ENTREVISTA: Benedito Salgado Junior - Aprovado no concurso da Câmara Municipal de São José dos Campos no cargo de Técnico Administrativo

Entrevista:

ENTREVISTA: Benedito Salgado Junior – Aprovado no concurso da Câmara Municipal de São José dos Campos no cargo de Técnico Administrativo

“Se você não está feliz na situação atual e entende que um cargo público pode melhorar sua vida, acredite nesse projeto, siga com confiança e faça dessa possibilidade de mudar sua vida e das pessoas que você gosta a sua grande motivação para seguir estudando e não desistir até a aprovação!”

Confira nossa entrevista com Benedito Salgado Junior, aprovado no concurso da Câmara Municipal de São José dos Campos no cargo de Técnico Administrativo:

Estratégia Concursos: Conte-nos um pouco sobre você, para que as pessoas que nos assistem possam te conhecer melhor. Você é formado em que área? Qual sua idade? De onde você é?

Benedito Jr.: Olá, meu nome é Benedito Salgado Junior, tenho 22 anos e moro em São Luiz do Paraitinga – SP, estou cursando o quinto ano de engenharia mecânica e, durante o meu período de estagiário em engenharia, percebi que não queria seguir carreira nesta área. Foi quando eu vi no serviço público uma forma de alcançar um emprego que me proporcionasse qualidade de vida aliada a uma remuneração justa.

Estratégia: Durante sua caminhada como concurseiro, você trabalhava e estudava (como conciliava trabalho e estudos?), ou se dedicava inteiramente aos estudos?

Benedito Jr.: Eu fazia faculdade à noite então eu tinha o dia toda para me dedicar aos estudos para concurso.

Estratégia: Quantos e em quais concursos já foi aprovado? Qual o último?

Benedito Jr.: O concurso da Câmara Municipal de São José dos Campos foi a minha primeira aprovação. E aguardo o resultado da prova prática de Escrevente do TJ-SP.

Estratégia: Qual foi sua sensação ao ver seu nome na lista dos aprovados/classificados?

Benedito Jr.: A sensação é de muita alegria e satisfação, juntamente com confiança para seguir estudando.

Estratégia: Como era sua vida social durante a preparação para concursos? Você saía com amigos, família, etc? Ou adotou uma postura radical, abdicando do convívio social para passar no concurso o mais rápido possível?

Benedito Jr.: Durante a semana eu me dividia entre faculdade e estudo para concurso, sem tempo para outras coisas. Porém nos fins de semana eu não abria mão de estar junto da minha namorada e da minha família.

Estratégia: Você é casado? Tem filhos? Namora? Mora com seus pais? Sua família entendeu e apoiou sua caminhada como concurseiro? Se sim, de que forma?

Benedito Jr.: Eu moro com meus pais que, juntamente com meus irmãos, sempre me apoiaram e me incentivaram, assim como a minha namorada que sempre entendeu os momentos em que eu precisava abdicar um pouco do nosso relacionamento para estudar. O apoio deles foi fundamental no momento em que decidi sair do estágio em engenharia para me dedicar aos concursos.

Estratégia: Ao longo de sua jornada, você tentou outros concursos, para treinar e se manter com uma alta motivação ou decidiu manter o foco apenas naquele concurso que era o seu sonho?

Benedito Jr.: Comecei estudando para o concurso de Escrevente do TJ-SP da capital em 2017, após apenas alguns meses de estudo não alcancei a nota de corte, como existia a probabilidade de um novo concurso do TJ-SP para o interior em 2018 segui estudando. O edital do TJ saiu em dezembro de 2017 e o da Câmara em fevereiro de 2018, a banca organizadora era a mesma e o edital muito parecido, então busquei conciliar os estudos para os dois certames e deu muito certo!

Estratégia: Você acha que vale a pena fazer outros concursos, com foco diferente daquele concurso que é realmente seu objetivo maior? 

Benedito Jr.: Eu acho valido sim, principalmente se você ainda não tem um emprego ou deseja sair logo do atual. Normalmente passar no concurso dos sonhos leva um tempo razoável, portanto a aprovação em outros concursos pode oferecer uma certa tranquilidade para seguir com tudo para seu objetivo maior, no meu caso a área fiscal. 

Estratégia: Você estudou por quanto tempo, contando toda a sua preparação? Durante este tempo de estudo, como você fazia para manter a disciplina nos estudos mesmo naqueles períodos em que não havia edital na mão?

Benedito Jr.: No total foram 10 meses de estudo. Nos quais eu me mantinha motivado ao imaginar como minha vida poderia mudar após a nomeação, e saber que isso dependia dos meus estudos me ajudou a manter a disciplina mesmo nos momentos de desânimo e preguiça.

Estratégia: Que materiais você usou em sua preparação para o concurso? Aulas presenciais, telepresenciais, livros, cursos em PDF, videoaulas? Quais foram as principais vantagens e desvantagens de cada um?

Benedito Jr.: Estudei por cursos em PDF e pela lei seca, a grande vantagem desses materiais é a objetividade pois abordam toda a matéria de forma bem objetiva, permitindo avançar na matéria mais rapidamente. A desvantagem é que nas videoaulas o conteúdo é explicado de forma mais didática do que nos PDFs.

