Notícia

Concurso MPO: data da discursiva é alterada para 07/07!

Resultado das objetivas é divulgado!

Acesse agora o Grupo de Estudos do MPO

As provas discursivas do concurso MPO (Ministério do Planejamento e Orçamento) seriam aplicadas em 9 de junho. Contudo, a etapa foi adiada para todos os candidatos devido ao estado de calamidade pública enfrentado pelo Rio Grande do Sul.

Agora, as avaliações discursivas acontecerão no dia 7 de julho. Consequentemente, outras datas do cronograma também passaram por alterações.

Abaixo, confira as informações sobre o cronograma, resultado final da objetiva e convocação da discursiva.

No total, 12.763 candidatos se inscreveram para participar da seleção, sendo que a especialidade mais buscada foi a Geral, com 9.193 inscrições.

Ao todo, são ofertadas 100 vagas para o cargo de Analista de Planejamento e Orçamento, com iniciais de R$ 20,9 mil!

  • Ministério do Planejamento e Orçamento – Analista de Planejamento e Orçamento
  • Status: Provas objetivas aplicadas | Discursiva em 07/07
  • Banca: Cebraspe
  • Vagas: 100
  • Salário inicial: R$ 20.924,80
  • Edital retificado: MPO (APO)-2024

Além deste, outro certame, vinculado ao Concurso Nacional Unificado, também teve suas inscrições encerradas. São 60 vagas para diferentes cargos de nível superior de formação. São eles:

  • Analista Técnico-Administrativo (R$ 5.488,70): 45 vagas; e
  • Economista (R$ 6.804,55): 15 vagas.

Sob organização da Fundação Cesgranrio, todo o procedimento de inscrição pôde ser realizado até o dia 09 de fevereiro, no site do Gov.br. As provas serão aplicadas no dia 18 de agosto.

  • Ministério do Planejamento e Orçamento
  • Status: provas em 18/08
  • Banca: Fundação Cesgranrio
  • Vagas: 60
  • Salário inicial: R$ 5.488,70 a R$ 6.804,55
  • Editais retificados: Bloco 6 (Economista) | Bloco 7 (Analista)

A fim de te deixar sempre bem informado, elaboramos este artigo com as principais informações e novidades sobre o concurso MPO. Acompanhe os tópicos abaixo e não perca nenhum detalhe:

Concurso MPO (APO): principais datas

  • Período de inscrições: 31 de janeiro a 21 de fevereiro
  • Prova Objetiva: 28 de abril
  • Prova Discursiva: 07 de julho

Concurso MPO (APO): cargos, vagas e salário

CargosVagasSalários
Analista de Planejamento e Orçamento (APO)100R$ 20.924,80
Vagas e salários ofertados para APO
Tabela da distribuição das vagas para APO por especialidade
Distribuição das vagas do concurso MPO (APO)

Concurso MPO (APO): etapas e provas

A seleção dos candidatos inscritos no concurso MPO para APO se dá mediante aplicação das seguintes etapas:

  • Primeira Etapa, de responsabilidade do Cebraspe:
    • Provas objetivas e discursivas, de caráter eliminatório e classificatório; e
    • Avaliação de Títulos, de caráter classificatório.
  • Segunda Etapa, de responsabilidade do MPO:
    • Curso de formação, de caráter eliminatório e classificatório.

Prova Objetiva

A prova objetiva foi aplicada em 28 de abril, no turno da manhã. Com duração de 3 horas, a avaliação conteve 200 questões do tipo CERTO ou ERRADO, assim distribuídas:

Quadro de detalhes da prova objetiva para APO
Quadro de detalhes da prova objetiva para APO
Quadro de detalhes da prova objetiva para APO
Quadro de detalhes da prova objetiva para APO

Será reprovado nas provas objetivas e eliminado do concurso público o candidato que se enquadrar em pelo menos um dos itens a seguir:

  • obtiver nota inferior a 20,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos básicos P1 ;
  • obtiver nota inferior a 40,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos específicos P2 ; e
  • obtiver nota inferior a 90,00 pontos no conjunto das provas objetivas.

Prova Discursiva

A prova discursiva P3 terá a duração de 3 horas e será aplicada na data provável de 7 de julho, no turno da manhã e à tarde para a P4.

  • prova discursiva P3: um parecer a respeito de planejamento e orçamento público, constante do subitem 16.2.3 deste edital, comum a todas as especialidades, a ser respondido em até 60 linhas, com valor de 70,00 pontos; e uma questão a respeito de realidade brasileira, comum a todas as especialidades, a ser respondida em até 30 linhas, com valor de 30,00; e
  • prova discursiva P4: uma dissertação, a ser respondida em até 60 linhas, com valor de 70,00 pontos, e uma questão, a ser respondida em até 30 linhas, com valor de 30,00 pontos acerca de temas relacionados aos conhecimentos específicos para cada cargo/especialidade.

