ENTREVISTA: Layana Costa - Aprovada no concurso TJPA em 5º lugar no cargo de Analista Judiciário especialidade Direito

Entrevista:

ENTREVISTA: Layana Costa – Aprovada no concurso TJPA em 5º lugar no cargo de Analista Judiciário especialidade Direito

“Aproveite a caminhada, aprenda com os seus erros, busque sempre evoluir, transforme as frustrações em motivação e nunca desista!”

Confira nossa entrevista com Layana Costa, aprovada no concurso TJPA em 5º lugar no cargo de Analista Judiciário especialidade Direito:

Estratégia Concursos: Conte-nos um pouco sobre você, para que nossos leitores possam te conhecer melhor. Você é formada em que área? Qual sua idade? De onde você é? 

Layana Costa: Meu nome é Layana Costa. Sou formada em Direito. Tenho 29 anos. E sou de Belém do Pará.

Estratégia: O que te levou a tomar a decisão de começar a estudar para concursos?

Layana: Vários fatores me levaram a investir nos concursos. O primeiro deles foi a experiência negativa de familiares na iniciativa privada. Pessoas que eu admirava muito pela capacidade intelectual e pela dedicação eram desalorizadas nesse meio e eu não queria passar por isso.

O segundo fator foram as minhas experiências de estágio ao longo da faculdade. Tive a oportunidade de estagiar em escritório de advocacia e em órgãos públicos. E percebi que o setor público me traria muito mais qualidade de vida do que o privado. Por fim, o terceiro fator foi o incentivo da minha irmã que atualmente é oficial de justiça do TRT8.

Estratégia: Durante sua caminhada como concurseira, você trabalhava e estudava (como conciliava trabalho e estudos?), ou se dedicava inteiramente aos estudos para concurso?

Layana: Fui concurseira em tempo integral.

Estratégia: Quantos e em quais concursos já foi aprovada? Qual o último? Em qual cargo e em que colocação?

Layana: Já fui aprovada no cargo de técnico judiciário em mais de 5 TRTs e no cargo de analista judiciário – área judiciária em 3 TRTs. A última aprovação foi em 6° lugar no cargo de analista judiciário – especialidade direito no TJ PA.

Estratégia: Qual foi sua sensação ao ver seu nome na lista dos aprovados/classificados(as)?

Layana: A primeira sensação foi de descrença. Tive que pedir para o meu pai conferir o resultado. Em seguida, a sensação foi de alívio e felicidade, principalmente ao ver que a aprovação havia sido dentro do número de vagas. 

Estratégia: Como era sua vida social durante a preparação para concursos? Você saía com amigos, família, etc? Ou adotou uma postura radical, abdicando do convívio social?

Layana: Durante os concursos a minha vida social sempre foi muito limitada, em especial após o edital. E não foi diferente na preparação pro TJ PA. Inclusive antes de sair o edital eu havia programado uma viagem de fim de ano com a família para visitar a minha irmã que mora em Florianópolis. E tive que passar a viagem inteira indo para a biblioteca enquanto a família estava na praia.

Estratégia: Você é casada? Tem filhos? Namora? Mora com seus pais? Sua família entendeu e apoiou sua caminhada como concurseira? Se sim, de que forma? 

Layana: Namorei durante grande parte da minha dedicação aos concursos e tive muito apoio do namorado nessa fase. Não é fácil alguém que não está no universo dos concursos entender a nossa realidade, mas ele abdicou junto, sofreu junto, chorou junto, vibrou junto… 

Quanto à família, atualmente moro com os meus pais e deles tenho TOTAL apoio. Como eu disse anteriormente, a minha irmã é servidora pública e me dá todo o suporte financeiro e emocional possível e impossível. Devo todas as minhas conquistas a essa rede de apoio incrível que me cerca.

Estratégia: Você acha que vale a pena fazer outros concursos, com foco diferente daquele concurso que é realmente seu objetivo maior?

Layana: Vale a pena fazer outros concursos desde que relacionados. Eu, particularmente, sempre acreditei na escadinha dos concursos. O meu primeiro objetivo era passar para o cargo de nível médio dos tribunais, em seguida para o de nível superior e ao fim para uma carreira jurídica. 

Atualmente, levando em consideração que passei dentro do número de vagas e tenho uma garantia de nomeação, estou me dedicando para o meu objetivo final que é ser membro do Ministério Público do Trabalho.

Estratégia: Você estudou por quanto tempo direcionado ao concurso em que foi aprovada? 

Layana: Direcionada ao concurso do TJ PA foi 1 mês, pois antes disso eu estava me dedicando ao concurso do TRF 3. Entretanto, venho estudando faz alguns anos para a área de tribunais.

Estratégia: Chegou a estudar sem ter edital na praça? Durante esse tempo, como você fazia para manter a disciplina nos estudos?

Layana: A fase pré-edital é a mais difícil e a mais importante para a aprovação. O que me ajudou a manter a disciplina nesse período foi alugar uma cabine de estudos e encarar aquele espaço como um trabalho.

Estratégia: Como conheceu o Estratégia Concursos? 

Layana: Conheci o Estratégia através de indicações de colegas concurseiros.

Estratégia: Que materiais você usou em sua preparação para o concurso? Aulas presenciais, telepresenciais, livros, cursos em PDF, videoaulas? Quais foram as principais vantagens e desvantagens de cada um?

