Entrevista - Aprovada concurso ITEP RN (Farmácia Bioquímica)

Entrevista:

ENTREVISTA: Roberta Lícia – Aprovada em 1º lugar no concurso ITEP RN no cargo de Perito Criminal – Farmácia Bioquímica

“A principal mensagem que tenho a deixar é que temos que acreditar nos nossos sonhos e persistir, não importa onde você  esteja, de onde você veio, mire em um objetivo, acredite em você, invista em você, se cerque de pessoas que te coloquem pra cima, filtre as críticas e siga em frente!”

Confira nossa entrevista com Roberta Lícia, aprovada em 1º lugar no concurso do Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (ITEP RN) no cargo de Perito Criminal – Farmácia Bioquímica 

Estratégia Concursos: Conte-nos um pouco sobre você, para que nossos leitores possam te conhecer melhor. Você é formada em que área? Qual sua idade? De onde você é?

Roberta Lícia: Meu nome é Roberta , sou formada em Farmácia-Bioquímica, sou natural de Sousa Paraíba , mas há mais de 15 anos moro em Mossoró Rio Grande do Norte.

Estratégia: Durante sua caminhada como concurseira, você trabalhava e estudava (como conciliava trabalho e estudos?), ou se dedicava inteiramente aos estudos?

Roberta: Durante o concurso eu trabalhava, já possuía vínculo estatutário em dois órgãos  públicos

Estratégia: Quantos e em quais concursos já foi aprovada? Qual o último?

Roberta: Já fui aprovada em 4 concursos  , o anterior a esse tinha sido na SESAP RN (Secretaria do Estado da Saúde Rn)

Estratégia: Qual foi sua sensação ao ver seu nome na lista dos aprovados/classificados?

Roberta: Esse concurso em especial sempre foi muito almejado por mim, sempre tive o sonho de trabalhar na área pericial, então a sensação é indescritível, fiquei muito feliz , quase não acreditei na hora

Estratégia: Como era sua vida social durante a preparação para concursos? Você saía com amigos, família, etc? Ou adotou uma postura radical, abdicando do convívio social para passar no concurso o mais rápido possível?

Roberta: Olha para falar a verdade como eu tinha pouco tempo para me dedicar, pelo fato de ter  filhos para dá atenção, afazeres de dona de casa e compromissos inerentes ao trabalho, eu decidi adotar uma postura mais radical, todo o meu tempo livre era dedicado ao estudo…e quando se está focado num objetivo você procura brechas para estudar até onde parece impossível

Estratégia: Você é casada? Tem filhos? Namora? Mora com seus pais? Sua família entendeu e apoiou sua caminhada como concurseira? Se sim, de que forma?

Roberta: Sou casada e tenho um casal de filhos, chamei minha família e conversei, tive muito apoio de minha família, pais,  de amigos  e  de pessoas que mesmo estando distantes sempre acreditavam em mim e procuravam me estimular

Estratégia: Ao longo de sua jornada, você tentou outros concursos, para treinar e se manter com uma alta motivação ou decidiu manter o foco apenas naquele concurso que era o seu sonho?

Roberta: Como eu já estava trabalhando, já concursada, eu mantive o foco apenas nesse concurso. Eu acho que quando pretendemos uma área específica devemos nos dedicar as disciplinas daquela área

Estratégia: Você acha que vale a pena fazer outros concursos, com foco diferente daquele concurso que é realmente seu objetivo maior? 

Roberta: Olha no meu caso desde que me formei queria essa área, mas há muito tempo aqui não abria concurso para perícia, então realizei outros concursos e resolvi “esperar” a oportunidade para ingressar na área pericial

Estratégia: Você estudou por quanto tempo, contando toda a sua preparação? Durante este tempo de estudo, como você fazia para manter a disciplina nos estudos mesmo naqueles períodos em que não havia edital na mão?

Roberta: Estudei muito durante o período pós edital ( 3 meses), mas antes do edital como já era um concurso bastante especulado na região eu me dediquei a algumas disciplinas “genéricas” que acreditava que pudessem ser cobradas no edital, baseada em editais anteriores. Mas aquele estudo “morno” sem muito compromisso… quando saiu o edital no mesmo dia, organizei cronograma e procurei comprar material específico

Estratégia: Que materiais você usou em sua preparação para o concurso? Aulas presenciais, telepresenciais, livros, cursos em PDF, videoaulas? Quais foram as principais vantagens e desvantagens de cada um?

Roberta: Utilizei o material da empresa Estratégia, o conteúdo específico para Perito Criminal Farmacêutico Bioquímico elaborado pelo professor Wagner Bertolini, só tenho elogios a fazer, além de ser muito completo, o conteúdo é acessível de fácil entendimento, para vocês terem uma ideia, tinha matérias que eu não via há muito tempo e outras ainda que eu não tive acesso na universidade ( posso dizer que comecei do zero ) e mesmo assim a compreensão fluiu, o material em PDF e vídeo aulas do Estratégia me ajudaram muito, o grande diferencial no meu ponto de vista também são os exercícios que temos acesso e os fóruns que nos ajuda a tirar dúvidas. Estudei também por livros , a cada assunto do edital eu procurei ler  e saturar de diversas formas 

Estratégia: Como conheceu o Estratégia Concursos?

Roberta: Através da internet, pesquisei bastante antes de adquirir o material, queria investir em um material que realmente eu sentisse confiança, acredito que o fato de termos acesso as aulas demonstrativas nos dá um norte do que estamos adquirindo

Estratégia: Uma das principais dificuldades de todo o concursando é a quantidade de assuntos que deve ser memorizada. Como você fez para estudar todo o conteúdo do concurso? Falando de modo mais específico: você estudava várias matérias ao mesmo tempo? Quantas? Costumava fazer resumos? Focava mais em exercícios, ou na leitura e re-leitura da teoria? Como montou seu plano de estudos?

