ENTREVISTA: Pedro Serodio Garcia - Aprovado em 5º lugar no concurso PRF para o estado do Rio de Janeiro (provas objetiva e discursiva)

Entrevista:

ENTREVISTA: Pedro Serodio Garcia – Aprovado em 5º lugar no concurso PRF para o estado do Rio de Janeiro (provas objetiva e discursiva)

“Palavras não são capazes de descrever. É tanta felicidade que você não sabe como reagir. Eu já havia sonhado tantas vezes com esse momento que, quando recebi a notícia, não sabia se era apenas mais um sonho ou se dessa vez era real. Foi a maior felicidade que já senti na vida!

Confira nossa entrevista com Pedro Serodio Garcia, aprovado em 5º lugar no concurso da Polícia Rodoviária Federal para o estado do Rio de Janeiro (provas objetiva e discursiva):

Estratégia Concursos: Conte-nos um pouco sobre você, para que nossos leitores possam te conhecer melhor. Você é formado em que área? Qual sua idade? De onde você é?

Pedro Serodio Garcia: Tenho 23 anos, sou natural do Rio de Janeiro e formado em Ciências Aeronáuticas. Sou piloto de helicóptero e instrutor de voo.

Estratégia: O que te levou a tomar a decisão de começar a estudar para concursos? Porque a área Policial?

Pedro: A crise no país levou o mercado de helicópteros a demitir grande parte dos pilotos e isso gerou uma escassez de emprego em minha área. Enquanto trabalhava no aeroporto, sempre via os helicópteros da PRF saindo em missão e ficava sonhando com isso. Além disso, sempre fui apaixonado pela área policial. Decidi estudar para PRF para unir minhas duas paixões: Helicóptero e Polícia.

Estratégia: Durante sua caminhada como concurseiro, você trabalhava e estudava (como conciliava trabalho e estudos?), ou se dedicava inteiramente aos estudos para concurso?

Pedro: Quando iniciei meus estudos para concurso público (2015), ainda trabalhava como piloto e tinha iniciado minha segunda graduação, em direito. Em 2017, acabei saindo do emprego. O helicóptero que costumava voar se envolveu em um acidente, que acabou tirando a vida de um grande amigo meu que estava pilotando a aeronave. Em 2018, com a iminência do concurso, tranquei a faculdade e me dediquei exclusivamente aos estudos para PRF.

Estratégia: Quantos e em quais concursos já foi aprovado? Qual o último? Em qual cargo e em que colocação?

Pedro: Fiz somente dois concursos, enquanto me preparava para PRF: IBGE e INSS. Porém, foram nos meus primeiros meses de estudo e eu não tinha base nenhuma para ser aprovado. Eu realizava todas as provas das áreas policiais em casa, quando o caderno de prova era disponibilizado. Logo, a PRF, que sempre foi meu sonho, foi minha primeira aprovação.

Estratégia: Qual foi sua sensação ao ver seu nome na lista dos aprovados/classificados na primeira fase do certame?

Pedro: Palavras não são capazes de descrever. É tanta felicidade que você não sabe como reagir. Eu já havia sonhado tantas vezes com esse momento que, quando recebi a notícia, não sabia se era apenas mais um sonho ou se dessa vez era real. Foi a maior felicidade que já senti na vida! Saber que tudo que fiz valeu a pena.

Estratégia: Como era sua vida social durante a preparação para concursos? Você saía com amigos, família, etc? Ou adotou uma postura radical, abdicando do convívio social?

Pedro: Não adotei postura radical, porém tinha uma vida bastante regrada. Durante a semana, eu só cumpria com minhas obrigações, não saia com amigos e me dedicava totalmente aos estudos e aos exercícios físicos.

Aos finais de semana, ia à praia pela manhã bem cedo, almoçava e depois iniciava os estudos. Me permitia sair aos sábados a noite para relaxar. Todo domingo eu realizava simulados e redações.

Estratégia: Você é casado? Tem filhos? Namora? Mora com seus pais? Sua família entendeu e apoiou sua caminhada como concurseiro? Se sim, de que forma?

