ENTREVISTA: Wagner Lázaro - Aprovado no concurso ISS Campinas em 2º lugar no cargo de Agente Fiscal Tributário

Entrevista:

ENTREVISTA: Wagner Lázaro – Aprovado no concurso ISS Campinas em 2º lugar no cargo de Agente Fiscal Tributário

“Não tenha medo de errar, não tenha vergonha das reprovações, não compare sua pouca disponibilidade de tempo pra estudar com quem apenas estuda e, por fim, que tenha fé em Deus, auxílio presente na angústia. Por mais que seu sonho seja difícil, no final, você verá que os dias de luta para alcançá-lo foram os que trouxeram um grande significado para sua existência.”

Confira nossa entrevista com Wagner Lázaro, aprovado no concurso ISS Campinas no cargo de Agente Fiscal Tributário:

Estratégia Concursos: Você é formado em que área? Qual sua idade? De onde você é?

Wagner Lázaro: Sou formado em engenharia civil, tenho 35 anos e sou de Bauru/SP.

Estratégia: O que te levou a tomar a decisão de começar a estudar para concursos?

Wagner: Quando tinha 18 anos entreguei mais de quarenta currículos e não fui nem chamado pra entrevista, isso me trouxe uma preocupação muito grande na época e resolvi prestar meu primeiro concurso de soldado temporário na polícia militar, onde fiquei por dois anos trabalhando administrativamente.

Estratégia: Durante sua caminhada como concurseiro, você trabalhava e estudava (como conciliava trabalho e estudos?), ou se dedicava inteiramente aos estudos para concurso?

Wagner: Sempre tive que trabalhar e estudar, como meus trabalhos foram em regime de plantão, utilizava os dias de folga para estudar.

Estratégia: Em quais concursos já foi aprovado? Qual o último? Em qual cargo e em que colocação?

Wagner: Aprovações: soldado temporário PMESP, soldado efetivo PMESP, agente de escolta e vigilância penitenciária (tomei posse e fiquei por três anos e pouco), escrivão da Policia civil SP e, por fim, agente fiscal tributário em Campinas/SP, 2°lugar, esperando ansiosamente pela posse… Rsrs

Reprovações: duas vezes escrevente TJ SP, escriturário Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, duas vezes Centrinho USP, Auditor Fiscal Goiás (classificado longe), auditor fiscal Guarulhos (classificado longe), TCE SP (classificado longe) e Auditor fiscal Campinas.

Estratégia: Qual foi sua sensação ao ver seu nome na lista dos aprovados?

Wagner: Um misto de grande felicidade com alívio.. Rsrs

Estratégia: Como era sua vida social durante a preparação para concursos? Você saía com amigos, família, etc? Ou adotou uma postura radical, abdicando do convívio social?

Wagner: Adotei uma postura mais radical, saindo apenas pra passear com minha noiva uma vez por semana e alguns dias na casa da minha mãe.

Estratégia: Você é casado? Tem filhos? Namora? Mora com seus pais? Sua família entendeu e apoiou sua caminhada como concurseiro? Se sim, de que forma?

Wagner: Sou noivo e moro sozinho. Minha mãe e irmãos sempre me apoiaram dizendo que eu estava próximo da aprovação, mesmo com tantas reprovações

Estratégia: Você acha que vale a pena fazer outros concursos, com foco diferente daquele concurso que é realmente seu objetivo maior?

Wagner: Se a pessoa está em um local de trabalho e não está se sentindo bem ou se está desempregada, eu penso que ela deve aproveitar as oportunidades que vão aparecendo, mas nunca esquecendo o concurso dos sonhos. Meu sonho (e de todos concurseiros fiscais.. Rsrs) é ser auditor da Receita Federal ou ICMS São Paulo, sem ordem de preferência entre os dois.

Agora que terei uma qualidade de vida melhor, continuarei fazendo as revisões das matérias-chaves, remodelando meu plano de estudo e introduzindo algumas específicas.

Estratégia: Você estudou por quanto tempo direcionado ao concurso em que foi aprovado?

Wagner: Como já estava estudando para outros fiscos desde 2016, quando abriu o edital de Campinas, peguei firme na legislação tributária, direito civil e português.

Estratégia: Chegou a estudar sem ter edital na praça? Durante esse tempo, como você fazia para manter a disciplina nos estudos?

Wagner: Sim, nunca parei de estudar as básicas (tributário, português, raciocínio lógico, direito constitucional e direito administrativo). Minha motivação sempre foi a expectativa de sair o edital da Receita Federal e a preocupação de não estar competitivo nem nas matérias básicas.

Estratégia: Como conheceu o Estratégia Concursos?

Wagner: Pesquisei no Google. O índice de aprovação dos diversos materiais em PDF e com o grande número de aprovados no concurso da Receita Federal e outros fiscos, resolvi adotá-lo como principal material de estudo: foi uma decisão muito acertada. Aproveito para agradecer ao professor Wagner Damazio e a sua equipe pelo material disponibilizado na disciplina Legislação Tributária, não teria conseguido a aprovação sem os simulados de questões inéditas, quadros esquemáticos e fórum de dúvidas.

Estratégia: Que materiais você usou em sua preparação para o concurso? Aulas presenciais, telepresenciais, livros, cursos em PDF, videoaulas? O que funcionou melhor para você?

