estratégia: No seu concurso, tivemos, além das provas objetivas, as provas discursivas. Como foi seu estudo para esta importante parte do certame? O que você aconselha?

Kelly: As questões discursivas foram determinantes para o resultado final do concurso, pois tinham peso 3. No meu caso não estudei de forma específica para realizar essas questões. As aulas de português foram suficientes para que eu conseguisse um bom resultado.

Estratégia: Se você tivesse que apontar ERROS em sua preparação (se é que houve), quais seriam? Diga-nos também quais foram os maiores ACERTOS?

Kelly: O maior acerto foi realmente me dedicar e manter o objetivo em mente.

Estratégia: Pela sua experiência e contato com outros concurseiros, diga-nos quais são os maiores erros que as pessoas cometem quando decidem se preparar para concursos?

Kelly: Na minha opinião o maior erro é sair estudando sem ter um objetivo específico. É preciso definir o concurso que deseja fazer e o cargo que deseja concorrer. Ler o edital é fundamental para saber o que realmente deverá ser estudado.

Estratégia: O que foi mais difícil nessa caminhada rumo à aprovação? E qual foi sua principal motivação?

Kelly: O mais difícil é manter a disciplina. Tem dias que dá preguiça, dá sono e fica complicado estudar.

Minha principal motivação foi minha filha, que chega ao mundo no próximo mês, e minha fé. Estar grávida e trabalhando por conta própria me deixava insegura, principalmente por não ter renda fixa. A oportunidade de conseguir um cargo público e trabalhar por 6h diárias me fez acreditar que era possível, dependia de mim.

Estratégia: Por fim, o que você aconselharia a alguém que está iniciando seus estudos para concurso. Deixe-nos sua mensagem para todos aqueles que um dia almejam chegar aonde você chegou!

Kelly: Sejam disciplinados, acreditem e tenham fé em Deus. Quem planta fé, colhe milagres! Não é fácil, mas vale a pena! A vitória tem um sabor indescritível. Seu esforço será recompensado! Sua aprovação não depende de sorte, depende do seu empenho.

Outras entrevistas em:

Depoimentos de Aprovados
Cursos Online para Concursos

Veja os comentários:

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Resultados:

  • Concurso SEFAZ-AL 2020 - Auditor Fiscal Dentro das 60 vagas ofertadas, 32 são nossos alunos
  • Concurso DEAP SC - Agente Penitenciário Feminino 2019 Das 50 melhores colocadas, 16 são nossas alunas
  • Concurso MP RJ - Oficial 2019 Dos 10 primeiros colocados, 6 são nossos alunos
  • Concurso MP RJ - Técnico Administrativo Dos 10 primeiros colocados, 7 são nossos alunos
  • Concurso MP RJ - Analista Administrativo 2019 Dos 10 primeiros colocados, 8 são nossos alunos