Pedro: Eu namoro. Moro com meus pais e, graças a Deus, eles sempre me apoiaram em minha caminhada como concurseiro. Eles viam meu comprometimento e as dificuldades, e sempre estiveram ao meu lado dando todo suporte necessário.

Estratégia: Você acha que vale a pena fazer outros concursos, com foco diferente daquele concurso que é realmente seu objetivo maior?

Pedro: Eu não sou a melhor pessoa para opinar quanto a isso, pois sempre foquei totalmente em concursos de áreas policiais. No entanto, acredito que você nunca se arrependerá de estudar, fazer outros concursos irá te trazer mais segurança e bagagem para continuar na busca de seus sonhos.

Estratégia: Você estudou por quanto tempo direcionado ao concurso que foi aprovado?

Pedro: Iniciei os estudos em Janeiro de 2016, conseguindo a aprovação em Fevereiro de 2019. Foram 3 anos de muito dedicação e perseverança.

Estratégia: Chegou a estudar sem ter edital na praça? Durante esse tempo, como você fazia para manter a disciplina nos estudos?

Pedro: Estudei a maior parte de minha preparação sem fazer ideia de quando sairia o concurso. Para manter a disciplina durante esse tempo, é fundamental que você tenha certeza do que deseja para seu futuro e tome gosto pelo hábito de adquirir conhecimento novo, a cada dia.

Estratégia: Que materiais você usou em sua preparação para o concurso? Aulas presenciais, telepresenciais, livros, cursos em PDF, videoaulas? Quais foram as principais vantagens e desvantagens de cada um?

Pedro: Nunca gostei de aulas presenciais (não estou criticando os cursos presenciais). Sempre preferi montar a minha grade de estudos e estudar no meu próprio ritmo, então optei pelos cursos onlines. Quando iniciei meus estudos, priorizava bastante as videoaulas, pois não tinha base nenhuma das matérias cobradas. Passado algum tempo, passei a priorizar os PDFs e livros de doutrina. Do meio para o final de minha preparação, estudava basicamente por questões.

Videoaulas: Vantagens – Bom para quem está tendo os primeiros contatos com a matéria/ Desvantagens – Muito tempo gasto

PDFs: Vantagens – Completo e com muitas questões comentadas/ Desvantagens – Não vejo nenhuma, pois era a forma que mais gostava de estudar.

Livros: Vantagens – Completo e cria uma boa base da matéria/ Desvantagens – A banca pode adotar o entendimento de doutrinador diverso.

Estratégia: Como conheceu o Estratégia Concursos?

Pedro: Quando tomei a decisão de começar a estudar, conversei com um amigo recém aprovado na Polícia Federal. Ele me indicou o Estratégia Concursos. Logo, o Estratégia me acompanhou até minha aprovação, pois na reta final também investi no Passo Estratégico.

Estratégia: Uma das principais dificuldades de todo o concursando é a quantidade de assuntos que deve ser memorizada. Como você fez para estudar todo o conteúdo do concurso? Falando de modo mais específico: você estudava várias matérias ao mesmo tempo? Quantas? Costumava fazer resumos? Focava mais em exercícios, ou na leitura e releitura da teoria? Como montou seu plano de estudos? Quantas horas por dia costumava estudar?

Pedro: Estudava, em média, 8 horas líquidas por dia. Em Agosto de 2017, investi em um Coach, que me ajudou muito a montar minha grade de estudos e o planejamento semanal. Estudava umas 4 ou 5 matérias ao longo do dia. Tive 3 anos para estudar, então consegui bater todo o edital algumas vezes.

Não costumava fazer resumos (apenas das matérias que tinha mais dificuldades). Sempre preferi estudar por questões e sempre lia a explicação dos professores após realiza-las. Era dessa forma que realizava as revisões e massificava o conhecimento. Quando estava com dificuldade em algum assunto, durante a realização das questões, voltava a leitura da teoria.

Estratégia: Você tinha mais dificuldades em alguma(s) disciplina(s)? Quais? Como você fez para superar estas dificuldades?