Avaliação de Títulos

De acordo com o edital MPO (APO), somente serão aceitos os títulos abaixo relacionados, expedidos até a data de envio, observados os limites de pontos do quadro a seguir.

Quadro de atribuição de pontos na Avaliação de títulos do edital MPO (APO)
Quadro de títulos

Curso de Formação

O curso de formação terá a carga horária mínima de 360 horas e será realizado pela Fundação Escola Nacional de Administração Pública (Enap), em Brasília/DF, em período a ser divulgado em edital de
convocação.

O candidato regularmente matriculado fará jus, a título de auxílio financeiro, a 50% da remuneração da classe/padrão inicial do cargo e, no caso de ser servidor da Administração Pública Federal, ser-lhe-á facultado optar pela percepção do vencimento e das vantagens de seu cargo efetivo.

A nota final no concurso será o somatório da nota final obtida na primeira etapa do concurso e da nota final obtida no curso de formação.


Concurso MPO no CNU: principais datas

  • Período de inscrições: 19 de janeiro a 09 de fevereiro
  • Isenção da taxa: 19 a 26 de janeiro
  • Provas: 18 de agosto

Cargos e vagas do concurso MPO

CargoVagasSalário
Analista Técnico-Administrativo45R$ 5.488,70
Economista15R$ 6.804,55
Vagas e salários ofertados em edital

Etapas e provas do concurso MPO

Os candidatos do concurso MPO serão avaliados mediante aplicação das seguintes etapas abaixo:

  • 1ª etapa, dividida nas seguintes fases:
    • 1ª fase: provas objetivas e dissertativas, de caráter classificatório e eliminatório;
    • 2ª fase: perícia médica (avaliação biopsicossocial) dos candidatos que se declararem com deficiência, de caráter unicamente eliminatório;
    • 3ª fase: procedimento de verificação da condição declarada para concorrer às vagas reservadas aos candidatos negros, de caráter unicamente eliminatório.
  • 2ª etapa: destinada a avaliação de títulos, de caráter classificatório.

Prova objetiva

A prova objetiva será constituída de 70 questões de múltipla escolha, sendo 20 de conhecimentos gerais e 50 de conhecimentos específicos.

Tabela de detalhes da Prova Objetiva para Analista-Técnico Administrativo
Quadro de provas – Analista-Técnico Administrativo
Tabela de detalhes da Prova Objetiva para Economista
Quadro de provas – Economista

Será eliminado o candidato que: obtiver aproveitamento inferior a 40% da pontuação nas provas objetivas de Conhecimentos gerais (P1) e de Conhecimentos Específicos (P2), ou obtiver nota zero na Prova discursiva.

Prova discursiva

Será considerado habilitado para a Prova discursiva o candidato que estiver classificado nas Provas objetivas, considerando-se a soma das notas ponderadas das provas objetivas de Conhecimentos Gerais (P1) e de Conhecimentos Específicos (P2), no órgão/cargo/especialidade para o qual se inscreveu, nas primeiras posições, obedecendo-se ao quantitativo previsto no ANEXO I – QUADROS DE ÓRGÃOS/ CARGOS/ ESPECIALIDADE, VAGAS do edital.

Será eliminado o candidato que:
a) obtiver nota zero na Prova discursiva;
b) elaborar uma resposta que for assinada e/ou apresentar qualquer sinal que, de alguma forma, possibilite a sua identificação.

Prova de títulos

A Prova de Títulos, de caráter classificatório, consistirá, conforme os QUADROS DE ATRIBUIÇÃO DE PONTOS PARA A AVALIAÇÃO DE TÍTULOS (Anexo VI), na titulação acadêmica e/ou na experiência profissional do candidato e/ou na produção acadêmica/técnica/cultural, limitada à pontuação máxima de 10,0 pontos.

Quadro de atribuição de pontos na Avaliação de títulos para Economista
Quadro de títulos – Economista

Concurso MPO: carreira de APO

Remuneração

Conforme a Tabela de Remuneração do Servidores Federais, é possível notar que os servidores da carreira de Analista recebem salários iniciais de R$ 5.488,70.

No entanto, a carreira possibilita que os aprovados possam chegar a R$ 9.728,38 no final da carreira. As jornadas de trabalho são de 40 horas semanais. Confira abaixo:

Tabela remuneratória do MPO para o cargo de Analista
  • Economista: R$ 6.804,55.

