ENTREVISTA: Jacyana Saraiva - Aprovada no concurso DETRAN SP no cargo de Agente Estadual de Trânsito

Entrevista:

ENTREVISTA: Jacyana Saraiva – Aprovada no concurso DETRAN SP no cargo de Agente Estadual de Trânsito

“Você vai ouvir de muitas pessoas que é loucura, que é muito difícil. Simplesmente não dê ouvidos, ouça somente quem está ao seu lado para te aconselhar nessa luta. É uma questão de fé. Primeiramente em Deus, se você acredita. Para que Ele te ajude a ter forças nessa caminhada e ilumine seus passos e decisões. Mas também é primordial ter fé em você: se alguém conseguiu, você também consegue. E não desista, independente das dificuldades e derrotas que vierem pela frente. Se fosse fácil, todos estariam lá”

Confira nossa entrevista com Jacyana Saraiva, aprovada no concurso DETRAN SP no cargo de Agente Estadual de Trânsito:

Estratégia Concursos: Você é formada em que área? Qual sua idade? De onde você é? 

Jacyana Saraiva: Sou bacharel e mestre em física, licenciada em matemática. Tenho 37 anos. Sou de Barretos-SP.

Estratégia: O que te levou a tomar a decisão de começar a estudar para concursos?

Jacyana: Estava no meu primeiro ano de doutorado, e não estava conseguindo progredir na minha pesquisa devido a problemas de saúde (acredito que decorrentes do estresse e excessiva cobrança em que me encontrava), além de dificuldades em conseguir conciliar a dedicação integral do doutorado com a vida de mãe, esposa e dona de casa. Decidi que seria mais interessante, em vez de investir quatro ou cinco anos que levaria o doutorado, passar a investir meu tempo na busca de uma aprovação em um concurso que me proporcionasse uma estabilidade, um bom salário e tempo poder me dedicar à família. O plano inicial foi investir nos concursos de tribunais, para nível médio, e continuar estudando até conseguir ser aprovada na carreira fiscal.

Estratégia: Durante sua caminhada como concurseira, você trabalhava e estudava (como conciliava trabalho e estudos?), ou se dedicava inteiramente aos estudos para concurso? 

Jacyana: Sou uma concurseira iniciante. Inclusive esse foi o primeiro concurso para o qual me dediquei. Nesse tempo estudando, apesar de não estar trabalhando, tive uma tarefa integral e que não tem folga: a maternidade! Durante a gestação eu praticamente não estudei, pois passei muito mal. Após a minha menina nascer, procurei estudar sempre que conseguia uma brecha. A minha carga horária de estudos foi bem baixa (cerca de 2 horas por dia e somente durante a semana), pois estava me dedicando a cuidar dela e do meu filho de 3 anos, além de todo o resto dos afazeres domésticos, noites sem dormir, etc. Em resumo, foi uma árdua conciliação entre vida de mãe e estudos.

Estratégia: Em quais concursos já foi aprovada? Qual o último? Em qual cargo e em que colocação?

Jacyana: Por enquanto só fui aprovada nesse concurso (agente de trânsito, DETRAN-SP, primeira colocada em minha região, Barretos).

Estratégia: Qual foi sua sensação ao ver seu nome na lista dos aprovados/classificados(as)?

Jacyana: Ao ver o meu nome na lista eu tive que ligar para uma amiga minha conferir se era isso mesmo. Eu não acreditava, pois com tantos candidatos, e diante de tantas dificuldades para conseguir estudar, eu realmente não esperava ver o meu nome em primeiro lugar na lista. Parecia um sonho, a ficha demorou a cair. No momento veio uma retrospectiva em minha cabeça e falei para mim mesma: viu como valeu a pena não desistir! O próximo passo foi contar para todos os amigos e familiares dessa vitória.

Estratégia: Como era sua vida social durante a preparação para concursos? Você saía com amigos, família, etc? Ou adotou uma postura radical, abdicando do convívio social?

Jacyana: A minha vida social consiste em sua grande parte em passeios com as crianças, igreja, almoço na casa dos meus pais, dos sogros. Isso não mudou durante a preparação para o concurso.

Estratégia: Você é casada? Tem filhos? Namora? Mora com seus pais? Sua família entendeu e apoiou sua caminhada como concurseira? Se sim, de que forma? 

