Entrevista aprovado OAB - Estratégia Concursos

Entrevista:

ENTREVISTA: Tiago Oliveira Carvalho – Aprovado na segunda fase do Exame de Ordem em sua primeira tentativa

“Meu conselho é: fazer muitos exercícios; dar uma lida superficial em todo o conteúdo, e; principalmente, na hora da prova, estruturar as respostas com os artigos que serão utilizados (pesquisar no índice remissivo). Depois é só passar a limpo. Mesmo que demore nessa parte inicial da prova, depois você se sente tranquilo, pois já está com todas as respostas ali na sua frente, é só passar a limpo”.

Confira nossa entrevista com Tiago Oliveira Carvalho, aprovado na segunda fase do Exame de Ordem em sua primeira tentativa:

Estratégia Concursos: Conte-nos um pouco sobre você, para que nosso leitor possa te conhecer melhor. Qual o seu nome? Qual sua idade? De onde você é? Já conclui sua graduação?

Tiago Oliveira Carvalho: Meu nome é Tiago Oliveira Carvalho, tenho 24 anos e sou de Brasília. Estou só aguardando a data da colação de grau, pois já acabei todas as matérias do curso.

Estratégia: Durante seus estudos para o Exame de Ordem, você trabalhava, fazia faculdade e estudava para o Exame (como conciliava?), ou se dedicava inteiramente aos estudos?

Tiago: Durante os estudos para o Exame da Ordem eu estagiava e precisava finalizar a monografia. Foi bem difícil conciliar a monografia com os estudos. Durante duas semanas tive que deixar os estudos de lado só para finalizar o trabalho monográfico, e depois me dediquei exclusivamente ao Exame da Ordem. Foi bem corrido e estressante, mas valeu à pena.

Estratégia: Foi a primeira vez que prestou o Exame de Ordem?

Tiago: Isso. Primeira vez.

Estratégia: Qual foi sua sensação ao ver que havia sido aprovado?

Tiago: Extrema felicidade e depois um alívio tremendo. Toda a tensão tinha acabado e era só comemorar.

Estratégia: Os seus colegas de faculdade e amigos que também estavam estudando também conseguiram aprovação? Qual você acha que foi seu diferencial para alcançar a aprovação?

Tiago: Sim, muitos colegas também atingiram a aprovação.

O diferencial foi manter o equilíbrio emocional na hora do Exame e estruturar todas as respostas antes de começar a escrever. Tive uma professora na Faculdade que ela dizia: Vocês não precisam saber o Código Civil todo, vocês precisam saber fazer a prova (montar o “esqueleto” das respostas). E ela ensinou que devemos procurar e anotar todos os artigos que seriam utilizados nas questões e, só depois, escrever. Eu fiz isso e foi ótimo, mesmo gastando 1h30 só para achar todos os artigos adequados. Depois foi só redigir a resposta contextualizando os artigos à questão.

Enfim… tudo isso foi possível por causa da benção de Deus, que me deu vida, saúde, força, inteligência, sabedoria e condições para minha família investir em mim. Sou eternamente grato pelo amor e cuidado de Deus.

Estratégia: Como era sua vida social durante a sua preparação? Você saía com amigos, família, etc? Ou adotou uma postura radical, abdicando do convívio social para passar o mais rápido possível?

Tiago: Minha postura não foi tão radical mas também não foi desleixada. Durante a semana estudava com dedicação, mas em alguns sábados eu saía para me distrair. Aos domingos e ia e vou à Igreja.

Estratégia: Que materiais você usou em sua preparação para o Exame? Aulas presenciais, telepresenciais, livros, cursos em PDF, videoaulas? Quais foram as principais vantagens e desvantagens de cada um?

Tiago: O material utilizado foi 100% PDF. O bom desse material é a objetividade. Uma desvantagem talvez seja a falta de professor para sanar uma eventual dúvida. Na semana da prova fiz somente duas aulas presenciais que minha faculdade ofereceu gratuitamente.

Estratégia: Como conheceu o Estratégia Concursos?

Tiago: Um amigo me falou do Estratégia em 2015 para estudar pro concurso do TJDFT.

