Notícia

Concurso Prefeitura SP: veja a classificação final para Fiscal

Novo edital é autorizado!

Os candidatos, que concorrem a uma das 175 vagas para Fiscal de Posturas no concurso da Prefeitura de São Paulo, já podem conferir a classificação final e análise de recursos contra a dissertativa. Confira:

Vale lembrar que a classificação definitiva ainda será publicada após a conclusão da etapa de aferição dos candidatos que se autodeclararam negros. O documento está previsto para janeiro de 2024.

Além disso, os candidatos para APPGG realizaram a etapa de prova discursiva no dia 10 de dezembro. No entanto, ainda não foi divulgada a classificação prévia.

Ademais, a classificação definitiva para APDO já foi divulgada. Confira abaixo:

Recentemente, foi autorizado um novo edital do concurso SP, dessa vez, para o cargo de Analista de Planejamento e Desenvolvimento Organizacional – TI e Comunicação.

De acordo com o despacho assinado pelo prefeito, Ricardo Nunes, a seleção será para provimento de 52 vagas, cuja exigência é de nível superior de formação.

Agora, o próximo passo será a formação de uma comissão organizadora que ficará responsável pela fiscalização do certame e também da contratação da banca aplicadora de provas.

  • Prefeitura de São Paulo – Analista de Planejamento (TI/Comunicação)
  • Status: Autorizado
  • Banca: a definir
  • Vagas: 52
  • Salário inicial: R$ 6.106,33 (último edital)
  • Último edital: Edital Prefeitura de SP 2015

Se você tem interesse nas demais informações do concurso da prefeitura de SP, elaboramos neste artigo os pontos mais importantes do certame:

Concurso Prefeitura de SP: principais datas

APPGG

  • Data da prova objetiva: 17 de setembro (manhã e tarde)
  • Data da prova dissertativa: 10 de dezembro (tarde)
  • Classificação prévia: em breve
  • Cronograma complementar

Fiscal de Posturas

Analista de Planejamento

  • Data da prova objetiva: 17 de setembro (manhã)
  • Data da prova dissertativa: 17 de setembro (tarde)
  • Cronograma complementar

Concurso Prefeitura de SP: distribuição das vagas

CargoVagas totalInscritosSalário
Fiscal de Posturas17512.880R$ 8.000,00
Analista de Políticas Públicas e Gestão Governamental327.760R$ 12.000,00
Analista de Planejamento e Desenvolvimento
Organizacional – Ciências Contábeis
501.239R$ 9.000,00
Quadro das vagas distribuídas por cargos

Concurso Prefeitura de SP: carreira

Requisitos

Para ingressar novas cargos de Fiscal de Posturas e Analista de Políticas Públicas, é necessário apresentar, no ato da posse, diploma de curso superior em qualquer área de formação.

>>> Confira uma entrevista exclusiva com André Saad, fiscal de posturas há 20 anos

Para Analista de Planejamento e Desenvolvimento Organizacional, é necessário possuir diploma ou certificado de conclusão de curso superior de graduação em Ciências Contábeis e Registro no Conselho Regional de Contabilidade.

Atribuições

Fiscal de Posturas:

  • Buscar o contínuo aperfeiçoamento e inovação no desempenho das atribuições do cargo na gestão pública;
  • Desenvolver as relações de trabalho, com proatividade, determinação, responsabilidade social, ética, sustentabilidade, qualidade, integridade, retidão, transparência e equidade na gestão pública;
  • Capacidade de superar o desempenho padrão e apresentar soluções alinhadas ao cumprimento de metas e ao alcance dos objetivos estratégicos das organizações públicas para garantir o atendimento das necessidades dos usuários e dos cidadãos, entre outras.

APPGG:

  • Supervisão, coordenação, execução, monitoramento e avaliação de projetos, atividades e políticas públicas da Administração Direta e Indireta da Prefeitura do Município de São Paulo.

Analista de Planejamento e Desenvolvimento Organizacional:

  • Elaborar plano de contas, rotinas e normas técnicas de contabilidade, balancetes, balanços e demonstrações contábeis e financeiras de forma analítica e sintética;
  • Definir a classificação de receitas e despesas;
  • Orientar e supervisionar a escrituração dos atos e fatos contábeis;
  • Proceder à incorporação e consolidação de balanços;
  • Realizar auditorias contábeis e nos processos de realização de despesas em todas as suas etapas;
  • Apurar o valor patrimonial de participações, quotas, ações e convênios;
  • Avaliar balanços do ponto de vista contábil, e acervos patrimoniais e verificar haveres e obrigações para quaisquer finalidades.

Remuneração

A remuneração inicial do cargo de APPGG é de R$ 12 mil. Em consulta ao Portal da Transparência da prefeitura, é possível encontrar servidor ganhando entre R$ 9.632,52 e R$ 25.303,23 (bruto).

