ENTREVISTA: Olívia Park - Aprovada no XXVIII Exame da OAB

Entrevista:

ENTREVISTA: Olívia Park – Aprovada no XXVIII Exame da OAB

“Acredito que durante a sua preparação para o exame de ordem será preciso ter disciplina para os estudos, persistência caso o resultado não seja o esperado e paciência por ter que abdicar de certas atividades neste momento”

Confira nossa entrevista com Olívia Park, aprovada no XXVIII Exame da OAB:

Estratégia Concursos: Conte-nos um pouco sobre você, para que nossos leitores possam te conhecer melhor. Qual sua idade? De onde você é? Já concluiu sua graduação?

Olívia Teodoro Park: Olá! O meu nome é Olivia Teodoro Park, tenho 26 anos, sou natural de São Paulo, atualmente resido na cidade de Campinas e sou formada em Direito.   

Estratégia: Durante seus estudos para o Exame de Ordem, você trabalhava, fazia faculdade e estudava para o Exame (como conciliava?), ou se dedicava inteiramente aos estudos?

Olívia: Optei por concluir o curso e terminar a minha monografia com calma, e somente após prestar o exame de ordem. Então, pude me dedicar inteiramente aos estudos.

Estratégia: Foi a primeira vez que prestou o Exame de Ordem?

Olívia: Não. A primeira fase prestei duas vezes. A segunda fase, sim.  

Estratégia: Qual foi sua sensação ao ver que havia sido aprovada?

Olívia: Em um primeiro momento não acreditei! Fiquei sem reação! Achei que não havia passado, pois saí da prova achando que teria errado muitas questões. Corrigi quatro vezes a minha prova para ver se não estava contando errando (risos). Fiquei feliz porque a primeira fase o estudo é puxado, considerando a quantidade de matérias.

Estratégia: Os seus colegas de faculdade e amigos que estavam estudando também conseguiram aprovação? Qual você acha que foi seu diferencial para alcançar a aprovação?

Olívia: Sim. Tive vários colegas e amigos que prestaram o exame durante a faculdade e passaram. E outros que decidiram esperar o término do curso também. Não sei se houve algum diferencial da minha parte (risos). Estabeleci um horário fixo de estudos e um calendário para marcar dias e horas estudadas. Acho que o tempo disponível também ajudou.

Estratégia: Como era sua vida social durante a sua preparação? Você saía com amigos, família, etc.? Ou adotou uma postura radical, abdicando do convívio social para passar o mais rápido possível?

Olívia: Adotei uma postura radical (risos). Preciso de concentração para os estudos. Mantive o pensamento que uma hora iria terminar.

Estratégia: Que materiais você usou em sua preparação para o Exame? Aulas presenciais, telepresenciais, livros, cursos em PDF, videoaulas? Quais foram as principais vantagens e desvantagens de cada um?

Olívia: Para a primeira fase utilizei uma doutrina unificada, lei seca e acompanhei algumas transmissões do curso Estratégia, pois prefiro um estudo com mais leitura e que possa elaborar resumos e mapas mentais, além de simulados para praticar. Vantagens dos materiais que utilizei foram ter todas as matérias já organizadas, e não o trabalho e tempo gasto em procurar conteúdo. Quanto às desvantagens, acho que não houveram.

Estratégia: Como conheceu o Estratégia OAB?

Olívia: O primeiro contato foi por meio do YouTube. O YouTube fez algumas recomendações de canais de cursos para Ordem, e dentro dessas recomendações estava acontecendo uma transmissão de aula do professor Rodrigo de segunda fase referente a substituição tributária. Acompanhei toda a sua aula naquele sábado. Gostei muito da aula, principalmente pela didática do professor e pela forma detalhista que o conteúdo estava sendo transmitido.

Estratégia: Uma das principais dificuldades de todo candidato é a quantidade de assuntos que devem ser memorizados. Como você fez para estudar todo o conteúdo? Costumava fazer resumos? Focava mais em exercícios, ou na leitura e releitura da teoria? Como montou seu plano de estudos?

