ENTREVISTA: Rodolfo Brambilla de Camargo - Aprovado no concurso TRT SP no cargo de Técnico Judiciário (TJAA)

Entrevista:

ENTREVISTA: Rodolfo Brambilla de Camargo – Aprovado no concurso TRT SP no cargo de Técnico Judiciário (TJAA)

“Não pensem em desistir. Revejam seus métodos, abrace um que te agrade e vá com tudo, eu consegui, você também pode conseguir!”

Confira nossa entrevista com Rodolfo Brambilla de Camargo, aprovado no concurso do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo no cargo de Técnico Judiciário Área Administrativa (TJAA):

Estratégia Concursos: Conte-nos um pouco sobre você, para que nossos leitores possam te conhecer melhor. Você é formado em que área? Qual sua idade? De onde você é?

Rodolfo Brambilla de Camargo: Sou formado em Direito desde 2011. Tenho 31 anos. Sou de São Paulo.

Estratégia: O que te levou a tomar a decisão de começar a estudar para concursos?

Rodolfo: Creio que, como muitos, a estabilidade.

Estratégia: Durante sua caminhada como concurseiro, você trabalhava e estudava (como conciliava trabalho e estudos?), ou se dedicava inteiramente aos estudos para concurso?

Rodolfo: Acordava mais cedo para estudar antes do trabalho e depois do trabalho.

Estratégia: Quantos e em quais concursos já foi aprovado? Qual o último? Em qual cargo e em que colocação?

Rodolfo: Em 2013 fui chamado para auxiliar de promotoria, concurso que prestei durante a faculdade. Depois passei para investigador da polícia civil, mas desisti de ingressar. Quando comecei a prestar tribunais, demorei pra pegar o ritmo. Em 2017 fui aprovado para o TRE-PR e TRE-TO. Agora em 2018, consegui aprovação no TRT1 e TRT2. Todos esses para TJAA

Estratégia: Qual foi sua sensação ao ver seu nome na lista dos aprovados/classificados?

Rodolfo: Sensação de dever cumprido, de que valeu a pena todo esforço.

Estratégia: Como era sua vida social durante a preparação para concursos? Você saía com amigos, família, etc? Ou adotou uma postura radical, abdicando do convívio social?

Rodolfo: Durante a semana só pensava no concurso, mas no fds eu saía sim, viajava, mas sempre, nem que uma horinha, eu estudava mesmo nos fds.

Estratégia: Você é casado? Tem filhos? Namora? Mora com seus pais? Sua família entendeu e apoiou sua caminhada como concurseiro? Se sim, de que forma?

Rodolfo: Sou solteiro e moro com minha mãe. Ela sempre me apoiou, inclusive pedia para eu descansar um pouco…rsrs

Estratégia: Você acha que vale a pena fazer outros concursos, com foco diferente daquele concurso que é realmente seu objetivo maior? 

Rodolfo: Melhor coisa é focar em cargos parecidos. Assim que alcançar, começar pensar no outro. Eu vou até conseguir AJAJ.

Estratégia: Você estudou por quanto tempo direcionado ao concurso que foi aprovado?

Rodolfo: 4 meses.

Estratégia: Chegou a estudar sem ter edital na praça? Durante esse tempo, como você fazia para manter a disciplina nos estudos?

Rodolfo: Não. Quando comecei a estudar, foi pós edital. Mas eu já tinha uma base boa de algumas matérias.

Estratégia: Que materiais você usou em sua preparação para o concurso? Aulas presenciais, telepresenciais, livros, cursos em PDF, videoaulas? Quais foram as principais vantagens e desvantagens de cada um?

Rodolfo: Por ser formado em direito, constitucional e administrativo consegui tirar de letra. Direito do trabalho e processo, eu peguei os materiais do Estratégia, já que não lembrava nada da época da faculdade. Foram mais que essenciais.

Estratégia: Como conheceu o Estratégia Concursos?

Rodolfo: Pesquisando cursos on line para concursos.

Estratégia: Uma das principais dificuldades de todo o concursando é a quantidade de assuntos que deve ser memorizada. Como você fez para estudar todo o conteúdo do concurso? Falando de modo mais específico: você estudava várias matérias ao mesmo tempo? Quantas? Costumava fazer resumos? Focava mais em exercícios, ou na leitura e releitura da teoria? Como montou seu plano de estudos? Quantas horas por dia costumava estudar?

Rodolfo: Sim. Todo dia estudava duas ou três matérias diferentes. Teoria e muitas questões logo em seguida. Estudava umas 5h por dia.

Estratégia: Você tinha mais dificuldades em alguma(s) disciplina(s)? Quais? Como você fez para superar estas dificuldades?

Rodolfo: Informática e raciocínio logico. Mas surpreendentemente fui bem nelas, ou seja, contei também com a sorte.

Estratégia: A reta final é sempre um período estressante. Como foi sua rotina de estudos na semana que antecedeu a prova? E véspera de prova: foi dia de descanso ou dia de estudo?

Rodolfo: E bota estressante! Só pensava na prova, cheguei até perder cabelo…É sério..rsrs. Eu estudo até o ultimo minuto, não teve descanso não.

Estratégia: No seu concurso, tivemos, além das provas objetivas, as provas discursivas. Como foi seu estudo para esta importante parte do certame? O que você aconselha?

Rodolfo: Meu maior vacilo. Não fiz uma redação antes da prova. Resultado: caí da colocação 14 para 96 ao tirar apenas 70 pontos de 100 na redação.

Estratégia: Se você tivesse que apontar ERROS em sua preparação (se é que houve), quais seriam? Diga-nos também quais foram os maiores ACERTOS?

Rodolfo: Ter treinado mais redação. 

Estratégia: O que foi mais difícil nessa caminhada rumo à aprovação? Chegou a pensar, por algum momento, em desistir? Se sim, como fez para seguir em frente?

Rodolfo: Eu sabia que era questão de tempo, então nunca cheguei a pensar em desistir, até pq eu vinha fazendo boas provas antes dessa.

Estratégia: Qual foi sua principal motivação?

Rodolfo: Foi eu mesmo, ter um bom emprego. 

Estratégia: Por fim, o que você aconselharia a alguém que está iniciando seus estudos para concurso. Deixe-nos sua mensagem para todos aqueles que um dia almejam chegar aonde você chegou!

Rodolfo: Não pensem em desistir. Revejam seus métodos, abrace um que te agrade e vá com tudo, eu consegui, você também pode conseguir!

Bate-papo com aprovados

Outras entrevistas em:

Depoimentos de Aprovados
Cursos Online para Concursos

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Resultados:

  • Concurso TJ PR Dos 275 aprovados, 31 são nossos alunos
  • Concurso Banrisul 2018 (Escrituário) Dos 185 aprovados, 46 são nossos alunos
  • Concurso Sefaz RS 2018 (Papiloscopista) Dos 119 aprovados, 66 são nossos alunos
  • Concurso Sefaz RS 2018 (Escrivão) Dos 100 aprovados, 50 são nossos alunos
  • Concurso Sefaz RS 2018 (Agente) Dos 180 aprovados, 113 são nossos alunos

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.