Estratégia: Como conheceu o Estratégia Concursos?

Benedito Jr.: Conheci o Estratégia Concursos procurando cursos na internet, e ao navegar pelo site os depoimentos dos aprovados e a estatística da quantidade de alunos do Estratégia entre os aprovados de grandes concursos me deram confiança para investir no material.

Estratégia: Uma das principais dificuldades de todo o concursando é a quantidade de assuntos que deve ser memorizada. Como você fez para estudar todo o conteúdo do concurso? Falando de modo mais específico: você estudava várias matérias ao mesmo tempo? Quantas? Costumava fazer resumos? Focava mais em exercícios, ou na leitura e re-leitura da teoria? Como montou seu plano de estudos?

Benedito Jr.: Eu montei um ciclo de estudos no qual eu passava por todas as matérias durante a semana, no início fazia 70% do tempo teoria e 30% exercícios, então quando terminava a parte teórica do material focava em questões de provas anteriores ou da mesma banca. As questões que eu errava eu fazia pequenas anotações que formavam resumos apenas dos meus pontos falhos na matéria, os quais eram relidos frequentemente.

Estratégia: Você tinha mais dificuldades em alguma(s) disciplina(s)? Quais? Como você fez para superar estas dificuldades?

Benedito Jr.: Por ser da área de exatas, minha grande dificuldade sempre foram os direitos. Então em certos pontos da matéria buscava assistir umas videoaulas e acompanhar os aulões no canal do Estratégia no Youtube para entender a lógica da matéria e resolver muitas questões. 

Estratégia: A reta final é sempre um período estressante. Como você levou seus estudos neste período? Você se concentrava nas matérias de maior peso ou distribuía seus estudos de maneira mais homogênea? Focava mais na re-leitura, em resumos, em exercícios, etc ?

Benedito Jr.: Na reta final, como já havia passado por toda a matéria, foquei em exercícios, principalmente nos quais eu havia errado, e na releitura dos meus resumos.

Estratégia: Na semana da prova, nós sempre observamos vários candidatos assumindo uma verdadeira maratona de estudos (estudando intensamente dia e noite). Por outro lado, também vemos concurseiros que preferem desacelerar um pouco, para chegar no dia da prova com a mente mais descansada. O que você aconselha?

Benedito Jr.: No meu caso eu preferi diminuir um pouco o ritmo e assistir algumas aulas de revisão no Youtube principalmente na véspera da prova. Mas também acredito que se a pessoa ainda não terminou toda a matéria vale a pena intensificar os estudos nessa semana.

Estratégia: Se você tivesse que apontar ERROS em sua preparação (se é que houve), quais seriam? Diga-nos também quais foram os maiores ACERTOS?

Benedito Jr.: Meu erro foi no início dos estudos, quando ao resolver questões eu não procurava entender o motivo do meu erro e rever esta parte da teoria, eu apenas errava e passava para a próxima questão, quando comecei a fazer isso meu desempenho aumentou significativamente. E o meu maior acerto foi resolver milhares de exercícios de modo que conseguisse resolvê-los quase automaticamente.

Estratégia: Pela sua experiência e contato com outros concurseiros, diga-nos quais são os maiores erros que as pessoas cometem quando decidem se preparar para concursos?

Benedito Jr.: Acredito que o maior erro é deixar de resolver questões em grandes quantidades (milhares) e não fazer simulados. Estas duas ferramentas ajudam demais a ter um bom resultado no dia da prova.

Estratégia: O que foi mais difícil nessa caminhada rumo à aprovação? E qual foi sua principal motivação?

Benedito Jr.: O mais difícil é abdicar de fazer algumas coisas que gosta para estudar e ainda ter aquela sensação de não saber se está fazendo a coisa certa e se aquilo vai dar algum resultado, mas é claro que vale muito a pena. O que mais me motiva é a mudança que uma aprovação em concurso pode gerar na minha vida, a possibilidade de fazer viagens, comprar um carro novo, deixar de depender financeiramente de outras pessoas.

Estratégia: Por fim, o que você aconselharia a alguém que está iniciando seus estudos para concurso. Deixe-nos sua mensagem para todos aqueles que um dia almejam chegar aonde você chegou!

Benedito Jr.: Se você não está feliz na situação atual e entende que um cargo público pode melhorar sua vida, acredite nesse projeto, siga com confiança e faça dessa possibilidade de mudar sua vida e das pessoas que você gosta a sua grande motivação para seguir estudando e não desistir até a aprovação!

Outras entrevistas em:

Depoimentos de Aprovados
Cursos Online para Concursos

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Resultados:

  • Concurso PGE - SP Procurador do Estado Dos 208 aprovados, 134 são nossos alunos
  • Concurso CLDF Procurador Legislativo Dos 31 aprovados, 24 são nossos alunos
  • SEFAZ-BA / Administração Tributaria Dos 591 aprovados, 475 são nossos alunos
  • SEFAZ-BA / Técnologia da Informação Dos 68 aprovados, 52 são nossos alunos
  • SEFAZ-BA / AUDITOR FISCAL Dos 303 aprovados, 253 são nossos alunos

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.

Estamos aqui para ajudar você!
x