Estratégia: Uma das principais dificuldades de todo o candidato é a quantidade de assuntos que devem ser memorizados. Como você fez para estudar todo o conteúdo? Costumava fazer resumos? Focava mais em exercícios, ou na leitura e releitura da teoria? Como montou seu plano de estudos?

Tiago: Como já falei, você não precisa saber e decorar todo o Código Civil, e sim saber procurar no Vade Mecum os artigos certos (índice remissivo). Não estou falando que você não precisa estudar o conteúdo, mas se você não souber fazer a prova com calma e estratégia, todo o conteúdo memorizado e estudado vai ser em vão.
Estudei fazendo alguns resumos e resolvendo muitas questões de outros Exames. Estudava de manhã e a noite, pois de tarde ia ao estágio.

Estratégia: Você tinha mais dificuldades em alguma(s) disciplina(s)? Quais? Como você fez para superar estas dificuldades?

Tiago: A parte do Código Civil de Direito de família foi a mais complicada. Não superei estudando, pois o tempo era escasso. Superei fazendo a prova com estratégia, buscando todos os artigos antes de escrever a resposta.

Estratégia: A reta final é sempre um período estressante. Como você levou seus estudos neste período? Focava mais na releitura, em resumos, em exercícios, etc ?

Tiago: Releitura dos PDF’s e refazendo exercícios. Acho que não usei a doutrina em nenhum momento. Não dava tempo.

Estratégia: Na semana da prova, nós sempre observamos vários candidatos assumindo uma verdadeira maratona de estudos (estudando intensamente dia e noite). Por outro lado, também vemos aqueles preferem desacelerar um pouco, para chegar no dia da prova com a mente mais descansada. O que você aconselha?

Tiago: Na semana da prova estudei com dedicação. Mas um dia antes, no sábado, não toquei em nenhum material e evitava ficar pensando na prova. Fui até a um casamento. O que eu podia fazer eu fiz. Ficar estudando/pensando na véspera do Exame só aumenta a ansiedade.

Estratégia: Se você tivesse que apontar ERROS em sua preparação (se é que houve), quais seriam? Diga-nos também quais foram os maiores ACERTOS?

Tiago: Acho que poderia ter feito mais exercícios e revisar o Código Civil todo. Não para decorar o conteúdo, mas para ter uma noção geral de todo o Código. O maior acerto, sem dúvida, foi manter a calma ao confiar em Deus e fazer a prova com estratégia, estruturando todas as respostas antes de escrevê-las.

Estratégia: O que foi mais difícil nessa caminhada rumo à aprovação? E qual foi sua principal motivação?

Tiago: O mais difícil foi conciliar o tempo de estudo com a monografia. O conteúdo de Direito Civil é absurdamente grande. Mas como já frisei: você não precisa saber o conteúdo todo, e sim saber fazer a prova.

Estratégia: Por fim, o que você aconselharia a alguém que está iniciando seus estudos para o Exame da OAB? Deixe-nos sua mensagem para todos aqueles que um dia almejam chegar aonde você chegou!

Tiago: Meu conselho é: fazer muitos exercícios; dar uma lida superficial em todo o conteúdo, e; principalmente, na hora da prova, estruturar as respostas com os artigos que serão utilizados (pesquisar no índice remissivo). Depois é só passar a limpo. Mesmo que demore nessa parte inicial da prova, depois você se sente tranquilo, pois já está com todas as respostas ali na sua frente, é só passar a limpo.

Outras entrevistas em:

Depoimentos de Aprovados

Confira nossos Cursos Online para Concursos

Assessoria de Comunicação

[email protected]

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Resultados:

  • Concurso SEFAZ-AL 2020 - Auditor Fiscal Dentro das 60 vagas ofertadas, 32 são nossos alunos
  • Concurso DEAP SC - Agente Penitenciário Feminino 2019 Das 50 melhores colocadas, 16 são nossas alunas
  • Concurso MP RJ - Oficial 2019 Dos 10 primeiros colocados, 6 são nossos alunos
  • Concurso MP RJ - Técnico Administrativo Dos 10 primeiros colocados, 7 são nossos alunos
  • Concurso MP RJ - Analista Administrativo 2019 Dos 10 primeiros colocados, 8 são nossos alunos