ENTREVISTA: Filipe dos Reis Batista - Aprovado no XXVII exame da OAB

Entrevista:

ENTREVISTA: Filipe dos Reis Batista – Aprovado no XXVII exame da OAB

“Se fizer a prova e não passar, no outro dia levante a cabeça e volte a estudar, foi isso que fiz nas duas primeiras tentativas. No dia seguinte já estava estudando novamente. A lei da semeadura não falha, se você estuda hoje, amanhã você passa. A persistência é o caminho do êxito”

Confira nossa entrevista com Filipe dos Reis Batista, aprovado no exame da OAB:

Estratégia Concursos: Conte-nos um pouco sobre você, para que nossos leitores possam te conhecer melhor. Qual o seu nome? Qual sua idade? De onde você é? Já concluiu sua graduação?

Filipe dos Reis Batista: Filipe dos Reis Batista, 26 anos. Alagoinhas-BA. Conclui minha graduação em abril de 2018.

Estratégia: Durante seus estudos para o Exame de Ordem, você trabalhava, fazia faculdade e estudava para o Exame (como conciliava?), ou se dedicava inteiramente aos estudos?

Filipe: Trabalhava e estudava, foi uma rotina cansativa, mas graças a Deus valeu a pena. Estudava todos os dias à noite depois que chegava do trabalho, e aos finais de semana principalmente.

Estratégia: Foi a primeira vez que prestou o Exame de Ordem?

Filipe: Não, foi a terceira vez.

Estratégia: Qual foi sua sensação ao ver que havia sido aprovado?

Filipe: A melhor sensação que já senti em minha vida até aqui, foi muita luta para vencer essa etapa.

Estratégia: Os seus colegas de faculdade e amigos que estavam estudando também conseguiram aprovação? Qual você acha que foi seu diferencial para alcançar a aprovação?

Filipe: Para ser sincero não tive contato com meus colegas, mas soube de apenas um. O diferencial foi focar 100% nos estudos, abrir mão de algumas coisas para alcançar essa tão sonhada e suada aprovação.

Estratégia: Como era sua vida social durante a sua preparação? Você saía com amigos, família, etc? Ou adotou uma postura radical, abdicando do convívio social para passar o mais rápido possível?

Filipe: Minha vida social durante a preparação foi complicada, pois tenho vários amigos e foi difícil ter que me “afastar” deles, sempre saíamos e tal… Minha noiva foi compreensiva e me incentivou muito.

Inclusive eu fazia parte de uma banda (cantava), e após ter perdido na segunda tentativa com 38 pontos eu optei por sair da banda e focar totalmente na prova. Quase não saía, saía mais para praticar exercícios físicos.

Estratégia: Que materiais você usou em sua preparação para o Exame? Aulas presenciais, tele presenciais, livros, cursos em PDF, videoaulas? Quais foram as principais vantagens e desvantagens de cada um?

Filipe: Na primeira fase eu acompanhei as aulas gratuitas do Estratégia pelo YouTube. Já na segunda fase eu comprei o curso e estudei por videoaulas, livros digitais, em PDFs disponibilizados no portal do aluno, fazia questões de provas passadas pelo site da FGV e os simulados do curso.

As vantagens eram que o professor dava excelentes dicas e focava nos principais assuntos, inclusive tiveram questões na primeira fase que ele tinha comentado em aula, parecia que estava prevendo o que iria cair na prova (risos).

Estratégia: Como conheceu o Estratégia Concursos?

Filipe: Conheci pelo YouTube procurando vídeos para estudar para o exame da OAB.

Estratégia: Uma das principais dificuldades de todo candidato é a quantidade de assuntos que devem ser memorizados. Como você fez para estudar todo o conteúdo? Costumava fazer resumos? Focava mais em exercícios, ou na leitura e releitura da teoria? Como montou seu plano de estudos?

Filipe: Na primeira fase para ser sincero, foquei mais nas matérias que tem maior número de questões na prova como ética, constitucional, trabalho, civil, penal, administrativo. Também resolvia várias provas passadas.

Já na segunda fase estudei muito o direito material, e pratiquei bastante as peças, sempre resolvendo questões anteriores exaustivamente. Depois de algumas semanas de prática já estava confiante nas peças. Nos últimos dias de prova revisei bastante o direito material novamente resolvendo provas anteriores.

Só para ressaltar, toda e qualquer dúvida que eu tinha, eu entrava em contato com o professor Diego que me respondia sempre de maneira rápida e objetiva, tirando todas as dúvidas.

Estratégia: Você tinha mais dificuldades em alguma(s) disciplina(s)? Quais? Como você fez para superar estas dificuldades?

Filipe: Eu achei a primeira fase mais difícil que a segunda, pois na primeira é preciso estudar várias matérias ao mesmo tempo. As matérias que mais sentia dificuldade era direito tributário e empresarial. Estudei os assuntos mais cobrados em provas e até que não me saí tão mal nessas matérias.