Wagner: Para o cargo de agente fiscal tributário de Campinas eu só utilizei os PDFs do Estratégia. Mas nessa minha caminhada eu já utilizei todos os tipos de materiais, sendo que para abrir a cabeça para a disciplina Contabilidade utilizei um material em videoaula, mas após esse contato inicial com a matéria, meu estudo passou a ser apenas pelos PDFs, pois consigo ir no meu ritmo de leitura e sinto que a minha concentração é maior lendo e fazendo as marcações para futuras revisões.

Estratégia: Uma das principais dificuldades de todo concursando é a quantidade de assuntos que deve ser memorizada. Como você fez para estudar todo o conteúdo do concurso? Falando de modo mais específico: você estudava várias matérias ao mesmo tempo? Quantas? Costumava fazer resumos? Focava mais em exercícios, ou na leitura e releitura da teoria? Como montou seu plano de estudos? Quantas horas por dia costumava estudar?

Wagner: Como já tinha visto a maioria das matérias, foquei apenas nas específicas, fiz as questões comentadas de final de capítulo do material do Estratégia do ISS Campinas referentes às matérias básicas, além de reler as marcações do material das básicas da Receita Federal.

Em média consigo estudar apenas cinco horas líquidas por dia (não contando os dias em que não conseguia estudar devido aos estressantes plantões como escrivão da polícia).

Meu plano de estudo foi baseado em uma planilha fornecida em 2016 pelo Estratégia. Através dela organizei a carga horária de estudos, privilegiando as específicas, mas não negligenciando a resolução de questões de final de capítulo das matérias básicas e leitura das marcações, haja vista que não tenho costume de fazer resumos.

Estratégia: Você tinha mais dificuldades em alguma(s) disciplina(s)? Quais? Como você fez para superar estas dificuldades?

Wagner: Minha principal dificuldade é Direito Civil e para aumentar o número de acertos fiz todas as questões do material e li bastante os artigos selecionados pelos professores da disciplina.

Estratégia: A reta final é sempre um período estressante. Como foi sua rotina de estudos na semana que antecedeu a prova? E véspera de prova: foi dia de descanso ou dia de estudo?

Wagner: Sim, bastante estressante, não sei como minha noiva suportou minha chatice.. Rsrs. Na última semana privilegiei legislação tributária do município relendo todas as marcações feitas no PDF e refiz algumas questões que errei.

Na véspera da prova eu dei uma olhada nas competências da União, legitimados da ADIn e revisei algumas tabelas de prazo da legislação específica municipal.

Estratégia: Se você tivesse que apontar ERROS em sua preparação (se é que houve), quais seriam? Diga-nos também quais foram os maiores ACERTOS?

Wagner: Eu deveria ter feito mais atividades físicas e de lazer no decorrer da preparação, pois me sentia exausto nas últimas semanas e talvez até um pouco deprimido. Isso teria feito meus dias mais leves e, talvez, ido até melhor na prova de auditor de Campinas, que ocorreu na semana seguinte à de agente fiscal tributário.

Meu maior acerto foi acreditar que era possível ir bem na prova de agente devido à grande carga horária estudada para auditor, pois com essa ideia fui mais tranquilo para fazer a prova.

Estratégia: O que foi mais difícil nessa caminhada rumo à aprovação? Chegou a pensar, por algum momento, em desistir? Se sim, como fez para seguir em frente? Qual foi sua principal motivação?

Wagner: O mais difícil é se manter motivado por tanto tempo enquanto não sai o edital desejado e também gerenciar a parte psicológica ao ser reprovado em tantos concursos como eu fui.

Pensei em desistir várias vezes, mas olhava para as mais de três mil horas de estudos registradas no aplicativo Aprovado e sabia que não podia jogar no lixo tanto tempo de vida, além do que eu percebia que estava evoluindo nas matérias que antes ia muito mal, como, por exemplo, contabilidade e direito administrativo.

O desejo de parar de trabalhar à noite na Polícia Civil como escrivão também me motivava bastante quando tinha pensamentos ruins.

Estratégia: Por fim, o que você aconselharia a alguém que está iniciando seus estudos para concurso. Deixe-nos sua mensagem para todos aqueles que um dia almejam chegar aonde você chegou!

Wagner: Meus conselhos para quem está começando os estudos é que não tenha medo de errar, não tenha vergonha das reprovações, não compare sua pouca disponibilidade de tempo pra estudar com quem apenas estuda e, por fim, que tenha fé em Deus, auxílio presente na angústia.

Por mais que seu sonho seja difícil, no final, você verá que os dias de luta para alcançá-lo foram os que trouxeram um grande significado para sua existência.

Confira outras entrevistas em:

Depoimentos de Aprovados

Cursos Online para Concursos

Foi aprovado e deseja dividir com a gente e com outros concurseiros como foi sua trajetória até a aprovação?! Mande um e-mail para: [email protected]

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Resultados:

  • Concurso SEFAZ-AL 2020 - Auditor Fiscal Dentro das 60 vagas ofertadas, 32 são nossos alunos
  • Concurso DEAP SC - Agente Penitenciário Feminino 2019 Das 50 melhores colocadas, 16 são nossas alunas
  • Concurso MP RJ - Oficial 2019 Dos 10 primeiros colocados, 6 são nossos alunos
  • Concurso MP RJ - Técnico Administrativo Dos 10 primeiros colocados, 7 são nossos alunos
  • Concurso MP RJ - Analista Administrativo 2019 Dos 10 primeiros colocados, 8 são nossos alunos