ENTREVISTA: Ítalo da Silva Barbosa - Aprovado no XXVII exame da OAB

Entrevista:

ENTREVISTA: Ítalo da Silva Barbosa – Aprovado no XXVII exame da OAB

“Confie na sua capacidade! Você chegou até o finalzinho do curso e adquiriu uma bagagem de conhecimentos. Está tudo aí na sua cabeça!! Os estudos só vão dar uma partida na engrenagem do seu cérebro, te fazendo lembrar aquilo que você acha que esqueceu. Não se deixe abater por nada e confie que você é capaz de vencer esse obstáculo e muitos outros! E eu confio que em breve você estará com a sua vermelhinha em mãos”

Confira nossa entrevista com Ítalo da Silva Barbosa, aprovado no XXVIII exame da OAB:

Estratégia Concursos: Conte-nos um pouco sobre você, para que nossos leitores possam te conhecer melhor. Qual sua idade? De onde você é? Já concluiu sua graduação?

Ítalo da Silva Barbosa: Meu nome é Ítalo Barbosa, tenho 21 anos, sou de Fortaleza/CE e ainda não concluí minha graduação (estou no último semestre).

Estratégia: Durante seus estudos para o Exame de Ordem, você trabalhava, fazia faculdade e estudava para o Exame (como conciliava?), ou se dedicava inteiramente aos estudos?

Ítalo: Sim. Durante os estudos para o Exame de Ordem, eu estudava e estagiava (ainda faço as duas coisas). Foi bem difícil conciliar trabalho, faculdade e os estudos para a OAB. Mas acabei tirando um tempo para fazer uma agenda diária, preenchendo todos os meus horários livres, ou seja, aqueles em que eu não estava trabalhando ou me dedicando à faculdade, com os estudos para o Exame de Ordem. Isso me ajudou bastante a conciliar tudo.

Estratégia: Foi a primeira vez que prestou o Exame de Ordem?

Ítalo: Sim. Foi a primeira vez que prestei o Exame de Ordem.

Estratégia: Qual foi sua sensação ao ver que havia sido aprovado?

Ítalo: Nossa, fiquei muito feliz! Foi muito gratificante saber que todos os sacrifícios que fiz em prol dos estudos resultaram na minha aprovação.

Estratégia: Os seus colegas de faculdade e amigos que estavam estudando também conseguiram aprovação? Qual você acha que foi seu diferencial para alcançar a aprovação?

Ítalo: Sim!! Praticamente todos os meus amigos da faculdade foram aprovados no Exame! (Inclusive, saímos todos no dia seguinte para comemorar, e foi bem bacana). Acho que o diferencial para alcançar a aprovação foi, realmente, organizar meus horários e me dedicar bastante aos estudos.

Estratégia: Como era sua vida social durante a sua preparação? Você saía com amigos, família, etc? Ou adotou uma postura radical, abdicando do convívio social para passar o mais rápido possível?

Ítalo: Durante a preparação, minha vida social ficou um pouco prejudicada, de fato. Querendo ou não, a prova da OAB é a mais importante para o acadêmico de Direito. Então, face à importância do Exame, é necessário que se faça alguns sacrifícios para que haja uma dedicação maior aos estudos e para que se tenha mais tempo para se preparar. Mas sempre busquei equilíbrio em tudo! Então, tive, sim, momentos em família e com amigos (inclusive, chamei meu melhor amigo pra minha casa e foi bem bacana!), porém em menor frequência.

Estratégia: Que materiais você usou em sua preparação para o Exame? Aulas presenciais, tele presenciais, livros, cursos em PDF, videoaulas? Quais foram as principais vantagens e desvantagens de cada um?

Ítalo: Para a primeira fase do Exame de Ordem, eu estudei muito com resolução de questões, simulados e assistindo a videoaulas. Para a segunda fase, comprei o curso do Estratégia OAB, com videoaulas, PDFs e simulados. Os simulados são essenciais na preparação pra prova da OAB, porque você tem uma noção maior do quão preparado você está. Além disso, a prática é um dos meios mais eficazes pra fixar o conteúdo na mente. Resolvi muitos simulados e, através deles, consegui assimilar melhor o que tinha estudado.

As videoaulas foram excelentes para a minha preparação. Todas as que assisti foram do Estratégia: as disponibilizadas no YouTube para a primeira fase, e as aulas do curso preparatório para a segunda fase. Pra mim, foram divisores de água, pois a equipe extremamente preparada de professores, amplamente conhecedores das áreas que lecionavam e muito didáticos, me ajudaram a aprender coisas novas, complementando o que aprendi durante a graduação, bem como a relembrar muitas coisas que havia esquecido.