Já no caso de Fiscal de Posturas, a remuneração inicial é de R$ 8.000,00 (veja a estrutura remuneratória) mais abonos, gratificações e adicionais.

Para Analista de Planejamento e Orçamento, o valor inicial é de R$ 9.000,00.

Concurso Prefeitura de SP: etapas do edital de APPGG

A avaliação dos candidatos é feita através de duas etapas, sendo elas provas objetiva e dissertativa, de caráter eliminatório e classificatório.

Os aprovados nas etapas acima mencionadas ainda passarão por uma avaliação de títulos, de caráter classificatório.

Prova objetiva

A prova objetiva foi composta por 140 questões de múltipla escolha com 5 alternativas, sendo apenas uma alternativa correta.

Além disso, teve a duração de 4 horas cada turno (manhã e tarde) e foi avaliada na escala de 0 a 175 pontos.

  • Conhecimentos Gerais:
    • 20 – Língua Portuguesa;
    • 18 – Pensamento Analítico e Quantitativo;
    • 16 – Gestão Pública Contemporânea;
    • 16 – Organização do Estado Brasileiro.
  • Conhecimentos Específicos:
    • 18 – Gestão Governamental e das Organizações Públicas;
    • 16 – Políticas Públicas em Contexto Federativo;
    • 10 – Finanças Públicas;
    • 14 – Políticas Públicas e Análise de Dados;
    • 12 – Dinâmicas do Município de São Paulo.

Foi considerado habilitado na prova objetiva o candidato que obtivesse nota igual ou superior a 50% e não zerasse em nenhum dos componentes.

Provas dissertativas

A prova dissertativa foi composta de uma redação, uma questão e um estudo de caso, com duração de 4 horas.

A prova dissertativa – redação avaliou as habilidades de escrita do candidato, que precisou escrever um texto dissertativo-argumentativo coeso e coerente sobre um determinado tema.

A prova dissertativa – questão e estudo de caso, avaliou os conhecimentos necessários ao desempenho pleno das atribuições do candidato ao respectivo cargo, considerando sua capacidade de leitura, de interpretação e de escrita.

A prova dissertativa – questão e estudo de caso – consistiu de questão dissertativa de extensão de resposta entre 10 e 15 linhas e de estudo de caso de extensão de resposta entre 10 e 40 linhas.

Prova de títulos

A prova de títulos foi realizada digitalmente (upload) no período de 21 a 28 de setembro, com o envio dos títulos por meio do site da Fundação Vunesp.

Tabela de atribuição de pontos na Prova de Títulos para APPGG

Concurso Prefeitura de SP: etapas do edital de APDO

A avaliação dos candidatos foi feita através de duas etapas, sendo elas provas objetiva e dissertativa, de caráter eliminatório e classificatório. As provas foram aplicadas no dia 17 de setembro.

Prova objetiva

A prova objetiva, foi composta por 80 questões de múltipla escolha com 5 alternativas, sendo apenas uma alternativa correta.

Além disso, teve a duração de 4 horas (turno da manhã) e foi avaliada na escala de 0 a 120 pontos.

  • 08 – Língua Portuguesa;
  • 12 – Pensamento Analítico e Matemática Financeira;
  • 20 – Princípios e Legislação Básica do Estado Brasileiro;
  • 40 – Conhecimentos Específico.

Será considerado habilitado na prova objetiva o candidato que obtiver nota igual ou superior a 60 e não zerar em nenhum dos componentes da prova.

Provas dissertativas

A prova dissertativa, de caráter eliminatório e classificatório, foi composta de uma redação, uma questão e um estudo de caso, com duração de 4 horas.

A prova dissertativa – redação, visa avaliar as habilidades de escrita do candidato, que deverá escrever um texto dissertativo-argumentativo coeso e coerente sobre um determinado tema.

A prova dissertativa – questão e estudo de caso, visa avaliar os conhecimentos necessários ao desempenho pleno das atribuições do candidato ao respectivo cargo, além de considerar sua capacidade de leitura, de interpretação e de escrita.

A questão dissertativa devia ter extensão de resposta entre 10 e 15 linhas. Já o estudo de caso, entre 10 e 30 linhas.

A prova dissertativa valeu 90 pontos, sendo:

  • redação: 30 pontos;
  • questão: 30 pontos;
  • estudo de caso: 30 pontos.

Será considerado habilitado o candidato que obtiver nota igual ou superior a 45 pontos, na soma das provas dissertativas (redação, questão, estudo de caso).

Concurso Prefeitura de SP: etapas do edital de Fiscal de Posturas

A avaliação dos candidatos foi feita através de duas etapas, sendo elas provas objetiva e dissertativa, de caráter eliminatório e classificatório. Ambas aplicadas no dia 27 de agosto.

Prova objetiva

A prova objetiva foi composta por 80 questões de múltipla escolha com 5 alternativas cada, sendo apenas uma alternativa correta.