Estratégia: A reta final é sempre um período estressante. Como você levou seus estudos neste período? Focava mais na releitura, em resumos, em exercícios, etc?

Filipe: A reta final misturou ansiedade com estresse, foi muito difícil. Na reta final foquei em resumos e exercícios.

Estratégia: Na semana da prova, nós sempre observamos vários candidatos assumindo uma verdadeira maratona de estudos (estudando intensamente dia e noite). Por outro lado, também vemos aqueles preferem desacelerar um pouco, para chegar no dia da prova com a mente mais descansada. O que você aconselha?

Filipe: Eu aconselho estudar intensamente no início e nos dias próximos revisar desacelerando um pouco. Depois de um dia exaustivo de estudo, sair para distrair mente e corpo a fim de relaxar e tirar a tensão.

No período que estudei foi mais complicado, pois foi fim de ano, festas, confraternizações, mas mantive o meu foco. Durante a minha preparação acho que o único dia em que não estudei foi 01/01/2019.

Estratégia: Para a segunda fase, optou por qual área do direito? Qual foi sua estratégia na hora de tomar sua decisão?

Filipe: Nas duas primeiras tentativas eu optei por direito do trabalho, mas no meu último semestre na faculdade eu tive uma matéria de prática constitucional e me saí muito bem, com isso resolvi escolher para segunda fase. Depois que comecei a assistir as aulas com o Professor Diego Cerqueira, foi que tive a certeza que tinha feito a escolha certa na área para a segunda fase.

Estratégia: Se você tivesse que apontar ERROS em sua preparação (se é que houve), quais seriam? Diga-nos também quais foram os maiores ACERTOS?

Filipe: Acredito que meu maior erro, principalmente nas duas primeiras tentativas, foi querer estudar muita coisa ao mesmo tempo e criar uma expectativa desnecessária, o nervosismo atrapalhou um pouco na prova também. O maior acerto foi estudar de forma organizada, com cronograma para cada matéria e ter optado por fazer o curso pelo Estratégia OAB.

Estratégia: O que foi mais difícil nessa caminhada rumo à aprovação? E qual foi sua principal motivação?

Filipe: O mais difícil nessa caminhada foi minha rotina, principalmente na primeira fase, porque todos os dias saio de casa às 06h e volto praticamente às 17h do trabalho, e como na primeira fase eu fiz pelo curso gratuito no YouTube tinha que correr para não perder o início das aulas, sendo que no período que estudei para primeira fase, estava no horário de verão e aqui começava mais cedo (18 horas), com isso quando chegava em casa só dava tempo de tomar banho, comer e sentar na frente do computador, ou até mesmo do celular.

Já na segunda fase, minha rotina foi um pouco mais tranquila, pois comprei o curso regular e eu assistia as aulas de acordo a minha disponibilidade, não precisava sair correndo para fazer as coisas. Minha principal motivação foi e é minha mãe, pois me criou sozinha com muito sacrifício para me dar uma boa educação apesar das dificuldades e limitações financeiras.

Estratégia: Por fim, o que você aconselharia a alguém que está iniciando seus estudos para o Exame da OAB? Deixe-nos sua mensagem para todos aqueles que um dia almejam chegar aonde você chegou!

Filipe: Eu aconselho a focar, estudar muito, abrir mão de certas coisas para alcançar essa tão importante aprovação, pois conheço vários colegas que já fizeram mais de 6 tentativas, e infelizmente não conseguiram passar por falta de comprometimento.

Se fizer a prova e não passar, no outro dia levante a cabeça e volte a estudar, foi isso que fiz nas duas primeiras tentativas. No dia seguinte já estava estudando novamente. A lei da semeadura não falha, se você estuda hoje, amanhã você passa. A persistência é o caminho do êxito.

OBRIGADO, Professor Diego Cerqueira!

OBRIGADO, Estratégia OAB!

GRATIDÃO!!

Confira outras entrevistas em:

Depoimentos de Aprovados

Cursos Online para Concursos

Foi aprovado e deseja dividir com a gente e com outros concurseiros como foi sua trajetória até a aprovação?! Mande um e-mail para: [email protected]

Veja os comentários:
Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Resultados:

  • Concurso PGE - SP Procurador do Estado Dos 208 aprovados, 134 são nossos alunos
  • Concurso CLDF Procurador Legislativo Dos 31 aprovados, 24 são nossos alunos
  • SEFAZ-BA / Administração Tributaria Dos 591 aprovados, 475 são nossos alunos
  • SEFAZ-BA / Técnologia da Informação Dos 68 aprovados, 52 são nossos alunos
  • SEFAZ-BA / AUDITOR FISCAL Dos 303 aprovados, 253 são nossos alunos

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.

Estamos aqui para ajudar você!
x