Os PDFs foram incríveis, também! É importantíssimo se dedicar a leituras norteadoras nos estudos. Assim como as videoaulas, eles me ajudaram muito a relembrar o conteúdo! Só tenho uma ressalva a fazer: algumas vezes deixava pra ler os PDFs quando estava mais cansado. E, por ser algo mais extenso, acabava lendo com menor atenção e perdia muitas coisas, tendo que voltar e reler o texto algumas outras vezes, o que me fazia perder um pouco de tempo. Mas, se a leitura for feita quando se estiver mais disposto, creio que não será um problema.

Estratégia: Como conheceu o Estratégia Concursos?

Ítalo: Desde o começo da graduação, sempre desejei atuar na esfera pública, de modo que sempre procurei me dedicar aos estudos para concursos, também. Conversando com uma prima, que é concurseira e que está bem mais à frente nos estudos, me foi apresentada a plataforma do Estratégia Concursos, e foi amor à primeira vista! O material sempre completo e muito focado nos assuntos cobrados e a equipe de professores didáticos, que dominam os conteúdos, foram aspectos que me evidenciaram o quão confiáveis são os cursos preparatórios do Estratégia.

Estratégia: Uma das principais dificuldades de todo candidato é a quantidade de assuntos que devem ser memorizados. Como você fez para estudar todo o conteúdo? Costumava fazer resumos? Focava mais em exercícios, ou na leitura e releitura da teoria? Como montou seu plano de estudos?

Ítalo: Pra estudar todo o conteúdo, eu focava mais em exercícios mesmo. Porque, como, teoricamente, eram assuntos que eu já tinha visto ao longo da graduação, os exercícios me ajudavam a relembrar os conteúdos. O que eu não conseguia lembrar, acabava lendo a teoria. Mas era uma leitura bem dinâmica. Não fazia muitas releituras e nem fazia muitos resumos, porque queria otimizar meu tempo focando naquilo que realmente me fizesse fixar o conteúdo, que, no meu caso, se dava através de exercícios e da prática de questões (e de peças, na segunda fase).

Estratégia: Você tinha mais dificuldade em alguma(s) disciplina(s)? Quais? Como você fez para superar estas dificuldades?

Ítalo: Eu tinha muitas dificuldades em Direito Penal e em Direito do Trabalho (e suas respectivas disciplinas processuais). Eu as superei tentando me dedicar mais a elas, sem deixar de lado as outras em que já estava mais familiarizado. Enquanto eu fazia leituras mais dinâmicas nas que eu já dominava, procurava separar um tempo maior para ler e exercitar essas disciplinas das quais eu não tinha tanto conhecimento assim.

Estratégia: A reta final é sempre um período estressante. Como você levou seus estudos neste período? Focava mais na releitura, em resumos, em exercícios, etc?

Ítalo: Na reta final, eu foquei mais em exercícios. Como eu já havia estudado o conteúdo, na parte teórica, foquei totalmente na parte prática que, pra mim, é muito importante quando na preparação para o Exame de Ordem. Também fiz algumas releituras, mas meu foco principal foi, realmente, em fazer exercícios.

Estratégia: Na semana da prova, nós sempre observamos vários candidatos assumindo uma verdadeira maratona de estudos (estudando intensamente dia e noite). Por outro lado, também vemos aqueles preferem desacelerar um pouco, para chegar no dia da prova com a mente mais descansada. O que você aconselha?

Ítalo: Acho que cada um deve seguir o ritmo com que mais se sente confortável. É extremamente importante que o candidato não se force a algo que não vai agregar em nada na sua preparação, principalmente nesta reta final, que é crucial. No meu caso, acabei optando por assumir a maratona de estudos, estudando de dia e de noite, de forma bem intensa! Por outro lado, tenho amigos que optaram por desacelerar um pouco mais, para chegar no dia da prova com a mente mais desacelerada. Todos fomos aprovados, seguindo nossos ritmos! Então, não tem como ter uma receita de estudos para esta etapa final, porque cada caso é um caso e cada um tem consciência do ritmo que prefere seguir. Obviamente, sem ultrapassar limites, pois isto não é, de forma alguma, saudável.

Estratégia: Para a segunda fase, optou por qual área do direito? Qual foi sua estratégia na hora de tomar sua decisão?