Jacyana: Sou casada, tenho dois filhos. Minha família em sua maior parte apoiou. Meu grande apoiador foi meu marido, que muitas vezes saia com as crianças no final de semana por umas horinhas para eu poder descansar um pouco (eu ficava exausta, pois a bebê mama durante a noite também). Minha mãe também foi minha parceira nesse momento, pois apesar de não estar em condições físicas para cuidar da Sarah, vinha pelo menos dar uma atenção para ela, com o intuito de me ajudar a estudar.

Estratégia: Você acha que vale a pena fazer outros concursos, com foco diferente daquele concurso que é realmente seu objetivo maior? (Se esse ainda não é o concurso dos seus sonhos, se possível, citar qual é se pretende continuar se preparando para alcançar esse objetivo)

Jacyana: Meu foco final é a carreira fiscal. Mas como estou começando no mundo dos concursos e precisava voltar a trabalhar o mais rápido possível, resolvi focar inicialmente em tribunais. Estava animada com o concurso do MPU, mas quando abriu o edital, a data da prova caiu justamente na data prevista para o nascimento da Sarah. Daí com a notícia do concurso do DETRAN, com vagas na minha cidade, não pensei duas vezes antes de começar a me dedicar a esse concurso.

No meu caso, já ingressar em um emprego público, mesmo que esse não seja meu foco final, vale muito a pena, pois me proporcionará uma estabilidade financeira e tranqüilidade para continuar estudando. Mesmo para quem não precisa trabalhar, creio que fazer outros concursos é importante como treino e incentivo para não perder de vista seu objetivo. Vejo por mim: só o fato de eu ter sido aprovada no DETRAN me proporcionou uma enorme confiança para continuar em frente.

Estratégia: Você estudou por quanto tempo direcionado ao concurso em que foi aprovada? 

Jacyana: Estudei cerca de 6 meses, porém, se contar o tempo líquido de estudos, devo ter estudado no máximo, chutando alto, 4 meses,  devido ao fato de estar com bebê pequena e ter que ficar vários dias sem estudar devido a imprevistos. Foram vários probleminhas de saúde que ela teve nesse período, havia momentos, que eu pensava que não ia conseguir ter êxito, que não ia conseguir chegar preparada para a prova.

Estratégia: Chegou a estudar sem ter edital na praça? Durante esse tempo, como você fazia para manter a disciplina nos estudos?

Jacyana: Antes do edital eu fiz um estudo passivo, que consistia somente em assistir a vídeo aulas de Legislação de Trânsito. Fazia isso enquanto amamentava a Sarah quando recém nascida ainda (isso quando não me pegava dormindo, rsrsr). Também cheguei a assistir pelo Youtube a alguns vídeos sobre questões de português e informática da banca FCC enquanto lavava louça e fazia comida. Era uma forma de eu estudar mesmo sem ter tempo somente para o estudo. O lema era: já que não dá para fazer do jeito que quero, vou fazer do jeito que é possível no momento. Isso foi fundamental para manter a disciplina: entender que estava fazendo a minha parte diante das minhas possibilidades. 

Estratégia: Como conheceu o Estratégia Concursos? 

Jacyana: Quando resolvi estudar para concursos, fiz uma busca pela internet e encontrei o Estratégia como o mais bem avaliado. Imediatamente fui procurar conhecer melhor e fiquei simplesmente apaixonada pelo Estratégia Concursos.

Estratégia: Que materiais você usou em sua preparação para o concurso? Aulas presenciais, telepresenciais, livros, cursos em PDF, videoaulas? O que funcionou melhor para você?


Jacyana: Apesar de preferir a leitura dos PDFs, precisei recorrer às videoaulas, pois era o que eu conseguia fazer ao mesmo tempo que cuidava da minha filha. Acredito que foi uma boa escolha, pois as videoaulas que assisti eram as de Legislação de Trânsito, com o professor Marcos Girão, e a didática dele com certeza me ajudou muito no entendimento do conteúdo. Quando eu conseguia tempo recorria ao PDF para resolver os exercícios de final de aula, e se necessário dava uma leitura por cima no PDF. Das outras disciplinas, assistia resolução de exercícios da banca em canais do Youtube quando lavava louça e preparava comida. Para a parte discursiva, utilizei a correção analítica do Estratégia. 