Olívia: Sim. Não gosto muito de decorar conteúdo, tenho preferência em entender o assunto. Estudei elaborando muitos resumos, mapas mentais e leitura da lei seca. Para cada conteúdo, resolvia “X” questões referentes aquele assunto, além de vários simulados. Organizei meu plano de estudos em dois quadros, sendo elas as matérias que seriam estudadas por inteiro (Administrativo, Constitucional, Trabalho, Ética, Processos do Trabalho, Penal e Civil e Consumidor) e as matérias em que seriam estudados os tópicos mais relevantes (Internacional, ECA, Civil, Direitos Humanos).

Estratégia: Você tinha mais dificuldades em alguma(s) disciplina(s)? Quais? Como você fez para superar estas dificuldades?

Olívia: Sim. Tinha um pouco de dificuldade em Administrativo. Tentei estudar a maior quantidade de conteúdo dela e resolver várias questões do exame de ordem e concursos públicos.

Estratégia: A reta final é sempre um período estressante. Como você levou seus estudos neste período? Focava mais na releitura, em resumos, em exercícios, etc.?

Olívia: Na reta final intensifiquei os estudos. Revisei as disciplinas com leituras e exercícios, além de videoaulas. Na segunda fase foquei em fazer várias peças e ler as principais leis e súmulas para a prova.

Estratégia: Na semana da prova, nós sempre observamos vários candidatos assumindo uma verdadeira maratona de estudos (estudando intensamente dia e noite). Por outro lado, também vemos aqueles preferem desacelerar um pouco, para chegar no dia da prova com a mente mais descansada. O que você aconselha?

Olívia: Depende de cada candidato. Aconselho a respeitar o seu próprio limite. O importante é ir na prova descansado, pois as perguntas são extensas.

Estratégia: Para a segunda fase, optou por qual área do direito? Qual foi sua estratégia na hora de tomar sua decisão?

Olívia: Optei por escolher uma área que possuo afinidade, a linha de raciocínio mesmo. Ainda na faculdade era uma matéria que escolhi como núcleo específico. Decidi arriscar a segunda fase em tributário, apesar de muita gente comentar que a prova era difícil.

Estratégia: Se você tivesse que apontar ERROS em sua preparação (se é que houve), quais seriam? Diga-nos também quais foram os maiores ACERTOS?

Olívia: Acho que na primeira fase e na segunda não teve erros. Na segunda fase segui todas as orientações passadas pelo professor Rodrigo e deu tudo certo. O maior acerto foi ter tido disciplina e paciência porque a rotina de estudos é cansativa.

Estratégia: O que foi mais difícil nessa caminhada rumo à aprovação? E qual foi sua principal motivação?

Olívia: Minha motivação foi o valor da inscrição da prova (risos). A motivação é concluir definitivamente a graduação, e poder seguir meu caminho na área do Direito Tributário como advogada e prestando concurso público.

Estratégia: Por fim, o que você aconselharia a alguém que está iniciando seus estudos para o Exame da OAB? Deixe-nos sua mensagem para todos aqueles que um dia almejam chegar aonde você chegou!

Olívia: Acredito que durante a sua preparação para o exame de ordem será preciso ter disciplina para os estudos, persistência caso o resultado não seja o esperado e paciência por ter que abdicar de certas atividades neste momento.

Confira outras entrevistas em:

Depoimentos de Aprovados

Cursos Online para Concursos

Foi aprovado e deseja dividir com a gente e com outros concurseiros como foi sua trajetória até a aprovação?! Mande um e-mail para: [email protected]

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Resultados:

  • Concurso Analista e Assistente DPE AM 2019 Dos 134 primeiros colocados, 52 são nossos alunos
  • Concurso SEFAZ-AL 2020 - Auditor Fiscal Dentro das 60 vagas ofertadas, 32 são nossos alunos
  • Concurso DEAP SC - Agente Penitenciário Feminino 2019 Das 50 melhores colocadas, 16 são nossas alunas
  • Concurso MP RJ - Oficial 2019 Dos 10 primeiros colocados, 6 são nossos alunos
  • Concurso MP RJ - Técnico Administrativo Dos 10 primeiros colocados, 7 são nossos alunos