Além disso, teve a duração de 4 horas e foi avaliada na escala de 0 a 100 pontos.

  • 10 – Língua Portuguesa;
  • 10 – Unidades de Medidas e Raciocínio Lógico-Quantitativo;
  • 15 – Noções de Direito;
  • 24 – Legislação Municipal;
  • 07 – Características do Município de São Paulo;
  • 14 – Ferramentas Aplicadas ao Trabalho.

Foi considerado habilitado na prova objetiva o candidato que obteve nota igual ou superior a 50 e não zerou em nenhum dos componentes da prova.

Prova dissertativa – redação

A prova dissertativa, de caráter eliminatório e classificatório, foi composta de uma redação e de um estudo de caso.

Além disso, valeu 100 pontos e será considerado habilitado o candidato que obtiver nota igual ou superior a 50 pontos.

A redação visou avaliar as habilidades de escrita do candidato, que escreveu um texto
dissertativo-argumentativo coeso e coerente sobre um determinado tema, de acordo com a norma-padrão da língua portuguesa.

Prova dissertativa – estudo de caso

O estudo de caso será avaliado na escala de 0 a 100 pontos, sendo considerado habilitado o candidato que obtiver nota igual ou superior a 50 pontos.

Esta etapa visou avaliar os conhecimentos necessários ao desempenho pleno das atribuições do candidato ao respectivo cargo, além de considerar sua capacidade de leitura, de interpretação e de escrita na forma culta da língua portuguesa.

Último concurso Prefeitura de SP: Analista de Planejamento

O último concurso público para o cargo de Analista de Planejamento e Desenvolvimento Organizacional – Tecnologia da Informação e Comunicação teve seu edital publicado em 2015.

Na época, a seleção ofertou 90 vagas com exigência em nível superior de formação. Os aprovados tiveram salários iniciais de até R$ 6.106.33.

Ademais, o concurso foi organizadora pela empresa Fundação Vunesp, com aplicação de provas objetivas e dissertativas, ambas de caráter eliminatório e classificatório. Veja os detalhes logo abaixo:

Último concurso Prefeitura de SP: Analista de Planejamento

Já a prova dissertativa – de caráter eliminatório e classificatório – foi avaliada na seguinte conformidade:

Último concurso Prefeitura de SP: Analista de Planejamento

Cursos para o concurso Prefeitura de SP

Assinatura de Concursos

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Quer saber tudo sobre concursos previstos?
Confira nossos artigos!

Informações do Concurso Prefeitura de São Paulo

Informações do novo concurso da Prefeitura SP

  • Data prevista: 2024
  • Vagas: 54
  • Cargo: Analista de Planejamento (TI/Comunicação)
  • Banca: a definir
  • Escolaridade: nível superior
  • Último edital: Edital Prefeitura de SP 2015

Informações dos concursos da Prefeitura SP

  • Data da prova: 17/09 e 10/12/2023
  • Vagas: 32
  • Cargo: Analista de Políticas Públicas e Gestão Governamental
  • Banca: Vunesp
  • Escolaridade: Nível superior
  • Edital: APPGG 2023
  • Data da prova: 17/09/2023
  • Vagas: 50
  • Cargo: Analista de Planejamento e Desenvolvimento Organizacional – Ciências Contábeis
  • Banca: Vunesp
  • Escolaridade: Nível superior
  • Edital: Analista de Planejamento 2023
  • Data da prova: 27/08/2023
  • Vagas: 175
  • Cargos: Fiscal de Posturas
  • Banca: Vunesp
  • Escolaridade: Nível superior
  • Edital: Fiscal de Posturas 2023

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja os comentários
  • Pode ter formação acadêmica em qualquer área para prestar o concurso para nível superior?
    Rosemeire Ibanez em 02/08/20 às 18:51
  • Quando vai abrir curso para este concurso?
    Silvia em 31/07/20 às 12:28
  • Para o concurso da prefeitura de São Paulo será aberto vagas para deficiente físico participar ??
    Marcos Gomes de Alcantara em 31/07/20 às 11:53
  • Analista de servicos publicos é qualquer área? não informou a especialização.
    Eliseu SP em 31/07/20 às 11:19
  • Então, como estou com uma certidão de aprovação do concurso realizado em 2018, tenho prioridade sobre os novos concursados. hauahuahaua Vamos beberrrrrrr!
    Rafael em 30/07/20 às 13:28
  • Tem certeza de que é CLT? Não vale a pena, é inseguro!
    Ronaldo em 19/07/20 às 19:02
  • Quando haverá turmas para este concurso ???????
    SOLANGE SIQUEIRA ANDRADE CELESTINO em 07/07/20 às 08:30
  • Quando vocês vão abrir um curso para esse concurso?
    Letícia em 22/03/20 às 01:22