Estratégia: Uma das principais dificuldades de todo concursando é a quantidade de assuntos que deve ser memorizada. Como você fez para estudar todo o conteúdo do concurso? Falando de modo mais específico: você estudava várias matérias ao mesmo tempo? Quantas? Costumava fazer resumos? Focava mais em exercícios, ou na leitura e releitura da teoria? Como montou seu plano de estudos? Quantas horas por dia costumava estudar?

Jacyana: Devido à escassez de tempo, tive que traçar uma estratégia de estudos que me levasse ao melhor custo benefício. Como eu tenho uma ótima base de Português e Matemática, optei por não estudar essas matérias. Português eu procurei saber a “cara” da prova da banca a partir de vídeos na internet, mas não estudei conteúdo. Matemática nem peguei no material, pois é minha área de formação. Seria impossível eu estudar Direito Constitucional e Administrativo com o tempo que eu tinha. Decidi arriscar e então estudar somente a disciplina de maior peso (legislação de trânsito) e somente ver vídeos de resoluções de questões das outras matérias.

No último mês de estudo, investi também em avaliar como andaria minha redação e adquiri a correção analítica voltada para o DETRAN. Em resumo, então, estudei somente Legislação de Trânsito e ao final também investi meu tempo nas redações. As outras matérias eu assistia um vídeo ou outro de questões da banca quando lavava louça/fazia almoço, dentre outros momentos que conseguia.

Quanto ao meu método de estudo de Legislação de Trânsito, eu assistia às vídeoaulas e fazia os exercícios. Não fazia resumo (no início até quis fazer, mas depois percebi que seria inviável). Utilizei os mapas mentais disponibilizados pelos professores para acompanhar a aula, e de revisão fazia exercícios e mais exercícios, além dos simulados dos dois professores. Estudava em média duas horas por dia, de segunda a sexta, dispersos pelo dia, conforme eu conseguia. Raramente conseguia tirar um tempinho no final de semana.

Estratégia: Você tinha mais dificuldades em alguma(s) disciplina(s)? Quais? Como você fez para superar estas dificuldades?

 Jacyana: Não chega a ser dificuldade, mas tinha receio em relação à Informática, pois, ao meu ver, qualquer coisa poderia ser cobrada de um conteúdo com muitos detalhes. Meu medo era zerar nessa disciplina. O que fiz foi assistir a vários vídeos de resoluções de questões da banca. 

Estratégia: A reta final é sempre um período estressante. Como foi sua rotina de estudos na semana que antecedeu a prova? E véspera de prova: foi dia de descanso ou dia de estudo?

 Jacyana: A última semana de estudos foi intensa, pois ainda faltavam várias Resoluções para estudar e redações para fazer (minha nota não estava sendo satisfatória nas redações). Além disso, refiz todos os simulados e fiz o simulado do Estratégia. Cada brecha que eu conseguia eu estava estudando. Também intimei o marido à ficar mais tempo com as crianças para eu poder focar um tempo maior. Fazia exercícios com o notebook na sala enquanto na TV tinha Galinha Pintadinha. 

O plano era descansar no dia anterior à prova, porém ainda faltavam 4 resoluções para eu estudar. Então dei um jeito e estudei o dia todo.

Estratégia: No seu concurso, tivemos, além das provas objetivas, as provas discursivas. Como foi seu estudo para esta importante parte do certame? O que você aconselha?

Jacyana: Como tinha uma noção de redação, mas não conhecia a banca, decidi adquirir o pacote de correção analítica com 6 correções. Percebi que o nível da redação e o que a banca espera do candidato é bem diferente de uma redação de Vestibular, por exemplo. Foi muito importante para mim, pois sem esse auxílio eu não teria êxito. Tive várias notas baixas devido ao conteúdo, argumentações, etc. As dicas de redação, leitura dos temas mais cobrados, e principalmente o feedback dos professores em relação às minhas redações, foram indispensáveis para a boa nota que tive na discursiva. Na hora da prova eu nem acreditei que caiu tema muito parecido com as redações que eu havia feito no curso, e me lembrei de diversas dicas do professor em suas correções, e as coloquei em prática lá na hora. O resultado foi uma nota 8,4! 

Por isso aconselho: mesmo que você pense que tem uma boa base para redações, que já escreve bastante, já tirou boas notas anteriormente, etc, procure se preparar para a banca em específico. No meu caso escolher me submeter a essas correções foi a chave para minha aprovação.

