Entrevista com aprovado em 2º lugar concurso MAPA

Entrevista:

ENTREVISTA: Marcus Vinícius Augustynczyk – Aprovado em 2º lugar (Carambeí) no concurso MAPA 2017 para o cargo temporário de Médico Veterinário

“Procure orientação profissional para sua preparação. Mantenha foco naquilo que você quer, tente não desanimar; um dia ruim para estudar pode servir para descansar. Tenha fé em Deus e neutralize pensamentos negativos”

Confira nossa entrevista com Marcus Vinícius Augustynczyk, aprovado em 2º lugar (Carambeí) no concurso do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) 2017 para o cargo temporário de Médico Veterinário:

Estratégia Concursos: Conte-nos um pouco sobre você, para que nossos leitores possam te conhecer melhor. Você é formado em que área? Qual sua idade? De onde você é?

Marcus Vinícius Augustynczyk: Sou formado em palotina, natural de Curitiba.Sou casado e tenho 3 filhas. Tive uma clínica veterinária por 13 anos, no entanto abri mão dela para focar em concurso público.

Estratégia: Durante sua caminhada como concurseiro, você trabalhava e estudava (como conciliava trabalho e estudos?), ou se dedicava inteiramente aos estudos?

Marcus: Depois de vender a clínica, eu fazia consultas em domicílio e podia flexibilizar meus horários de estudo, sempre reservando um espaço para família.

Estratégia: Quantos e em quais concursos já foi aprovado? Qual o último?

Marcus: No último do Cidasc (Santa Catarina), fiquei classificado em 7º lugar em meio de mais de 450 candidatos. No ultimo concurso que teve para prefeitura de Bombinhas para veterinário, fiquei em 2º lugar. No ultimo concurso do estado do Paraná- Secretaria de Saúde, fiquei em 5º lugar. Meu local de escolha, nesse caso, foi Ivaiporâ-PR. No ultimo processo seletivo para contratação temporária pelo MAPA, fiquei em 2º lugar em Carambeí.

Estratégia: Qual foi sua sensação ao ver seu nome na lista dos aprovados/classificados e ainda lá no topo?

Marcus: É ver que valeu a pena todo o esforço. Uma satisfação de dever cumprido. Maravilhoso!

Estratégia: Como era sua vida social durante a preparação para concursos? Você saía com amigos, família, etc? Ou adotou uma postura radical, abdicando do convívio social para passar no concurso o mais rápido possível?

Marcus: Sempre saio com minha esposa para dançar no sábado a noite, sempre faço atividade física (corrida no parque mesmo rsrsrs). Procurava levantar sempre antes das 6h e estudava toda a manhã, às vezes tinha algum compromisso, daí procurava compensar esse tempo a tarde. Procurei agendar minhas consultas veterinárias sempre no período da tarde, daí podia ter todas as manhas livres, mas nem sempre dava certo!!!

Estratégia: Você é casado? Tem filhos? Namora? Mora com seus pais? Sua família entendeu e apoiou sua caminhada como concurseiro? Se sim, de que forma?

Marcus: Sou casado, tenho 3 filhas. Minha esposa sempre me apoiou (fator importantíssimo), vale lembrar que a ajuda dos avós para cuidar das crianças é uma benção.

Ao longo de sua jornada, você tentou outros concursos, para treinar e se manter com uma alta motivação ou decidiu manter o foco apenas naquele concurso que era o seu sonho? Tentei muitas prefeituras.

Estratégia: Você acha que vale a pena fazer outros concursos, com foco diferente daquele concurso que é realmente seu objetivo maior? 

Marcus: Concursos muito disputados como o do MAPA, merecem foco sim. O que pode fazer é tentar concursos dentro de sua área (veterinária) como forma de treinamento.

Estratégia: Você estudou por quanto tempo, contando toda a sua preparação? Durante este tempo de estudo, como você fazia para manter a disciplina nos estudos mesmo naqueles períodos em que não havia edital na mão?

Marcus: Venho me preparando desde o concurso do mapa de 2014. É claro que não estudava sempre com aquele pique de “saída de edital”, mas procurava fazer outros concursos que me mantinham focado nos estudos de forma eu nunca deixava de estar em contato com as matérias principais.

Estratégia: Que materiais você usou em sua preparação para o concurso? Aulas presenciais, telepresenciais, livros, cursos em PDF, videoaulas? Quais foram as principais vantagens e desvantagens de cada um?

Marcus: Gosto muito de ter livros para estudar, mas artigos específicos publicados também são importantes, trazem mais atualizações sobre determinadas doenças por exemplo.

Estratégia: Como conheceu o Estratégia Concursos? 

