ENTREVISTA: Heber Beloni - Aprovado em 1º lugar no concurso do MP RJ no cargo de Técnico Administrativo

Entrevista:

ENTREVISTA: Heber Beloni – Aprovado em 1º lugar no concurso do MP RJ no cargo de Técnico Administrativo

“Aconselho a terem força de vontade e se dedicarem aos estudos. É um clichê, mas se você seguir na fila dos concursos, uma hora você consegue vencê-la”

Confira nossa entrevista com Heber Beloni, aprovado em 1º lugar no concurso do MP RJ no cargo de Técnico Administrativo:

Estratégia Concursos: Você é formado em que área? Qual sua idade? De onde você é? 

Heber Beloni: Sou formado em Sistemas de Informação e em Pedagogia na UNIRIO. Tenho 30 anos e sou de Barra Mansa/RJ.

Estratégia: O que te levou a tomar a decisão de começar a estudar para concursos?

Heber: Meu primeiro concurso foi aos 18 anos, por influência da minha mãe que via nos concursos uma possibilidade de melhoria de vida. Em 2017, resolvi voltar a fazer concursos e passar em um cargo melhor que o meu atualmente, na educação federal.

Estratégia: Durante sua caminhada como concurseiro, você trabalhava e estudava (como conciliava trabalho e estudos?), ou se dedicava inteiramente aos estudos para concurso? 

Heber: Sempre trabalhei e estudei. 2019 foi um ano complicado, pois tinha que conciliar os estágios e o TCC da faculdade.

Estratégia: Em quais concursos já foi aprovado? Qual o último? Em qual cargo e em que colocação?

Heber: Desde 2017, tenho aprovações no MPU, TRE, TRTs, TRFs, entre outros, mas longe das primeiras colocações. O último foi o do MP-RJ em 2019 para o cargo de técnico administrativo na primeira colocação.

Estratégia: Qual foi sua sensação ao ver seu nome na lista dos aprovados/classificados(as)?

Heber: É uma sensação muito boa e demonstra que, com esforço, o resultado chega, mesmo que demore.

Estratégia: Como era sua vida social durante a preparação para concursos? Você saía com amigos, família, etc? Ou adotou uma postura radical, abdicando do convívio social?

Heber: Não houve um radicalismo. As mudanças foram acordar mais cedo e estudar em alguns finais de semana.

Estratégia: Você é casado? Tem filhos? Namora? Mora com seus pais? Sua família entendeu e apoiou sua caminhada como concurseiro? Se sim, de que forma? 

Heber: Sou casado e sem filhos. Minha esposa me apoiou bastante e foi fundamental, principalmente, quando desanimei após um resultado ruim.

Estratégia: Você acha que vale a pena fazer outros concursos, com foco diferente daquele concurso que é realmente seu objetivo maior?

Heber: Desde do início fiz concurso para praticamente tudo, acho que essa estratégia pode dificultar um pouco. Contudo, um concurso com matérias diferentes pode te ajudar em outra prova no futuro, já que pode haver a inclusão de matérias novas. Ainda não sei qual é meu cargo dos sonhos, mas continuo estudando.

Estratégia: Você estudou por quanto tempo direcionado ao concurso em que foi aprovado? 

Heber: Para esse, estudei pós-edital, cerca de 2 meses. Mas já tinha base por estar estudando há 3 anos.

Estratégia: Chegou a estudar sem ter edital na praça? Durante esse tempo, como você fazia para manter a disciplina nos estudos?

Heber: Sim, tento manter a mesma rotina. É claro que com edital, eu estudava com mais ânimo. Como fiz muitos concursos (foram 20) nesses 3 anos fiquei pouco tempo sem edital para estudar.

Estratégia: Como conheceu o Estratégia Concursos? 

Heber: Não me recordo exatamente, mas quando se entra no mundo dos concursos, não demora muito para alguém indicar o Estratégia.

Estratégia: Que materiais você usou em sua preparação para o concurso? Aulas presenciais, telepresenciais, livros, cursos em PDF, videoaulas? O que funcionou melhor para você?