Estratégia: Se você tivesse que apontar ERROS em sua preparação (se é que houve), quais seriam? Diga-nos também quais foram os maiores ACERTOS?

 Jacyana: Graças a Deus pelo resultado creio que, diante de minha disponibilidade e realidade, fiz uma boa estratégia de estudos. Um erro que cometi foi querer, em alguns momentos do meu estudo, sublinhar a lei seca conforme eu assistia à videoaula. Isso não funcionou e logo abandonei, pois nem sequer eu teria tempo para pegar novamente essas leis secas em mãos. Acho que o maior acerto foi, mesmo muitas vezes pensando que não ia dar, eu não desisti e não deixei de fazer o pouco que conseguia por dia. Se eu fosse esperar ter o tempo que queria para estudar, eu não teria estudado nada.

Estratégia: O que foi mais difícil nessa caminhada rumo à aprovação? Chegou a pensar, por algum momento, em desistir? Se sim, como fez para seguir em frente? Qual foi sua principal motivação? 

Jacyana: O mais difícil para mim foi a questão do tempo. Quando eu pensava que minha pequena ia ficar na escolinha, ela adoecia. Ficava dois dias na escolinha, depois 20 dias em casa. Isso me frustrava, pois achava que não ia conseguir. Também pesava muito a dificuldade financeira. Estávamos contando com ajuda de familiares até mesmo para a alimentação, e vinha em minha cabeça que deveria correr atrás de trabalho, aulas particulares, o que fosse. Porém eu sabia que se escolhesse trabalhar eu teria que trocar o tempo de estudo pelo trabalho, então focava em meu pensamento de que a única forma definitiva de eu melhorar nossa vida era passando no concurso, e que todas as dificuldades eram temporárias. Então mantive em frente, mas não foi fácil, pois esses pensamentos eram recorrentes, ainda mais com a incerteza da aprovação.

Estratégia: Por fim, o que você aconselharia a alguém que está iniciando seus estudos para concurso. Deixe-nos sua mensagem para todos aqueles que um dia almejam chegar aonde você chegou!

Jacyana: Procure ter uma estratégia que caiba em sua realidade. Não fique esperando fazer algo mirabolante, faça o que tem que ser feito! Se tiver condições invista em um único material (aconselho o material do Estratégia), e foque no material que você tem, pois ele será suficiente. Abandone grupos de WhatsApp, as redes sociais, evite perder tempo com essas coisas que sugam seu tempo e você nem vê. Vale a pena investir um tempo em avaliar periodicamente se está tendo sucesso com sua metodologia de estudos, e se necessário mudar. Faça muitas, muitas questões de provas anteriores. Se tem pouco tempo, revise por questões e esqueça os resumos. Quando começar a ver os resultados, você ficará mais e mais motivado. Não deixe de viver para estudar, procure dar prioridade aos estudos, mas não abandone sua vida familiar, espiritual, sua saúde, etc, senão isso vai te cansar, se transformará em algo penoso, não vai render. Tenha em mente que estudando está investindo em você!

Você vai ouvir de muitas pessoas que é loucura, que é muito difícil. Simplesmente não dê ouvidos, ouça somente quem está ao seu lado para te aconselhar nessa luta. É uma questão de fé. Primeiramente em Deus, se você acredita. Para que Ele te ajude a ter forças nessa caminhada e ilumine seus passos e decisões. Mas também é primordial ter fé em você: se alguém conseguiu, você também consegue. E não desista, independente das dificuldades e derrotas que vierem pela frente. Se fosse fácil, todos estariam lá.

Confira outras entrevistas em:

Depoimentos de Aprovados

Cursos Online para Concursos

Foi aprovado e deseja dividir com a gente e com outros concurseiros como foi sua trajetória até a aprovação?! Mande um e-mail para: [email protected]

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Resultados:

  • Concurso PGE - SP Procurador do Estado Dos 208 aprovados, 134 são nossos alunos
  • Concurso CLDF Procurador Legislativo Dos 31 aprovados, 24 são nossos alunos
  • SEFAZ-BA / Administração Tributaria Dos 591 aprovados, 475 são nossos alunos
  • SEFAZ-BA / Técnologia da Informação Dos 68 aprovados, 52 são nossos alunos
  • SEFAZ-BA / AUDITOR FISCAL Dos 303 aprovados, 253 são nossos alunos

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.

Estamos aqui para ajudar você!
x