Marcus: Conheci o Estratégia pela internet, achei interessante o método e resolvi comprar o pacote de matérias específicas para o Mapa. Tive um apoio fantástico da professora Nicole além de seu direcionamento objetivo ao concurso. Percebi que em 2014, quando tentei o concurso do Mapa, eu estudava coisas que não iriam cair na prova e perdia um tempo precioso tentando memorizar coisas desnecessárias, ao passo que o Estratégia me deu um rumo a seguir muito melhor. Vale a pena estudar por PDF sim!

Estratégia: Uma das principais dificuldades de todo o concursando é a quantidade de assuntos que deve ser memorizada. Como você fez para estudar todo o conteúdo do concurso? Falando de modo mais específico: você estudava várias matérias ao mesmo tempo? Quantas? Costumava fazer resumos? Focava mais em exercícios, ou na leitura e re-leitura da teoria? Como montou seu plano de estudos?

Marcus: Você deve ter o conhecimento de tudo que vai cair, preparar antecipadamente o que vai estudar. Acredito que, além de uma leitura atenta, as revisões são importantíssimas para fixação do conteúdo, atrelado, é claro, a muitos exercícios sobre as matérias. Fazia resumos de algumas matérias em um caderno a parte onde sempre consultava em revisões posteriores (doenças infecciosas, por exemplo).

Estratégia: Você tinha mais dificuldades em alguma(s) disciplina(s)? Quais? Como você fez para superar estas dificuldades?

Marcus: Algumas matérias não são tão “simpáticas” para estudar, mas é preciso encarar todas com o mesmo empenho, não dá pra descuidar!

Estratégia: A reta final é sempre um período estressante. Como você levou seus estudos neste período? Você se concentrava nas matérias de maior peso ou distribuía seus estudos de maneira mais homogênea? Focava mais na releitura, em resumos, em exercícios, etc ?

Marcus: No meu caso, eu focava mais em releitura e procurava resolver exercícios da banca em questão, mas quando não tem exercícios da banca em questão (como foi o último concurso pra veterinário da ESAF), fazer releitura é a única opção!

Estratégia: Na semana da prova, nós sempre observamos vários candidatos assumindo uma verdadeira maratona de estudos (estudando intensamente dia e noite). Por outro lado, também vemos concurseiros que preferem desalecerar um pouco, para chegar no dia da prova com a mente mais descansada. O que você aconselha?

Marcus: Quem não estudou antes, pode lançar mão desse artifício. Vale tudo pela aprovação. Quem vem estudando e mantendo uma disciplina deve focar nos assuntos que tiverem maior peso na prova.

Estratégia: Se você tivesse que apontar ERROS em sua preparação (se é que houve), quais seriam? Diga-nos também quais foram os maiores ACERTOS?

Marcus: Meu erro era estender demais em uma matéria, aprofundar em coisas desnecessárias, fugindo ao foco do concurso. O medo de que a banca pudesse cobrar isso ou aquilo, fazia com que eu perdesse muitas horas em matérias desnecessárias.

Meu acerto foi buscar orientação profissional no Estratégia, com foco no meu concurso. Também considero acerto as revisões de cada matéria, não deixava espaçar muito tempo entre as revisões.

Estratégia: Pela sua experiência e contato com outros concurseiros, diga-nos quais são os maiores erros que as pessoas cometem quando decidem se preparar para concursos?

Marcus: Estudar quando lançar o edital. Tentar concursos diferentes, exemplo: tentar concurso da polícia e, se não passar tentar concurso para veterinário.

Estratégia: O que foi mais difícil nessa caminhada rumo à aprovação? E qual foi sua principal motivação?

Marcus: Mais difícil é manter uma rotina de estudos, principalmente quando só se tem boatos de concurso e nada definido. Eu pensava assim: tenho que estar preparado, um dia o edital tem que sair.

Estratégia: Por fim, o que você aconselharia a alguém que está iniciando seus estudos para concurso. Deixe-nos sua mensagem para todos aqueles que um dia almejam chegar aonde você chegou!

Marcus: Procure orientação profissional para sua preparação. Mantenha foco naquilo que você quer, tente não desanimar; um dia ruim para estudar pode servir para descansar. Tenha fé em Deus e neutralize pensamentos negativos.

 

Outras entrevistas em:

Depoimentos de Aprovados
Cursos Online para Concursos

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Resultados:

  • Concurso PC-SP 2018 - Delegado Das 250 vagas ofertadas, 70 aprovados são nossos alunos
  • Concurso PC-SP 2018 - Auxiliar de Papiloscopista Dos 100 primeiros aprovados, 35 são nossos alunos
  • Concurso PC-SP 2018 - Agente Policial Dos 100 primeiros aprovados, 33 são nossos alunos
  • Concurso PC-SP 2018 - Papiloscopista Dos 100 primeiros aprovados, 38 são nossos alunos
  • Concurso PC-SP 2018 - Agente de Telecomunicações Dos 100 primeiros aprovados, 44 são nossos alunos

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.