Heber: Comecei com dificuldades em saber o que estudar, achei que ver videoaulas seria o suficiente. Com o tempo, percebi que ler a lei seca e fazer o máximo de questões foi melhorando meu desempenho. Atualmente, tento evitar ver muitas videoaulas e focar mais no material escrito, esse foi um dos principais motivos que me fez virar assinante vitalício do Estratégia.

Estratégia: Uma das principais dificuldades de todo concursando é a quantidade de assuntos que deve ser memorizada. Como você fez para estudar todo o conteúdo do concurso? Falando de modo mais específico: você estudava várias matérias ao mesmo tempo? Quantas? Costumava fazer resumos? Focava mais em exercícios, ou na leitura e releitura da teoria? Como montou seu plano de estudos? Quantas horas por dia costumava estudar?

Heber: O que deu certo no meu caso foi estudar várias matérias ao mesmo tempo, mais ou menos uma hora para cada. Inicialmente, coloco todo material do edital em uma pasta e vou renomeando conforme a quantidade de revisões que eu fizer. Também fazia muitas questões, passei a grifar o material e depois de algumas revisões, fazia resumos bem enxutos. Não estudava muito tempo, uma média de 20 horas líquidas por semana. Mais próximo dá prova, tento aumentar um pouco a quantidade de horas.

Estratégia: Você tinha mais dificuldades em alguma(s) disciplina(s)? Quais? Como você fez para superar estas dificuldades?

Heber: Como não sou formado em Direito, senti certa dificuldade nessa parte. Então foquei mais horas de estudo nessa área. Em disciplinas como Raciocínio Lógico e Informática, que são minhas especialidades, só revisava por questões, isso economizava tempo para focar nas disciplinas de Direito.

Estratégia: A reta final é sempre um período estressante. Como foi sua rotina de estudos na semana que antecedeu a prova? E véspera de prova: foi dia de descanso ou dia de estudo?

Heber: Nas duas semanas de véspera, procuro acordar ainda mais cedo, antes das 4h da manhã para estudar um pouco mais. Estudo muito no sábado e no domingo se der também. No MP-RJ consegui ver a revisão de véspera do Estratégia de manhã, visto que a prova era no horário da tarde.

Estratégia: Se você tivesse que apontar ERROS em sua preparação (se é que houve), quais seriam? Diga-nos também quais foram os maiores ACERTOS?

Heber: Na preparação para o MP-RJ não vejo muitos erros, mas é claro que queria ter feito mais revisões e questões. Na jornada dos concursos, o maior ERRO foi começar sem uma orientação e preparação adequada e ter que ir aprendendo com a experiência. Como acerto, foi não desistir.

Estratégia: O que foi mais difícil nessa caminhada rumo à aprovação? Chegou a pensar, por algum momento, em desistir? Se sim, como fez para seguir em frente?

Heber: O mais difícil é abdicar horas de sono e de lazer para estudar. Pensei em desistir após um resultado ruim, mas graças ao apoio de minha esposa, falando que eu era capaz, me animei novamente.

Estratégia: Qual foi sua principal motivação? 

Heber: A principal motivação é poder melhorar a condição de vida da minha família e ter um futuro melhor.

Estratégia: Por fim, o que você aconselharia a alguém que está iniciando seus estudos para concurso. Deixe-nos sua mensagem para todos aqueles que um dia almejam chegar aonde você chegou!

Heber: Aconselho a terem força de vontade e se dedicarem aos estudos. É um clichê, mas se você seguir na fila dos concursos, uma hora você consegue vencê-la.

Confira outras entrevistas em:

Depoimentos de Aprovados

Cursos Online para Concursos

Foi aprovado e deseja dividir com a gente e com outros concurseiros como foi sua trajetória até a aprovação?! Mande um e-mail para: [email protected]

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Resultados:

  • TRF 4a Região - 2019 14 alunos do Estratégia ficaram em 1º lugar, em suas respectivas regiões
  • Tribunal de Justiça-PR 2019 Dos 10 primeiros colocados, 7 foram nossos alunos
  • Agente da Polícia Federal 2018 Dos 180 aprovados, 113 foram nossos alunos
  • Concurso PGE - SP Procurador do Estado Dos 208 aprovados, 134 são nossos alunos
  • Concurso CLDF Procurador Legislativo Dos 31 aprovados, 24 são nossos alunos