Roberta: Eu fiz um cronograma de estudos e procurei seguir rigorosamente, procurava estudar intercalando as disciplinas pois acredito que se tornava mais atrativo do meu ponto de vista para não cansar muito.

Fazia resumo e nos momentos de maior cansaço fazia uma releitura desses resumos (eles me acompanhavam para todo o lugar rsss).

Exercícios sempre após o término das vídeo aulas e PDF, mas também gostava de fazer exercícios dias depois de ver a matéria para ver se estava fixando a matéria estudada. Meu plano de estudo foi todo montado em cima do período livre, mas eu procurei deixar o último mês de preparação mais livre para revisão e exercícios… fiz muitas provas de empresas diversas para abranger minha interpretação e conhecimento , podem ter certeza tem que exercitar muito,  isso abre muito nossa mente

Estratégia: Você tinha mais dificuldades em alguma(s) disciplina(s)? Quais? Como você fez para superar estas dificuldades?

Roberta: Tive dificuldade em alguns temas da parte de química, na realidade houve temas em que tive muita dificuldade, e foi justamente nessas horas que eu me perguntava: “-Meu Deus  o que estou fazendo aqui??”, mas como na vida sempre vão aparecer dificuldades o que vai diferenciar uma pessoa vitoriosa de outra que desiste no  meio de caminho é a persistência… eu “ enxugava as lágrimas “ e tentava voltar a base, peguei livros de segundo grau para revisar os assuntos que eu não tava conseguido acompanhar e isso valeu muito a pena, isso deu um tremendo resultado, quando eu voltava as aulas ou lia o conteúdo já voltava mais animada. Os fóruns do curso que adquiri me ajudaram bastante , uma coisa importante que achei do material que adquiri é que o professor Wagner Bertolini se preocupava em responder rapidamente nossas dúvidas

Estratégia: A reta final é sempre um período estressante. Como você levou seus estudos neste período? Você se concentrava nas matérias de maior peso ou distribuía seus estudos de maneira mais homogênea? Focava mais na re-leitura, em resumos, em exercícios, etc ?

Roberta: A reta final é muito estressante, como eu tinha muitos resumos eu tentei revisar todos, pra falar a verdade dei importância a todas as matérias porque em um concurso como esse um ponto já mexe muito com a classificação. E Exercícios nem se fala respondi a muitos…

Estratégia: Na semana da prova, nós sempre observamos vários candidatos assumindo uma verdadeira maratona de estudos (estudando intensamente dia e noite). Por outro lado, também vemos concurseiros que preferem desacelerar um pouco, para chegar no dia da prova com a mente mais descansada. O que você aconselha?

Roberta: Olha infelizmente eu não consegui desacelerar, só mesmo na véspera dormi cedo e pensei …” Pronto agora não dá mais pra aprender nada rsss…” mas acredito que é importante haver esse descanso, mas assim como eu,  tem candidatos que não conseguem desligar 

Estratégia: No seu concurso, tivemos, além das provas objetivas, as provas discursivas. Como foi seu estudo para esta importante parte do certame? O que você aconselha?

Roberta: Meu estudo para a fase discursiva foi contínuo, a cada conteúdo específico do edital eu procurava estudar de uma forma como se o mesmo fosse ser abordado como estudo de caso, isso fez com que eu tivesse um estudo mais aprofundado de cada tema 

Estratégia: Se você tivesse que apontar ERROS em sua preparação (se é que houve), quais seriam? Diga-nos também quais foram os maiores ACERTOS?

Roberta: Um dos meus erros no início foi ficar muito ansiosa . Acredito que os acertos com certeza foram os materiais selecionados para estudar, o cronograma de estudo que procurei seguir rigorosamente e  a disciplina.

Estratégia: Pela sua experiência e contato com outros concurseiros, diga-nos quais são os maiores erros que as pessoas cometem quando decidem se preparar para concursos?

Roberta: Os maiores erros são: não acreditar em si mesmo, acumular conteúdo e  não estudar por bons materiais

Estratégia: O que foi mais difícil nessa caminhada rumo à aprovação? E qual foi sua principal motivação?

Roberta: O que foi mais difícil foi dividir meu tempo de dedicação entre o estudo e as pessoas que amo, essa realmente é uma coisa que mexe com a gente. A maior motivação foi  pensar nos frutos que um concurso como esse podia trazer para minha  vida e das pessoas que me cercam

Estratégia: Por fim, o que você aconselharia a alguém que está iniciando seus estudos para concurso. Deixe-nos sua mensagem para todos aqueles que um dia almejam chegar aonde você chegou!

Roberta: A principal mensagem que tenho a deixar é que temos que acreditar nos nossos sonhos e persistir, não importa onde você  esteja, de onde você veio, mire em um objetivo, acredite em você, invista em você, se cerque de pessoas que te coloquem pra cima, filtre as críticas e siga em frente!

Outras entrevistas em:

Depoimentos de Aprovados
Cursos Online para Concursos

Veja os comentários:
Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Resultados:

  • Concurso ISS-São Luis 2018 - Tecnologia da Informação Dos 8 aprovados, 3 são nossos alunos
  • Concurso ISS-São Luis 2018 - Abrangência Geral Dos 134 aprovados, 82 são nossos alunos
  • Concurso ARCON-PA 2018 - Técnico Dos 3 aprovados, 1 é nosso aluno
  • Concurso ARCON-PA 2018 - Auxiliar Dos 15 aprovados, 6 são nossos alunos
  • Concurso ARCON-PA 2018 - Assistente Técnico O único aprovado é nosso aluno

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.