Pedro: Tinha bastante dificuldade em física, informática e matemática. Comecei vendo videoaulas, fiz resumos dessas matérias e buscava realizar exercícios que tinham a resposta comentada por professores.

Estratégia: A reta final é sempre um período estressante. Como foi sua rotina de estudos na semana que antecedeu a prova? E véspera de prova: foi dia de descanso ou dia de estudo?

Pedro: Estudei muito o Código de Trânsito, português e direito na última semana. Eram as matérias com mais peso na prova.

Dei uma revisada também em geopolítica e História da PRF, já que foram matérias novas cobradas nesse edital.

No dia anterior a prova, participei das revisões online de véspera, estudando das 7h as 19h Só saí a noite, para jantar e relaxar com a família.

Estratégia: No seu concurso, tivemos, além das provas objetivas, as provas discursivas. Como foi seu estudo para esta importante parte do certame? O que você aconselha?

Pedro: Aconselho que estudem MUITO para as discursivas, pois foram o diferencial nesta prova. Eu comprei um curso de correção e fazia uma redação a cada domingo, após realizar os simulados.

Estratégia: Como está sendo sua preparação para o TAF e para as demais etapas?

Pedro: Sempre gostei de praticar esportes e de ir à academia, então estou mantendo o ritmo de antes na preparação para o TAF. Porém estou treinando mais direcionado agora.

Estratégia: Se você tivesse que apontar ERROS em sua preparação (se é que houve), quais seriam? Diga-nos também quais foram os maiores ACERTOS?

Pedro: Erros – Eu demorei muito para começar a estudar por questões; tinha medo de realizar simulados no início; comprei muitos livros que nunca cheguei a ler.

Acertos – Investir em cursos certos; estudo por questões e simulados; constância na realização de discursivas; juntar dinheiro e investir em um coach; me aproximar de pessoas que tinham o mesmo objetivo que eu.

Estratégia: O que foi mais difícil nessa caminhada rumo à aprovação? Chegou a pensar, por algum momento, em desistir? Se sim, como fez para seguir em frente?

Pedro: Não tem como não pensar em desistir durante uma caminhada tão longa, cheia de incertezas. O mais difícil é manter o psicológico forte e manter a constância nos estudos, diante de tantas adversidades e tentações que cruzam nosso caminho durante este percurso.

Estratégia: Qual foi sua principal motivação?

Pedro: Busca de um sonho, realização pessoal, poder proporcionar uma vida melhor para minha família e muita vontade de vencer.

Estratégia: Por fim, o que você aconselharia a alguém que está iniciando seus estudos para concurso. Deixe-nos sua mensagem para todos aqueles que um dia almejam chegar aonde você chegou!

Pedro: Continue na batalha, não se assuste diante das adversidades e tenha pessoas que te apoiam por perto. Tenha muita fé na sua caminhada e saiba esperar o tempo necessário, pois sua vitória chegará quando você menos esperar. Só pare quando tiver ORGULHO DE PERTENCER!

Grande abraço e fiquem com Deus.

Confira outras entrevistas em:

Depoimentos de Aprovados

Cursos Online para Concursos

Sobre o Concurso PRF 2019/2020, leia o artigo abaixo:

Foi aprovado e deseja dividir com a gente e com outros concurseiros como foi sua trajetória até a aprovação?! Mande um e-mail para: [email protected]

Abraços,

Thaís Mendes

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Resultados:

  • Concurso PGE - SP Procurador do Estado Dos 208 aprovados, 134 são nossos alunos
  • Concurso CLDF Procurador Legislativo Dos 31 aprovados, 24 são nossos alunos
  • SEFAZ-BA / Administração Tributaria Dos 591 aprovados, 475 são nossos alunos
  • SEFAZ-BA / Técnologia da Informação Dos 68 aprovados, 52 são nossos alunos
  • SEFAZ-BA / AUDITOR FISCAL Dos 303 aprovados, 253 são nossos alunos

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.

Estamos aqui para ajudar você!
x