Ítalo: Optei pelo Direito Tributário. Na hora de tomar minha decisão, acabei por escolher a disciplina com a qual mais me identificava, cujos estudos seriam muito mais prazerosos, assim como a disciplina na qual eu mais tinha conhecimento teórico e prático. As duas coisas cumuladas! Isto porque não adianta ter conhecimento teórico e prático, se não houver identidade entre o aluno e a disciplina, assim como não adianta ter identidade, sem que haja conhecimento algum acerca da matéria. O intervalo entre a primeira e segunda fase é muito curto, de modo que os estudos devem ser mais dinâmicos, não havendo tempo para se aprender todo o conteúdo de uma forma mais aprofundada para a realização do Exame. Então, escolhi a disciplina que atendia a estes dois requisitos.

Estratégia: Se você tivesse que apontar ERROS em sua preparação (se é que houve), quais seriam? Diga-nos também quais foram os maiores ACERTOS?

Ítalo: Erros foram muitos!! Mas o principal deles foi a falta de organização do meu tempo, quando na primeira fase, no início dos estudos. Acabei não estudando direito no começo e perdi alguns dias que poderia ter estudado. Mas acertos, em contrapartida, percebi a tempo que estava desorganizado na minha preparação e resolvi montar um cronograma de estudos, o que me fez render muito mais, e a tempo de conseguir estar melhor preparado para a realização do Exame, em ambas as fases.

Estratégia: O que foi mais difícil nessa caminhada rumo à aprovação? E qual foi sua principal motivação?

Ítalo: Foi bem difícil o fato de ter que relembrar muitas coisas, na primeira fase, pois o conteúdo cobrado no Exame de Ordem abrange desde as disciplinas mais recentes que vi na faculdade até aquelas que aprendi nos primeiros semestres. Na segunda fase, acabei tendo um problema de saúde, que me incapacitou de estudar, me fazendo perder uns 20 dias, mais ou menos, de estudos. E isso me gerou muita ansiedade e me fez desacreditar de mim mesmo! Mas com a ajuda de Deus e do meu professor da segunda fase, Rodrigo Martins, que, com sua paciência e empatia, e, ainda, acreditando em mim quando eu mesmo não acreditava, acabei me sentindo impulsionado a continuar firme na preparação para a prova da OAB. Não me deixei abater e persisti nos estudos, dando tudo de mim, objetivando a aprovação!

Estratégia: Por fim, o que você aconselharia a alguém que está iniciando seus estudos para o Exame da OAB? Deixe-nos sua mensagem para todos aqueles que um dia almejam chegar aonde você chegou!

Ítalo: Organize-se!! Otimize seu tempo, para obter um maior aproveitamento e uma maior abrangência do que for estudado. Segundo, estabeleça métodos de estudo. Se você se sentir mais confortável com leituras vastas sobre os assuntos cobrados, leia! Caso se sinta mais confortável com videoaulas, assista! Caso queira estudar por ambas, assim o faça (sabendo que vai precisar organizar bem o seu tempo para poder se utilizar de todos esses meios). O mais importante é estudar aquilo que te der mais confiança. Porém, a prática deve se fazer presente em qualquer método de estudo, pois é extremamente importante que conheça a prova a que irá ser submetido!!

Confie em você! Se você estudar e se dedicar, você tem grandes chances de ser aprovado. Não se deixe abater caso não acerte tudo! Esse é o momento para errar. Deixe que os seus erros mostrem em que você precisa melhorar, e melhore! Confie na sua capacidade! Você chegou até o finalzinho do curso e adquiriu uma bagagem de conhecimentos. Está tudo aí na sua cabeça!! Os estudos só vão dar uma partida na engrenagem do seu cérebro, fazendo você lembrar aquilo que acha que esqueceu. Não se deixe abater por nada e confie que você é capaz de vencer esse obstáculo e muitos outros! E eu confio que em breve você estará com a sua vermelhinha em mãos.

Bons estudos!!

Confira outras entrevistas em:

Depoimentos de Aprovados

Cursos Online para Concursos

Foi aprovado e deseja dividir com a gente e com outros concurseiros como foi sua trajetória até a aprovação?! Mande um e-mail para: [email protected]com.br

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Resultados:

  • Concurso SEFAZ-AL 2020 - Auditor Fiscal Dentro das 60 vagas ofertadas, 32 são nossos alunos
  • Concurso DEAP SC - Agente Penitenciário Feminino 2019 Das 50 melhores colocadas, 16 são nossas alunas
  • Concurso MP RJ - Oficial 2019 Dos 10 primeiros colocados, 6 são nossos alunos
  • Concurso MP RJ - Técnico Administrativo Dos 10 primeiros colocados, 7 são nossos alunos
  • Concurso MP RJ - Analista Administrativo 2019 Dos 10 primeiros colocados, 8 são nossos alunos