Requisitos

Analista Técnico-Administrativo: Certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Economista: Diploma devidamente registrado de conclusão de curso de graduação de nível superior em economia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Atribuições

Analista Técnico-Administrativo: Atribuições voltadas a planejamento, supervisão, coordenação, controle, acompanhamento e à execução de atividades de atendimento ao cidadão e de atividades técnicas e especializadas, de nível superior, necessárias ao exercício das competências constitucionais e legais a cargo dos órgãos e entidades da administração pública federal, bem como à implementação de políticas e à realização de estudos e pesquisas na sua área de atuação, ressalvadas as atividades privativas de Carreiras específicas, fazendo uso de todos os equipamentos e recursos disponíveis para a consecução dessas atividades.

Economista: Desenvolver atividades de planejamento, supervisão, coordenação ou execução em grau maior de complexidade; elaboração de projetos relativos a pesquisas e análises econômicas nacionais e internacionais a respeito de comércio, indústria, finanças, abastecimento, estruturas patrimoniais e investimentos nacionais ou estrangeiros, bem como desenvolver atividades correlatas ao cargo.

Local do exercício

  • Analista Técnico-Administrativo: Brasília/DF;
  • Economista: Brasília/DF.

Sobre o MPO

O Ministério do Planejamento e Orçamento, antigo Ministério do Planejamento, foi extinto durante o governo de Jair Bolsonaro e reaberto pelo atual presidente, Luís Inácio Lula da Silva.

O órgão foi um dos englobados para a criação, juntamente com outros ministérios, do Ministério da Economia.

São atribuições gerais do Ministério do Planejamento e Orçamento:

  • Elaboração de subsídios para o planejamento e a formulação de políticas públicas de longo prazo destinadas ao desenvolvimento nacional;
  • Avaliação dos impactos socioeconômicos das políticas e dos programas do governo federal e elaboração de estudos especiais para a reformulação de políticas;
  • Elaboração de estudos e pesquisas para acompanhamento da conjuntura socioeconômica e gestão dos sistemas cartográficos e estatísticos nacionais;
  • Elaboração, acompanhamento e avaliação do plano plurianual de investimentos e dos orçamentos anuais;
  • Viabilização de novas fontes de recursos para os planos de governo; e
  • Formulação de diretrizes, acompanhamento e avaliação de financiamentos externos de projetos públicos com organismos multilaterais e agências governamentais.

Concurso MPO: carreira de APO

Remuneração

Foi sancionado o reajuste salarial de 9% dos servidores do executivo federal. Com isso, as remunerações da carreira de APO passaram a ser as seguintes com valor inicial de R$ 20.924,80:

Tabela remuneratória para a carreira de APO

Requisitos

Para ingressar no cargo de Analista de Planejamento e Orçamento é necessário possuir curso superior concluído em nível de graduação.

Atribuições do cargo de APO

  • Atividades de nível superior, de complexidade e responsabilidade elevadas, compreendendo direção superior da administração orçamentária e planejamento público, assessoramento especializado, inclusive na área internacional, orientação e supervisão de auxiliares, abrangendo estudo, pesquisa, análise e interpretação da legislação econômico-fiscal, orçamentária, de planejamento, de pessoal e encargos sociais, com vistas à adequação da política de planejamento e orçamento ao desenvolvimento econômico;
  • Supervisão, coordenação e execução dos trabalhos referentes à elaboração, acompanhamento e revisão dos instrumentos legais de planejamento e orçamento (PPA, LDO e LOA);
  • Desenvolvimento dos trabalhos de articulação entre o planejamento e os orçamentos governamentais, modernização e informatização dos sistemas de planejamento e orçamento da União.

Quer estudar para o concurso MPO?

Assinatura Concursos

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Quer saber tudo sobre concursos previstos?
Confira nossos artigos!

ficha técnica mpo

Informações do concurso MPO – CNU

  • Prova: 18/08/2024
  • Vagas: 60
  • Cargos: Analista Técnico-Administrativo e Economista
  • Banca: Fundação Cesgranrio
  • Escolaridade: Nível superior
  • Editais retificados: Bloco 6 (Economista) | Bloco 7 (Analista)

Informações do concurso MPO – APO

  • Prova: 28/04/2024
  • Vagas: 100
  • Cargos: Analista de Planejamento e Orçamento
  • Banca: Cebraspe
  • Escolaridade: Nível superior
  • Edital retificado: MPO (APO)-2024

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja os comentários
  • Nenhum comentário enviado.