Layana: Meu estudo teve várias fases. Iniciei com videoaula, em seguida livros (que nunca terminei) e depois PDF. Acredito que videoaula seja importante para formar a base e para aqueles assuntos que nós não temos muita familiaridade. Livros são para concursos de níveis mais elevados, com uma complexidade maior. PDFs já são mais adequados para realidade de concursos de tribunais, mas também é necessário filtrar o que é importante para não prolongar os estudos e perder tempo.

Estratégia: Uma das principais dificuldades de todo o concursando é a quantidade de assuntos que deve ser memorizada. Como você fez para estudar todo o conteúdo do concurso? Falando de modo mais específico: você estudava várias matérias ao mesmo tempo? Quantas? Costumava fazer resumos? Focava mais em exercícios, ou na leitura e releitura da teoria? Como montou seu plano de estudos? Quantas horas por dia costumava estudar?

Layana: Tive a alegria de conhecer um amigo no TJ AM e atualmente coach do Estratégia, o Adelardo Henrique, que me ajudou a implementar um método de estudos para o TRF3 e o TJ PA baseado apenas em questões. E com isso consegui ver 100% do edital do TRF em 2 meses e 80% do edital do TJ em 1 mês.

O meu estudo na fase final dos concursos foi da seguinte forma: Iniciava o dia lendo 1h de lei seca. Em seguida, fazia apenas questões. Reservava um tempo de 1h30, no máximo, para cada matéria. Assim, conseguia ver várias matérias no mesmo dia. A minha meta diária era estudar 6h líquidas na cabine de estudos ou biblioteca e ao chegar em casa estudar redação, mas sem contabilizar as horas líquidas.

Estratégia: Você tinha mais dificuldades em alguma(s) disciplina(s)? Quais? Como você fez para superar estas dificuldades?

Layana: A minha maior dificuldade era em Direito Penal e Administração Pública. Enquanto eu fazia apenas questões das outras matérias, dessas eu lia os resumos do material do Estratégia, lia a lei seca e refazia exaustivamente as questões do material.

Estratégia: A reta final é sempre um período estressante. Como foi sua rotina de estudos na semana que antecedeu a prova? E véspera de prova: foi dia de descanso ou dia de estudo?

Layana: Na semana que antecedeu a prova do TJ PA eu estudei exaustivamente. Chegava 8h na biblioteca e saía 20h. Na véspera estudei até às 16h.

Estratégia: No seu concurso, tivemos, além das provas objetivas, as provas discursivas. Como foi seu estudo para esta importante parte do certame? O que você aconselha?

Layana: Sempre fui mal em redação tema geral. Então senti a necessidade de encarar com seriedade essa etapa. Seguindo os conselhos do meu grande amigo, Adelardo, estudei para redação todos os dias. Li materiais relacionados aos temas de redação todas as noites ao chegar da biblioteca.

Além disso, toda semana produzia uma redação. Isso foi essencial para a minha aprovação. E o conselho que eu dou para os concurseiros é que encarem a redação como uma matéria igual as outras e deem a mesma importância ou mais a ela.

Estratégia: Se você tivesse que apontar ERROS em sua preparação (se é que houve), quais seriam? Diga-nos também quais foram os maiores ACERTOS?

Layana: O maior erro ao longo de toda a minha preparação foi a falta de segurança. Estudar somente por questões é um desafio no início, mas vale muito a pena. É preciso acreditar na base construída e buscar a evolução nas provas. 

O maior acerto foi acreditar na experiência de quem já teve grandes resultados e mudar o método de estudo.

Estratégia: O que foi mais difícil nessa caminhada rumo à aprovação? Chegou a pensar, por algum momento, em desistir? Se sim, como fez para seguir em frente?

Layana: O mais difícil foi ser a 33° num concurso em que nomearam até a 32°. Em dezembro de 2019 estava passando pela frustração de ver o prazo de validade desse concurso expirar e a minha esperança em ser nomeada acabar. Nesse momento estabeleci um prazo de um ano para continuar estudando de forma exclusiva para concursos e me comprometi a dar o meu máximo aos estudos nesse período. Graças a Deus, em feveveio de 2020 eu estava dentro do número de vagas do TJ PA.

Estratégia: Qual foi sua principal motivação? 

Layana: A minha principal motivação é a minha família. Os meus pais, mesmo não podendo, investiram muito na educação das filhas. E eu queria fazer valer todo esse esforço. 

Estratégia: Por fim, o que você aconselharia a alguém que está iniciando seus estudos para concurso. Deixe-nos sua mensagem para todos aqueles que um dia almejam chegar aonde você chegou!

Layana: Aproveite a caminhada, aprenda com os seus erros, busque sempre evoluir, transforme as frustrações em motivação e nunca desista.

Confira outras entrevistas em:

Depoimentos de Aprovados

Cursos Online para Concursos

Foi aprovado e deseja dividir com a gente e com outros concurseiros como foi sua trajetória até a aprovação? Mande um e-mail para: [email protected]

Veja os comentários:

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Resultados:

  • Concurso SEFAZ-AL 2020 - Auditor Fiscal Dentro das 60 vagas ofertadas, 32 são nossos alunos
  • Concurso DEAP SC - Agente Penitenciário Feminino 2019 Das 50 melhores colocadas, 16 são nossas alunas
  • Concurso MP RJ - Oficial 2019 Dos 10 primeiros colocados, 6 são nossos alunos
  • Concurso MP RJ - Técnico Administrativo Dos 10 primeiros colocados, 7 são nossos alunos
  • Concurso MP RJ - Analista Administrativo 2019 Dos 10 primeiros colocados, 8 são nossos alunos